Especialista da Área:

Dieta para Pancreatite – Alimentos e Dicas

🕐 12/02/2020

Veja quais são os alimentos que devem estar presentes em uma dieta para pancreatite, quais são os sintomas dessa condição e mais algumas dicas de tratamento.

Uma pessoa que sofre com a pancreatite ou inflamação do pâncreas pode apresentar sintomas como dor na parte superior do abdômen, febre, pulso rápido, dor abdominal que irradia para as costas, náusea, vômito, dor abdominal que piora depois de comer e sensibilidade ao tocar o abdômen na versão da doença, que aparece repentinamente e dura alguns dias.

No caso de uma pancreatite crônica, que ocorre ao longo de muitos anos, os sintomas experimentados podem incluir: dor na parte superior do abdômen, perder peso sem tentar e fezes oleosas e fedorentas (esteatorreia).

A doença é desenvolvida quando enzimas digestivas são ativadas ainda no pâncreas, irritando as células do órgão e provocando a inflamação. Veja em detalhes o que são enzimas digestivas e seus tipos.

Alcoolismo, cálculos biliares, cirurgia abdominal, certos medicamentos, fumar cigarro, fibrose cística, histórico familiar de pancreatite, hipercalcemia (níveis altos de cálcio no sangue), hiperparatireoidismo (hiperatividade da glândula paratireoide), taxas elevadas de triglicerídeos no sangue, infecção, lesão no abdômen, câncer pancreático e colangiopancreatografia retrógrada endoscópica (procedimento para tratar o cálculo biliar) são fatores que podem resultar em um quadro de pancreatite.

Ao desconfiar que tem a condição, é fundamental procurar a ajuda médica para receber o tratamento adequado pois ataques repetitivos de pancreatite aguda podem gerar a pancreatite crônica.

A formação de tecido cicatricial no pâncreas causa a perda de função do órgão e um pâncreas que não funciona direito pode provocar problemas de digestão e diabetes. A pancreatite ainda pode trazer complicações como pseudocistos, infecções, insuficiência renal, problemas respiratórios, desnutrição e câncer pancreático.

Como funciona a dieta para pancreatite?

Ao ser diagnosticado com a pancreatite, o paciente precisa dar início ao tratamento da doença, que pode incluir o uso de medicamentos para dor, a administração intravenosa de fluidos, procedimentos para remover obstruções no canal biliar, cirurgias, ultrassonografia endoscópica, tratamento para a dependência alcoólica e enzimas para mudar a digestão.

E quanto à dieta para pancreatite? Bem, o tratamento inicial da doença no hospital pode incluir o jejum durante alguns dias para que o pâncreas tenha a oportunidade de se recuperar.

A partir do momento em que a inflamação no pâncreas for controlada, o paciente poderá começar a ingerir líquidos transparentes e a comer alimentos suaves, e com o tempo a pessoa poderá voltar a uma dieta normal.

Como tratamento adicional, o médico também pode indicar que o paciente procure a ajuda de um nutricionista para seguir uma dieta pobre em gorduras e rica em nutrientes.

Além de ser saudável e pobre em gorduras, a dieta para pancreatite deve ser composta por refeições pequenas e frequentes. Quem tem pancreatite também precisa ingerir muitos líquidos e limitar o consumo da cafeína. Veja melhor como a cafeína faz mal em excesso.

Os profissionais de saúde também costumam aconselhar que as pessoas que sofrem com a doença não bebam nada de álcool, mesmo nos casos em que a pancreatite é leve.

Entretanto, se a pancreatite persistir e o paciente ainda sentir dores ao comer, o médico poderá recomendar o uso de um tubo de alimentação para auxiliá-lo a obter a nutrição da qual necessita.

Por que a dieta para pancreatite precisa ser pobre em gorduras?

Conforme esclareceu o Instituto Nacional de Diabetes e Doenças Digestivas e Renais dos Estados Unidos, uma alimentação rica em gorduras e calorias pode resultar em níveis elevados de gorduras no sangue, um fator que aumenta o risco de desenvolvimento da pancreatite.

Por outro lado, seguir um plano alimentar saudável e com baixo teor de gorduras pode diminuir as chances de ter a doença, completou a organização.

Os alimentos permitidos e os alimentos a serem evitados para a pancreatite crônica

Além de seguir uma dieta pobre em gorduras, a pancreatite crônica exige que não sejam consumidas comidas fritas ou refogadas.

No lugar disso, os alimentos devem ser preparados assados, grelhados, cozidos ou ao vapor. O paciente com a doença deve comer frutas, vegetais e fontes de proteínas com baixo teor de gorduras, evitar todas as formas de álcool e comer várias refeições menores por dia em vez de três grandes.

Alguns exemplos de alimentos que devem ser evitados na dieta para pancreatite crônica são:

  • Frituras;
  • Carnes processadas;
  • Ovos inteiros;
  • Cortes gordurosos de carne vermelha;
  • Pele de ave;
  • Leite integral;
  • Manteiga;
  • Sorvete;
  • Margarina;
  • Nata ácida (creme azedo);
  • Nozes e sementes;
  • Manteiga de amendoim ou de nozes;
  • Batata frita;
  • Muffins, bolos, tortas e outros doces;
  • Molhos de salada;
  • Maionese;
  • Óleo para cozinhar;
  • Banha.

Já a lista de alimentos que podem ser consumidos na dieta para pancreatite crônica inclui:

  • Cortes magros de carne;
  • Aves sem pele;
  • Claras de ovos;
  • Atum enlatado na água, porém não em óleo;
  • Leite de amêndoas;
  • Leite de arroz;
  • Feijões;
  • Lentilhas;
  • Massa;
  • Arroz;
  • Frutas e vegetais frescos e congelados;
  • Chá;
  • Água;
  • Sopas de vegetais não cremosas.

Certifique-se de ler os rótulos dos alimentos quando for ao mercado e perguntar sobre o teor de gorduras dos pratos quando quiser fazer pedidos em qualquer restaurante. Escolha produtos que têm pouca gordura e que são livres de gorduras.

As etiquetas com os valores nutricionais vão listar as quantidades de gorduras por porção; podem ter muito mais do que uma porção em um recipiente.

Ou seja, quem for consumir mais do que uma porção do produto precisa fazer as contas, baseando-se em quantas porções deseja comer, para saber o quando de gordura vai acabar ingerindo.

Fale com o seu médico e nutricionista sobre a sua dieta se você também tem diabetes, doença celíaca, intolerância à lactose ou qualquer outro problema de saúde que requer mudanças alimentares.

Atenção

Se você foi diagnosticado com a pancreatite, deve seguir todas as recomendações do seu médico em relação ao tratamento da doença – o que inclui a dieta para pancreatite.

Converse com ele e com o nutricionista para não ter dúvidas de como deve ser a sua dieta a partir de então e saber o que pode e o que não pode comer, quando deve comer e em que quantidade por vez deve alimentar-se.

Lembre-se de que este artigo serve unicamente para informar e jamais pode substituir as orientações do médico e do nutricionista.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já precisou seguir uma dieta para pancreatite? Foi diagnosticado com a condição e está passando por um tratamento? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

1 comentário em “Dieta para Pancreatite – Alimentos e Dicas”

Deixe um comentário