Como a Maquiagem e os Cosméticos da Gestante Podem Afetar o Peso Futuro da Criança

Mesmo quando uma gestante experimenta o famoso brilho da gravidez, ela ainda pode querer usar seus produtos cosméticos e de maquiagem, quando é convidada para uma jantar chique, uma festa, um casamento ou uma formatura ou para manter os cuidados com a pele em dia.

Entretanto, para as futuras mamães que escolherem usar esses produtos, é bem importante prestar atenção na formulação, para verificar se não há algum composto que possa fazer mal para ela ou para os seus bebês.

Aproveite para entender se maquiagem envelhece a pele e se maquiagem dá espinha.

Por exemplo, os parabenos podem ser umas das substâncias problemáticas para uma gestante. Esses compostos são usados há tempos como conservantes em produtos cosméticos e de cuidados com o corpo. Alguns estudos já apontaram que eles imitam o estrogênio (hormônio sexual feminino) no organismo e que podem atrapalhar a função normal dos hormônios.

Agora, uma pesquisa recente associou a utilização de cosméticos compostos por parabenos por parte das gestantes ao aumento da probabilidade de que os seus filhos sofram com o excesso de peso futuramente.

Nesse estudo, os pesquisadores encontraram parabenos na urina de gestantes que usaram produtos leave-on, ou seja, que não são removidos do corpo depois de aplicados, como maquiagens, loções corporais ou hidratantes faciais.

O experimento sugeriu que quanto maiores fossem esses níveis de parabenos na urina da mãe, maiores eram as chances do seu filho desenvolver o excesso de peso aos oito anos de idade. Um dos parabenos que se destacou em relação ao risco foi o butilparabeno. Além disso, aparentemente, as meninas foram mais afetadas pelo efeito do que os meninos.

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores analisaram as mães e as acrianças a partir de dados de um estudo maior com 629 pares de mães e filhos. Durante a 34ª semana de gestação, as mulheres  forneceram informações sobre o uso de cosméticos compostos por parabenos e tiveram amostras de urina coletadas.

As mulheres que utilizaram maquiagem e loções do tipo leave-on, compostos por parabenos, apresentaram maiores concentrações da substância na urina. Porém, segundo outra cientista que atuou no estudo, a pesquisadora do Hospital Universitário Charité de Berlim, na Alemanha, Irina Lehmann, outros produtos podem ter contribuído com os níveis maiores de parabenos, uma vez que a substância também é usada como conservante em alguns alimentos e medicamentos, por exemplo.

Eles também foram atrás de evidências mais diretas e conduziram experimentos em ratinhos de laboratório. Os cientistas expuseram ratas gestantes ao butilparabeno, em quantidades comparáveis às encontradas nas participantes do estudo que apresentaram o maior nível da substância química na urina.

Resultado: os pesquisadores observaram que as filhas dessas ratinhas ganharam mais gordura corporal do que os ratinhos das mães que não tinham sido expostas ao butilparabeno. Mas por que será que isso acontece?

O experimento sugeriu que as filhotes de rato expostas ao parabeno tinham uma tendência de comer mais e apontou evidência acerca de uma alteração na atividade de um gene conhecido pelo nome de POMC, que auxilia a regulação do apetite.

  Continua Depois da Publicidade  

Para um dos cientistas que lideraram o estudo, o pesquisador do Centro Helmholtz de Pesquisa Ambiental Tobias Polte, o fato das ratinhas e das meninas serem especialmente afetadas por esse fenômeno e do butilparabeno influenciar a atividade do estrogênio sugere que o hormônio exerce um papel neste sentido.

É importante ressaltar que Lehmann advertiu que as descobertas não provam que os parabenos são necessariamente os culpados. Ela ponderou que existe uma série de outros fatores que contribuem com o ganho excessivo de peso, como a ingestão de muitas calorias e a falta de exercícios físicos.

Da mesma forma, Polte afirmou que não está claro como a exposição às substâncias químicas estrogênicas se encaixa no panorama geral. Segundo o pesquisador, são necessários mais estudos para reproduzir as descobertas epidemiológicas da sua pesquisa e trazer mais esclarecimentos a respeito dos mecanismos por trás delas.

Ainda assim, a sugestão de Lehmann é que as gestantes optem por produtos de cuidados pessoais que não apresentam parabenos na sua composição – a informação a respeito da presença ou ausência do composto costuma ser encontrada na embalagem dos produtos.

Além disso, a pesquisa se alia a outros estudos que já apontaram que a exposição gestacional a substâncias químicas encontradas em produtos de consumo comuns pode prejudicar o crescimento e o desenvolvimento da criança.

Quem afirmou isso foi a pesquisadora da Escola de Medicina Icahn, nos Estados Unidos, Eva Tanner, que revisou as descobertas do experimento e considerou o design do estudo excepcional. Segundo Tanner, a pesquisa não foi a primeira a relacionar a exposição gestacional a substâncias perturbadoras do sistema endócrino com as chances de crianças desenvolverem o excesso de peso.

