Mulher com pele bonita

6 Benefícios da Vitamina A para a Pele

As rotinas de cuidados diários com a pele já são parte do nosso dia a dia, entre eles limpar, tonificar, hidratar, aplicar protetor solar e talvez experimentar alguns outros tratamentos, como máscaras e ácidos, por exemplo.

Em uma imensidão de possibilidades e produtos, existem alguns nutrientes que a pele realmente precisa. Usar a vitamina A para a pele é um desses cuidados importantes, porque o nutriente contribui para manter a pele saudável, firme e radiante.

Ao contrário de muitos outros nutrientes, a vitamina A é um grupo de compostos que inclui suas formas ativas (retina, retinol e ácido retinóico) e outros carotenoides provitamina A, como o betacaroteno.

O betacaroteno (e os outros carotenoides) é a forma da vitamina A que obtemos diretamente dos alimentos vegetais que ingerimos. As formas pré-formadas ou ativas são encontradas em alimentos de origem animal. Em nossos corpos, o betacaroteno é convertido na forma de vitamina A do retinol. 

O que é vitamina A?

A vitamina A é lipossolúvel e também atua como um poderoso antioxidante no nosso organismo. Ela desempenha um papel relevante na manutenção da visão, função neurológica, pele saudável e muito mais. Como os demais antioxidantes, ela também tem sua contribuição na redução da inflamação através da luta contra  os danos dos radicais livres.

A vitamina A pode ser encontrada de duas formas primárias: ativa (também chamada de retinol, que resulta em ésteres de retinila) e o betacaroteno.

O retinol vem de alimentos derivados de animais e é um tipo de vitamina “pré-formada” que pode ser usada diretamente pelo organismo. O outro tipo, que é obtido a partir de frutas e vegetais coloridos, é na forma de carotenoides pró-vitamina. O betacaroteno e outros tipos de carotenoides encontrados em produtos à base de plantas precisam primeiro ser convertidos em retinol, para depois serem utilizados pelo organismo. Outra forma de vitamina A é o palmitato, que geralmente vem em forma de cápsula.

Para que serve?

Estudos mostram repetidamente que os antioxidantes como a vitamina A são vitais para a boa saúde e qualidade de vida. Eles beneficiam a saúde dos olhos, aumentam a imunidade e promovem o crescimento celular. A obtenção de antioxidantes pode ser feita através de uma dieta equilibrada, rica em frutas, legumes e alimentos integrais, sempre que possível, em vez de suplementação de vitaminas para maximizar os benefícios potenciais para a saúde.

Benefícios da vitamina A em geral

  • Protege a saúde dos olhos. Tem a capacidade de melhorar a visão e manter os olhos saudáveis.
  • Suporta imunidade. Desempenha um papel integral na saúde do sistema imunológico e pode ser especialmente benéfica para afastar doenças e infecções.
  • Alivia a inflamação. Atua como um poderoso antioxidante no corpo, ajudando a reduzir o acúmulo de radicais livres nocivos e a prevenir danos oxidativos às células, ao mesmo tempo em que bloqueia a inflamação.
  • Mantém a o brilho da pele. Combate a acne, as rugas e mantém a pele brilhando.
  • Contém propriedades de combate ao câncer. O ácido retinóico pode prevenir ou suprimir a progressão do câncer ao longo do tempo.
  • Aumenta a saúde óssea. É um componente crucial do crescimento ósseo.
  • Reduz o colesterol. A vitamina A pode ajudar a diminuir naturalmente os níveis de colesterol para otimizar a saúde do coração.
  • Ajuda na reprodução e desenvolvimento. É crucial para o crescimento e desenvolvimento adequados em todas as fases da vida, mas também é considerada uma das melhores vitaminas para mulheres.
  • Promove o reparo de tecidos. Além de ser vital para promover a saúde adequada da pele, algumas evidências sugerem que a vitamina A também pode ajudar na cicatrização de feridas.
  • Impede pedras urinárias. Pode ajudar na prevenção de cálculos urinários.

Sintomas de deficiência de vitamina A

Como vimos, a vitamina A traz benefícios para a visão, bem como o crescimento ósseo adequado, pele saudável e a proteção das membranas mucosas dos tratos digestivo, respiratório e urinário contra infecções.

