Cirurgia de Vesícula Emagrece ou Engorda?

Especialista:
atualizado em 05/08/2020

Passar por uma cirurgia de vesícula emagrece ou engorda? Veja na nossa análise e saiba se esse procedimento pode causar alguma mudança de peso ou se não há relação alguma.

A vesícula biliar, ou apenas vesícula, é uma pequena bolsa que fica localizada logo abaixo do fígado, responsável por armazenar a bile que é produzida pelo órgão.

A bile tem em sua composição substâncias, chamadas de ácidos biliares, que auxiliam na digestão de gorduras através de sua emulsificação. A grosso modo é como se os ácidos biliares fossem um “detergente” que atua sobre a gordura, facilitando a sua absorção no intestino.

A vesícula biliar pode armazenar 20ml a 50ml de bile, e ela cheia tem o tamanho aproximado de uma pêra.

A vesícula biliar em si não é um órgão essencial e vital. Por isso, ao remover a vesícula de uma pessoa saudável, isso não irá causar problemas para a saúde ou digestão. Porém, pode haver um pequeno risco de diarreia e má absorção de gordura.

vesícula biliar

Problemas que atingem a vesícula biliar

Algumas condições da vesícula biliar são:

  • Colecistite: é uma infecção da vesícula que muitas vezes ocorre devido a um cálculo biliar. Essa condição causa uma dor intensa e febre, e pode ser necessário uma cirurgia quando acontece a infecção ou ela é recorrente.
  • Cálculos biliares (colelitíase): as substâncias presentes na bílis podem cristalizar na vesícula biliar, formando cálculos biliares. Isso é algo comum e geralmente inofensivo, mas eles podem, às vezes, causar náusea, dor ou inflamação.
  • Pancreatite biliar: um cálculo biliar pode bloquear os dutos responsáveis por drenar o pâncreas. Como resultado, pode ocorrer uma inflamação do pâncreas, que é uma condição séria de saúde.
  • Câncer de vesícula biliar: embora seja uma condição rara, o câncer pode afetar a vesícula biliar. É difícil diagnosticar e geralmente é encontrado nos estágios finais, que é quando os sintomas aparecem. Os sintomas podem ser parecidos aos dos cálculos biliares.

A cirurgia de remoção da vesícula biliar, que também é chamada de colecistectomia, é um procedimento muito comum, e a retirada da vesícula biliar não impede que o fígado produza a bílis necessária para digerir as gorduras.

Por isso, muitas pessoas ficam na dúvida se a cirurgia de vesícula emagrece ou engorda. De fato, essa cirurgia pode afetar o seu peso a curto prazo, porém, certas mudanças no estilo de vida também podem te ajudar a perder ou manter o peso a longo prazo.

Por que a cirugia de vesícula emagrece?

Depois que uma pessoa passa pela cirurgia de remoção da vesícula biliar, é bem possível que ela perca peso. Isso normalmente ocorre pelos motivos abaixo:

  • Manutenção de uma dieta leve: Durante a recuperação, alimentos que causam gases e que são condimentados podem causar problemas gastrointestinais.
  • Eliminação de alimentos gordurosos: Após a cirurgia, você pode sentir dificuldade em digerir alimentos gordurosos até que seu corpo se adapte novamente. Por esse motivo, pode ser que o médico recomende que evite alimentos com um alto teor de gordura e frituras.
  • Medicamentos para dor: Após a cirurgia, podem ser administrados medicamentos para dor que têm como efeito colateral a constipação intestinal. Dor e constipação também podem reduzir o apetite, causando a perda de peso.
  • Porções menores: Durante algumas semanas após a cirurgia, pode ser que você não consiga ingerir grandes quantidades de alimento de uma só vez. Por isso, provavelmente terá que comer mais vezes ao dia, porém porções menores.
  • Diarreia: Um potencial efeito colateral que faz com que as pessoas acreditem que a cirurgia da vesícula emagrece é a diarreia. Entretanto, esse sintoma deve melhorar após algumas semanas.
  • Recuperação: Se você passou por uma cirurgia tradicional em vez de uma cirurgia laparoscópica, pode ser que sinta um maior desconforto, dor e precise de um tempo maior de recuperação pós-cirurgia. Isso pode afetar o apetite.

Como durante a recuperação você deverá consumir menos calorias comparado com o que consumia antes, provavelmente irá perder peso, ao menos temporariamente. Por isso, não faz sentido pensar que a cirurgia de vesícula engorda.

