Coceira no corpo: 4 principais causas e o que fazer

Especialista da área:
atualizado em 07/06/2022

De vez em quando é normal sentir coceira no corpo. Mas, quando elas se tornam recorrentes e passam a atrapalhar a rotina, é possível que exista um problema que exige maior cuidado e atenção.

O que se sabe é que a coceira pode ocorrer por diversas razões e para tratá-la corretamente é importante saber o que está provocando a coceira e qual é o nível de gravidade do problema.

  Continua Depois da Publicidade  

Portanto, conheça 4 das principais causas de coceira no corpo e o que fazer quando cada uma delas surgir.

1. Dermatites

Dermatite
Diferentes tipos de dermatite podem causar coceira

A dermatite é uma doença inflamatória da pele que pode afetar áreas diversas do corpo. É comum em pessoas de qualquer idade e não é contagiosa. A sua origem pode ser genética ou autoimune e ela causa uma coceira intensa e constante. Existem diversos tipos de dermatite. Por exemplo:

Dermatite seborreica

Ela pode causar manchas vermelhas na pele, principalmente no couro cabeludo ou nas áreas oleosas do corpo, como rosto e costas. Além disso, a doença pode gerar descamação e caspa.

Tratamento 

Como a doença atinge bastante o couro cabeludo, existem alguns xampus específicos para o tratamento. Outras opções são os cremes e loções medicinais.

Psoríase 

Trata-se de uma doença crônica que provoca inflamação e faz com que células da camada mais superficial da pele se acumulem, formando manchas vermelhas e secas que causam a coceira. 

  Continua Depois da Publicidade  

Entre os sintomas mais comuns está a irritação na pele, podendo afetar até mesmo a região das unhas, além das articulações.

Tratamento 

O intuito do tratamento é evitar que as células da pele cresçam de forma acelerada. Normalmente, usa-se pomadas, medicamentos e terapia de luz.

Dermatite herpetiforme 

É uma erupção cutânea recorrente, que causa coceira intensa, formada por caroços ou por bolhas que podem surgir em qualquer região do corpo, principalmente cotovelos, joelhos e parte posterior da cabeça. 

Apesar da causa exata não ser conhecida, é mais comum que ela ocorra devido a fatores como genética, sensibilidade ao glúten e doenças autoimunes.

Tratamento 

Geralmente, o tratamento é realizado com medicamentos antibióticos, pomadas, e uma dieta equilibrada e livre de glúten.

Outros tipos de dermatite

Existem ainda outras dermatites, como a atópica, de contato, ou dermatite por mariposa. Aproveite para conhecer mais sobre os tipos de dermatite e como tratar.

  Continua Depois da Publicidade  

O que fazer? 

A recomendação é consultar-se regularmente com o dermatologista, para que ele possa diagnosticar qual tipo de dermatite você tem e iniciar o tratamento ideal para o seu caso.

2. Alergias

As alergias causam coceiras intensas, além de outros sintomas como feridas ou bolhas na pele. Elas podem se manifestar em qualquer região do corpo e possuem diversas causas. Por exemplo:

  • Mudanças drásticas de clima
  • Alimentos
  • Mofo
  • Poeira
  • Picada de inseto
  • Produtos para pele ou cabelo
  • Produtos de limpeza
  • Animais
  • Medicamentos

Uma pessoa alérgica normalmente já reconhece quando a coceira é fruto do problema. No entanto, caso não saiba exatamente o que está causando a alergia e, consequentemente, a coceira no corpo, o ideal é buscar ajuda médica.

Afinal, é possível que alergias novas surjam sem que tenhamos conhecimento sobre elas. Até porque elas podem iniciar tanto na infância, quanto na idade adulta.

Mas, mesmo para quem já conhece as suas alergias é importante consultar um dermatologista, principalmente se o sintoma se tornar recorrente e os episódios de coceira no corpo se tornarem cada vez mais graves e intensos.

O que fazer

Em casos de alergia, deve-se evitar aquilo que você já sabe que pode te causar o problema. Além disso, para aliviar os sintomas, recomenda-se tomar um antialérgico, evitar tomar banhos em temperaturas extremas e trocar os seus produtos de rotina por versões hipoalergênicas. 

  Continua Depois da Publicidade  

3. Pele ressecada

Pele seca
A coceira também pode ter relação com a secura da pele

As pessoas que têm pele seca ou extra seca possuem uma tendência maior a passar pelo problema da coceira no corpo.

A pele ressecada pode ser fruto de mudanças climáticas, frio ou calor intensos, banhos muito longos e, principalmente, do uso excessivo de sabonetes. Além disso, o ressecamento se torna mais comum com o passar dos anos, pois o corpo não produz mais oleosidade na mesma intensidade.

Outra causa do ressecamento da pele é a gravidez, já que ocorrem alterações hormonais durante a gestação. Mas, caso a coceira se torne recorrente e você ainda não tenha encontrado a causa para o ressecamento da pele, consulte um dermatologista para verificar se ela não tem relação com outros problemas.

Uma pele ressecada pode causar coceiras constantes, vermelhidão, ardência, entre outros sintomas. Afinal, ela é mais vulnerável devido ao enfraquecimento da sua barreira de proteção.

O que fazer 

Evite tomar banho mais de uma vez por dia e tome banhos mais curtos, em temperatura ambiente, de preferência. Invista em produtos hipoalergênicos, principalmente aqueles que você utiliza diariamente. 

Outra recomendação é passar hidratantes na pele com frequência. Existem diversas receitas caseiras de hidratantes corporais, compostas apenas por ingredientes naturais.

4. COVID-19

Os sintomas da COVID-19 podem variar de acordo com cada pessoa. Em alguns casos, a doença inclusive causa lesões na pele que resultam em coceiras intensas e que podem aparecer em qualquer parte do corpo.

Elas não costumam durar mais do que 2 semanas. Portanto, caso a duração supere esse período, é possível que não seja COVID-19, mas algum outro problema ou infecção.

O que fazer 

Vale a pena continuar a tomar os cuidados já conhecidos para diminuir as chances de contaminação pelo novo coronavírus, como usar máscaras (especialmente em lugares fechados) e evitar aglomerações.

Caso desconfie que pegou a doença, realize um teste para a COVID-19 e consulte um médico. Ele poderá te receitar medicamentos apropriados para tratar o problema apresentado. Isso vai depender de cada caso.

Fontes e referências adicionais

Você já conhecia essas causas de coceira no corpo? Já teve algum desses problemas? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dra. Alessandra Drummond

Dra. Alessandra Drummond é médica dermatologista, graduada em medicina na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), pós graduada em dermatologia no Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay. Felowship no Hospital Arcispedale Santa Maria Nueva, Reggio Emília, Itália. Para mais informações, entre em contato com ela no seu site.

Deixe um comentário