As pessoas com má absorção de longo prazo de gorduras são mais suscetíveis a desenvolver uma deficiência de vitamina A, além daqueles com síndrome do intestino permeável, doença celíaca, distúrbios autoimunes, doença inflamatória intestinal, distúrbios pancreáticos ou dependência de álcool.

A deficiência de vitamina A tornou-se um problema de saúde pública em mais da metade de todos os países, especialmente na África e no Sudeste Asiático, e afeta muitas mulheres grávidas e crianças pequenas e em países de baixa renda em particular.

Este pode ser um problema sério para as crianças, porque a falta de vitamina A provoca graves deficiências visuais e cegueira e também aumenta significativamente o risco de doenças graves, como a diarreia infecciosa e o sarampo.

Alguns dos sintomas mais comuns de uma deficiência de vitamina A são:

  • Xeroftalmia (secura da conjuntiva e córnea).
  • Cegueira noturna.
  • Manchas de Bitot (acúmulo de queratina na membrana mucosa que reveste a parte interna da pálpebra).
  • Lábios secos.
  • Pele espessa ou escamosa.
  • Imunidade prejudicada.
  • Crescimento atrofiado em crianças.

Qual a quantidade recomendada de vitamina A?

A quantidade de vitamina A recomendada costuma variar entre as mulheres e homens. Para as mulheres, o ideal é 700 mg de vitamina A diariamente, enquanto os homens devem receber 900 mg.

Ovos e produtos lácteos são excelentes fontes, enquanto vegetais de folhas verdes e laranjas, como batata-doce, cenoura, melão e espinafre, são carregados com betacaroteno que seu corpo usará para fazer todo o necessário.

Se você está pensando em equilibrar a ingestão com um suplemento, converse com seu médico primeiro.

E quais são os benefícios da vitamina A para a pele?

Como vimos acima, há benefícios da vitamina para a pele também. Diante de inúmeras possibilidades e produtos, existem alguns nutrientes que a pele realmente precisa, entre eles a vitamina A.

1. Protege contra os danos causados ​​pelos raios UV e retarda os sinais de envelhecimento

A maior parte da sua ingestão de vitamina A vem do consumo de alimentos ricos em betacaroteno e carotenoides provitamina A, que são potentes antioxidantes. Ela ajuda a combater os efeitos dos radicais livres que reduzem o colágeno (estrutura de suporte da pele) e contribuem para a formação de linhas finas e flacidez da pele. Além disso, diminui a sensibilidade da pele ao sol, proporcionando uma proteção natural contra a vermelhidão e a pigmentação potencializadas pelo sol.

2. Incentiva a produção saudável de células da pele

A retina, retinol e ácido retinoico são importantes para a produção celular e seu crescimento. A vitamina A também estimula as células responsáveis ​​pelo desenvolvimento do tecido que mantém a pele firme e saudável nas camadas profundas da pele.

Em parceria com os carotenoides, a vitamina A desempenha um papel importante no crescimento das células e dos tecidos. A deficiência pode resultar em uma pele enfraquecida, causando problemas que vão desde a secura até feridas que cicatrizam mais lentamente.

3. Protege contra infecções

Sua pele é uma primeira linha de defesa contra bactérias, poluentes e infecções e uma parte importante do seu sistema imunológico. Ao promover a produção de células, a vitamina A ajuda a fortalecer essa barreira, protegendo sua pele de agentes nocivos que tentam atacar a superfície.

4. Suaviza as rugas 

A vitamina A tópica na forma de retinol (encontrada em produtos vendidos sem prescrição) e o ácido retinoico (encontrado em cremes receitados) são comprovadamente eficazes contra rugas e a recomendação de muitos dermatologistas para combater sinais de envelhecimento.

Uma pesquisa mostrou que esses compostos são capazes de estimular a produção de colágeno, o que é muito importante, pois quando o colágeno é danificado devido à exposição aos raios UV e outros agressores, as rugas começam a se desenvolver.

Os retinoides unem as células responsáveis ​​por fazer o novo colágeno, fortalecendo sua pele e preenchendo linhas finas abaixo da superfície para que a pele pareça mais suave. Um estudo descobriu que, depois de usar um creme de vitamina A para a pele de prescrição por 10 a 12 meses, os participantes notaram uma melhora significativa e menos rugas, e especialistas médicos notaram um aumento de 80% no colágeno.