Para a pesquisadora da Escola de Medicina Icahn, o modelo animal utilizado no estudo demonstra que pode haver uma associação entre o aumento de peso e o parabeno butilparabeno. As informações são do HealthyDay/WebMD.

Mas como saber quais maquiagens e cosméticos são seguros na gestação?

Bem, o primeiro e mais importante passo é sempre pedir orientação ao médico, que saberá determinar se e como a grávida pode usar maquiagem e cosméticos, além de explicar quais produtos devem ser evitados e quais estão liberados para serem usados.

Algo que também ajuda é conhecer os compostos que podem ser encontrados na formulação de maquiagens e cosméticos, porém devem ser evitados ao longo de uma gestação. Com essa informação em mãos, é aconselhável sempre checar a lista de ingredientes na embalagem de um produto de maquiagem ou cosmético para ver se uma ou mais dessas substâncias não estão presentes no item em questão.

A maquiadora Mary Irwin explicou que os ingredientes são listados na embalagem dos produtos da seguinte maneira: os que se encontram em maior quantidade no item em questão aparecem primeiro. Os três primeiros ingredientes listados no rótulo são os mais ativos em uma maquiagem, esclareceu Irwin.

Além dos parabenos propil (propyl), butil (butyl), isopropyl, isobutyl e metil (methyl), segundo informações dos sites Parents.com e Pop Sugar, o grupo de ingredientes que não podem estar presentes na maquiagem ou nos produtos cosméticos de uma gestante inclui:

  • Hidrato de cloro-alumínio (aluminum chloride hexahydrate ou aluminium chlorohydrate);
  • Beta-hidroxiácidos: ácido salicílico, ácido 3-hidroxipropiônico, ácido tretocanico e ácido trópico (salicylic acid, 3-hydroxypropionic acid, trethocanic acid e tropic acid);
  • Protetores solares químicos: avobenzona (avobenzone), homosalato (homosalate), octissalato (octisalate), octocrylene, oxibenzona (oxybenzone), oxtinoxate, antranilato de mentilo (menthyl anthranilate) e oxtocrylene;
  • Dietalanolamina/Diethanolamine (DEA), oleamide DEA, lauramide DEA e cocamide DEA;
  • Di-hidroxiacetona/Dihydroxyacetone (DHA);
  • Formaldeído (Formaldehyde), quaternium-15, dimethyl-dimethyl (DMDM), hidantoína (hydantoin), imidazolidinil-ureia (imidazolidinyl urea), diazolidinil uréia (diazolidinyl urea), sodium hydroxymethylglycinate e bromopol (2-bromo-2-nitropropane-1,3-diol);
  • Hidroquinona (hydroquinone), idrochinone, quinol/1-4 dihydroxy benzene/1-4 hydroxy benzene e glutationa (glutathione);
  • Ftalatos: diethyl e dibutil (dibutyl);
  • Retinol: vitamina A, ácido retinoico (retinoic acid), retinyl palmitate, retinaldehyde, adapaleno (adapalene), tretinoína (tretinoin), tazaroteno (tazarotene) e isotretinoína (isotretinoin);
  • Ácido tioglicólico: acetyl mercaptan, mercaptoacetate, mercaptoacetic acid e thiovanic acid;
  • Tolueno (toluene), antisal 1a e metil benzeno (methylbenzene);
  • Triclosan;
  • BP-3;
  • Bisfenol A/Bisphenol A (BPA);
  • BHA e BHT;
  • Dioxina (dioxin);
  • Etanolaminas (ethanolamines): MEA/DEA/TEA;
  • Phenylmercuric salts, acetate (acetato) e nitrate (nitrato);
  • Fragrância (fragrance)/parfum.

Essas substâncias podem ser encontradas em uma série de produtos, que vão desde desodorantes a esmaltes de unha, portanto, vale a pena checar minuciosamente todos os produtos de maquiagem, cosmético, beleza ou higiene que for passar na pele para verificar se eles não estão ali presentes.

  Continua Depois da Publicidade  

A lista acima não é definitiva, ou seja, cita alguns exemplos de ingredientes que não podem estar presentes na maquiagem ou outros produtos de beleza utilizados na gravidez, no entanto, é possível que não mencione todos eles.

Outro ponto que merece destaque a respeito da lista de ingredientes de um produto de maquiagem ou cosmético é a quantidade de itens ali apresentados. Isso porque a maquiadora Mary Irwin que quanto menor for essa lista, menos provável será que se tenha uma reação ao item em questão.

Referências adicionais:

Você imaginava que a maquiagem e os cosméticos da gestante poderiam afetar o peso futuro da criança? Pretende se precaver contra isso? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário