Home » Exercícios » Como Funciona Pilates para Gestantes? Benefícios e Dicas

Como Funciona Pilates para Gestantes? Benefícios e Dicas

Pilates para gestantes

O pilates é um método de exercício, desenvolvido por Joseph Pilates, que enfatiza o desenvolvimento equilibrado do corpo por meio do fortalecimento do core e da flexibilidade.

  Continua Depois da Publicidade  

Considerada uma atividade de nível médio de intensidade, o pilates se foca em aspectos como a concentração e a respiração e atinge principalmente a região do core, ainda que possa fortalecer os braços e as pernas.

O método também é conhecido por ser de baixo impacto, promovendo o engajamento dos músculos em uma maneira suave e, ao mesmo tempo, forte, por utilizar o peso corporal e melhorar a mobilidade das articulações.

Mas será que as grávidas podem fazer pilates? Como funciona o pilates para gestantes?

A gestação é um período único e delicado na vida de uma mulher, em que ela precisa tomar uma série de cuidados, o que inclui os tipos de atividade física que pode praticar ao longo da gravidez.

Com isso, as mulheres que estiverem grávidas devem consultar o médico a respeito da prática do pilates, fazendo as mudanças e adaptações necessárias para a prática da atividade conforme o andamento da gestação, caso o médico conceda essa liberação, é claro.

  Continua Depois da Publicidade  

É provável que o médico autorize a continuação do pilates caso a mulher já esteja praticando a atividade, porém, desde que a gestação esteja indo bem.

Entretanto, conforme os meses forem passando e a barriga crescendo, algumas mudanças certamente serão necessárias.

Um dos benefícios do pilates neste sentido é que a modalidade é muito adaptável e a maioria dos seus exercícios podem ser modificados conforme as habilidades e o corpo mudam.

Caso esteja com boa saúde, a mulher geralmente pode se exercitar durante o terceiro trimestre da gravidez. Ou seja, tudo é uma questão de conversar com o médico.

A gestante precisa contar não somente com o acompanhamento do médico para poder praticar o pilates, como também precisa do auxílio de um educador físico qualificado para orientar o pilates para gestantes em cada um dos exercícios da modalidade.

Isso é fundamental para saber que tipo de movimento a grávida pode fazer e em que frequência ela pode se exercitar com o pilates de maneira segura em cada fase de sua gestação.

  Continua Depois da Publicidade  

É essencial seguir esses cuidados para que a futura mamãe não prejudique a sua própria saúde e nem a saúde do seu bebê.

Os exercícios de pilates que devem ser evitados durante a gestação

Nem todos os exercícios do pilates são apropriados para uma mulher grávida – aqueles que são realizados nas costas ou na barriga podem provocar desconforto ou causar lesões ao corpo.

Como o músculo reto abdominal tende a se separar durante a gestação, a grávida deve evitar qualquer dano maior à região, evitando os exercícios de pilates que contraem esse músculo.

  Continua Depois da Publicidade  

Depois do primeiro trimestre, a grávida não pode se exercitar na posição deitada reta de costas porque isso diminui o fluxo sanguíneo para o bebê.

Além disso, os exercícios de pilates que exigem que a futura mamãe deite de barriga ou fique em uma posição de prancha com a face direcionada para baixo também não são recomendados.

Sobre os alongamentos: enquanto os suaves podem ser relaxantes e suavizantes durante a gestação, os alongamentos profundos podem provocar lesões e, portanto, devem ser evitados pelas grávidas.

Na sessão de pilates para festantes, a futura mamãe também não pode colocar os pés sobre a cabeça, os quadris devem permanecer para baixo e devem ser eliminados quaisquer movimentos acentuados da rotina como chutes laterais vigorosos e exercícios em pranchas/tábuas de salto.

Outras precauções

Como em uma prática de exercícios ocorre o gasto de calorias e a perda de água por meio da transpiração, a futura mamãe pode precisar aumentar a sua ingestão de calorias e tomar muito cuidado para se manter hidratada, ainda que o pilates para gestantes não seja uma atividade extenuante. Para saber o quanto de calorias e água a mais deve tomar, a gestante deve consultar o seu médico.

Durante sua sessão de pilates, a grávida também precisa tomar cuidado para não exagerar nos exercícios, visto que os níveis de energia estarão mudando. Quando a gestante estiver muito ofegante para falar em um ritmo e tom casual, é hora de desacelerar.

Alertamos que sinais como tontura, sensação de desmaio, náusea, coração acelerado, falta de ar, contrações uterinas, sangramento, vazamento de fluido e dor de cabeça também significam que a grávida precisa fazer uma pausa. Ir ao hospital para checar se anda tudo bem com ela e a gestação, recebendo o tratamento apropriado caso seja necessário, também e importante.

Quais os benefícios do pilates para gestantes?

O benefício trazido pelo pilates de construir força na região do core pode auxiliar a mulher a ter uma gestação e um parto mais confortáveis.

A prática do pilates é famosa por ajudar as novas mamães a terem suas formas físicas de volta depois do nascimento do bebê.

A instrutora de pilates Agi Makarewicz afirmou que “o pilates para gestantes permanece absolutamente verdadeiro à sua forma e conceito, mas modificando os exercícios para atender as necessidades pessoais e desafiá-las, enquanto fornece um sistema de exercícios seguro, que constrói músculos e fortalece a mente e o corpo para mulher grávidas”.

A instrutora de pilates destacou também que uma parte chave do pilates é aprender como respirar apropriadamente, algo que encoraja o relaxamento, o que auxilia a amenizar o desconforto das contrações.

“O pilates também vai ajudar a estimular o seu sistema imunológico e a circulação e a prover os níveis de energia necessários para aproveitar a gravidez com mais gosto e a se sentir melhor preparado para o parto. Uma vez que o bebê tiver chegado com segurança, você pode usar as aulas de pilates (depois que receber a liberação pós-parto do médico para voltar a praticar a modalidade, claro) como um ‘tempo para mim’, te dando espaço para respirar e explosões de todos os importantes hormônios da alegria (endorfinas)”, declarou Makarewicz.

Cuidados e contraindicações do pilates

Antes de começar a praticar qualquer tipo de atividade física, o que inclui o pilates para gestantes, é fundamental que a grávida cheque com o médico se está realmente apto a praticar o exercício e saber em que nível pode realizar o treinamento.

Quem passou recentemente por uma lesão nos joelhos deve deixar de fazer pilates até que o médico autorize voltar a praticar a atividade.

Alertamos ainda que as pessoas que tiverem recentemente uma lesão nas costas devem adiar a prática do pilates até que o médico autorize o retorno à atividade.

Outra ressalva fica para quem sofre com dor na lombar (lombalgia) deve consultar o médico para saber se é uma boa ideia fazer pilates e, depois que receber o aval médico, contar com o acompanhamento de um instrutor de pilates com no mínimo diversos anos de experiência trabalhando com pessoas com lombalgia.

Também é necessário contar com o acompanhamento de um profissional de saúde qualificado para atuar como instrutor de pilates. Com isso, tem-se do lado um profissional capacitado para ensinar como cada um dos exercícios do treino deve ser executado, o que é importante para evitar lesões.

Antes de dar início às aulas, o instrutor da modalidade deve fazer uma avaliação para identificar os principais problemas e as limitações do aluno.

E caso você venha a se machucar, a presença do profissional já é de grande ajuda, tendo em vista que ele pode prestar os primeiros socorros e encaminhar para um médico ou hospital, se houver a necessidade.

Referências Adicionais:

Você já conhecia o pilates para gestantes? Conhece alguma grávida que o pratica? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite
  Continua Depois da Publicidade  


ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*