5. Melhora o tom da pele e dá brilho

Cremes de vitamina A par a pele podem ajudar a clarear manchas marrons provocadas pelo sol e melhorar a luminosidade dela. Isso acontece devido à sua ação para aumentar e normalizar a rotatividade das células, ajudando a eliminar células pigmentadas, danificadas e ásperas, abrindo espaço para células saudáveis ​​e permitindo um tom mais uniforme.

Além disso, os retinoides podem bloquear uma enzima necessária para a produção de melanina, ajudando ainda mais a fornecer uma aparência brilhante e uniforme.

6. Melhora a acne

Espinhas se formam quando os poros ficam entupidos com células mortas da pele, bactérias e óleo, fornecendo o cenário ideal para o Propionibacterium acnes, que é uma bactéria comum responsável por manchas. Quando os cremes de vitamina A para a pele estimulam a renovação celular, o mesmo processo acontece dentro dos próprios poros, ajudando a retardar controlar a oleosidade e manter os poros limpos.

Como escolher cremes de vitamina A para a pele?

Se o objetivo é começar a usar um creme de vitamina A de venda livre (sem prescrição médica), procure pelo retinol na lista de ingredientes em vez de palmitato de retinol, que é uma versão mais fraca da vitamina.

O retinol não é tão potente quanto o ácido retinoico, portanto os resultados podem levar mais tempo para aparecer, mas em contrapartida também são menos irritantes para a pele sensível. Infelizmente, é comum que os cremes de vitamina A causem vermelhidão, sensibilidade e pele seca e escamosa até que sua pele acostume.

Aplicação

Comece aplicando apenas uma quantidade do tamanho de uma ervilha no rosto todas as noites ou a cada duas noites por várias semanas. Isso reduzirá os efeitos colaterais que o creme pode causar. Hidrate a pele com um produto simples e sem cheiro.

Aumente gradualmente seu uso para todas as noites, e dessa forma sua pele já terá se acostumado com o creme e os possíveis efeitos colaterais deixarão de acontecer.

Garanta o uso do protetor solar durante o dia. Cremes à base de retinoides tópicos podem aumentar a sensibilidade da sua pele aos danos causados ​​pelos raios UV.

Evite retinol e retinoides se estiver grávida.

Precauções

Usar a vitamina A para a pele promove muitos benefícios, mas altas doses podem causar danos. O consumo excessivo, combinado com a suplementação e com outros antioxidantes, tem sido associado a defeitos congênitos, menor densidade óssea e problemas hepáticos. A intoxicação por vitamina A também pode causar icterícia, náusea, perda de apetite, irritabilidade, vômitos e até queda de cabelo.

Ainda que a melhor fonte seja a alimentar, se o seu objetivo for usar suplementos de vitamina A, consulte seu médico primeiro, e escolha tomar uma dose baixa. Pessoas que bebem muito, fumam ou sofrem de doença renal ou hepática também não devem tomar suplementos de vitamina A sem falar com um profissional de saúde.

A vitamina A também pode interagir com certos medicamentos, incluindo algumas pílulas anticoncepcionais, diluentes de sangue e certos tratamentos de câncer.

É importante entender que a vitamina A é uma vitamina lipossolúvel, o que significa que ela precisa ser consumida com gordura para ter uma ótima absorção.

Para evitar problemas com overdose de vitamina A ou hipervitaminose, opte por fontes de alimentos e combine-os com uma dieta bem equilibrada, com alimentos ricos em nutrientes para ajudar a maximizar sua saúde.

Certifique-se de equilibrar a sua alimentação e incluir carne, laticínios e ovos, assim como alimentos e vegetais vermelhos, laranja, amarelos e verdes. Para ter certeza de obter vitamina A suficiente, coma uma variedade desses alimentos e se você suspeitar que tem uma deficiência, converse com seu médico ou profissional de saúde.

Esteja ciente que com os alimentos certos você manterá os níveis de vitamina A e desfrutará de todos os benefícios da vitamina A para a sua pele e saúde em geral.

Referências adicionais:

Você já experimentou utilizar cremes e produtos com vitamina A para a pele? Quais foram os resultados obtidos? Para você, vale a pena mesmo? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)



ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*