Controle de peso após a cirurgia

Se você perder peso com a cirurgia da vesícula e quiser mantê-lo, deve entender que as dietas da moda e “soluções rápidas” não apenas são ineficazes, como também podem ser perigosas. As formas mais seguras de perder peso são:

  1. Ser uma pessoa mais ativa.
  2. Manter uma dieta bem equilibrada, rica em vegetais, frutas, laticínios com baixo teor de
  3. Eliminar as calorias vazias de gorduras e açúcares, como por exemplo os doces e bebidas açucaradas.

Manter um estilo de vida ativo é essencial para a perda de peso após a remoção da vesícula biliar. Por isso, é muito importante falar com o médico sobre quando é o momento apropriado para retornar aos exercícios físicos.

Uma pessoa com uma perda muito grande de peso deve conversar com um médico para receber o aconselhamento e apoio adequado. Neste caso, o médico provavelmente irá recomendar um tempo de descanso após a cirurgia antes de começar ou voltar a se exercitar.

Dieta após a cirurgia de vesícula

Uma dieta rica em gordura pode causar cálculos biliares. Por isso, os pacientes são frequentemente aconselhados pelo profissional de saúde a seguir uma dieta com baixo teor de gordura algumas semanas antes da cirurgia.

Após a cirurgia, a maioria das pessoas pode retornar lentamente a uma dieta regular.

Embora um médico não possa prescrever uma dieta especial, manter uma dieta leve pode minimizar o desconforto abdominal ou digestivo após a cirurgia. Esses são os principais pontos a se observar nessa dieta:

  • Evitar alimentos que causam gases;
  • Aumentar lentamente a ingestão de fibras;
  • Evitar alimentos gordurosos e fritos;
  • Comer refeições menores;
  • Reduzir a ingestão de cafeína;
  • Não comer alimentos picantes ou muito condimentados.

Para minimizar o risco de efeitos colaterais após a cirurgia da vesícula biliar, pode ser necessário consumir pequenas refeições inicialmente.

Efeitos colaterais comuns

Os efeitos colaterais da cirurgia devem durar apenas algumas semanas após o procedimento. Se durarem mais do que isso, informe o seu médico. Os mais comuns incluem:

Se você tiver um ou mais destes sintomas, deve consultar o seu médico e perguntar sobre medicamentos ou mudanças em seu estilo de vida que possam ajudar. Controlar o que agrava ou desencadeia os efeitos colaterais e evitá-los também pode ser útil.

Qualquer um dos sintomas abaixo que são considerados anormais deve ser relatado ao seu médico. São eles:

  • Febres;
  • Vômitos e náuseas que não desaparecem;
  • Feridas na pele que permanecem vermelhas, quentes, doloridas ou escorrendo;
  • Agravamento da dor de estômago;
  • Icterícia – amarelecimento dos olhos e da pele.

A cirurgia de vesícula emagrece principalmente devido aos cuidados que devem ser tomados na recuperação. No entanto, se você quiser manter esse peso, lembre-se de adotar uma dieta saudável e praticar exercícios físicos.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já tinha ouvido falar que cirurgia de vesícula biliar emagrece ou engorda? Conhece alguém que tenha passado por isso? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dr. Lucio Pacheco

Dr. Lucio Pacheco se formou em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1994. Em 1996 fez um curso de aperfeiçoamento no Hospital Paul Brousse, da Universidade de Paris-Sud, um dos mais especializados na área de transplantes na Europa. Concluiu o mestrado em Medicina (Cirurgia Geral) em 2000 e o Doutorado em Medicina (Clinica Médica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 2010. Dr Lucio Pacheco é um profundo estudioso na área de doença hepática e escreveu dezenas de livros e artigos sobre transplante de fígado. Atualmente é médico - cirurgião, chefe da equipe de transplante hepático do Hospital Copa Star, Hospital Quinta D´Or e do Hospital Copa D´Or. É diretor médico do Instituto de Transplantes. Tem vasta experiência na área de Medicina, com ênfase em Transplante hepático, atuando principalmente nos seguintes temas: cirurgia geral, oncologia cirúrgica, hepatologia,e transplante de fígado. Dr. Lucio é uma referência profissional em sua área e autor de artigos científicos e diversos. Para mais informações, entre em contato com ele.

Deixe um comentário

1 comentário em “Cirurgia de Vesícula Emagrece ou Engorda?”