Como tratar calos nos pés e nas mãos

Especialista da área:
atualizado em 01/10/2021

Os calos são protuberâncias elevadas e duras na camada externa da pele que surgem devido à pressão repetida em um mesmo ponto. Assim, a pele fica grossa, rígida e áspera. 

  Continua Depois da Publicidade  

Em geral, eles são inofensivos e não causam dor. Na verdade, o calo é uma forma que o corpo tem de proteger a pele contra o atrito. 

Ao notar um atrito constante na pele, o corpo começa a produzir um excesso de queratina, uma proteína muito abundante na pele, deixando a pele endurecida e reduzindo o risco de fissuras e infecções. Isso acontece quando uma pessoa faz musculação sem usar luvas, carrega muito peso ou toca instrumentos de corda, por exemplo.

Os calos podem surgir em qualquer parte do corpo, mas são mais comuns nos pés, nas mãos, nos dedos e nos calcanhares. Eles não causam sintomas, ao contrário das calosidades que são calos mais profundos e dolorosos.

E ainda que não causem nenhum prejuízo direto, é importante saber cuidar deles para manter a pele saudável e bonita. Veja então algumas dicas de como tratar os calos.

Como tratar calos

calo na mão

Os calos são aglomerados de células mortas que se acumulam na pele. Isso significa que você pode usar técnicas para remover a pele morta e, assim, acabar com eles.

Use uma pedra pomes

A pedra pomes, a mesma usada para prevenir rachaduras nos pés, ajuda a esfoliar a pele, removendo a camada extra de pele onde fica o calo. Mas é preciso ter cautela para não esfoliar demais e causar lesões que podem facilitar a entrada de bactérias e outros germes.

  Continua Depois da Publicidade  

Além disso, se você tiver diabetes não é recomendado usar pedra pomes sem a orientação de um médico por causa do risco de machucar a pele e ter uma infecção.

Apare o excesso de pele

remover calo

Remover o excesso de pele com uma lâmina pode ajudar a tirar o calo mais rapidamente. No entanto, é preciso ter muito cuidado para não lesionar o local. Por isso, o mais indicado é procurar um médico para que ele possa aparar o excesso de pele com o auxílio de um bisturi.

Mergulhe o calo em água morna

Deixar os pés ou as mãos imersas em água morna ajuda a amolecer a pele grossa do calo, facilitando sua retirada. O ideal é deixar a pele na água morna por 15 a 20 minutos. Se possível, combine essa etapa com o uso da pedra pomes para ter uma esfoliação mais suave e eficaz.

Hidrate a pele

Além da esfoliação, hidratar a pele com um bom creme hidratante é ótimo para manter a pele macia e bem nutrida. Isso também ajuda a diminuir a aspereza dos calos.

Aliás, os cremes que contêm ingredientes como a vaselina são ótimos para usar antes de dormir, mantendo a pele hidratada durante a noite.

Proteja o calo

calo no pé

Use band-aids ou adesivos de silicone para proteger a região dos calos contra mais atritos. Dessa forma, a proteção previne irritações na pele e acelera a recuperação.

  Continua Depois da Publicidade  

Esses adesivos são úteis principalmente para o tratamento de calos nos pés causados pelo uso de sapatos.

Aplique cremes esfoliantes

Existem também cremes esfoliantes que ajudam a remover as células mortas da pele. Geralmente, eles contêm ingredientes como ácido salicílico, uréia e lactato de amônio em sua composição.

O ácido salicílico também pode ser encontrado na forma de gel. Ele é muito útil para remover calos já que ajuda a amolecer a queratina em excesso na pele, que posteriormente pode ser removida com mais facilidade com uma lixa ou pedra pomes.

Use remédios caseiros

Apesar de não haver comprovação científica, algumas pessoas relatam que as seguintes imersões podem amolecer a pele dura e ajudar no tratamento de calos:

  • 1 parte de vinagre de maçã (250 mL) para 4 partes de água morna (1 L); 
  • 5 colheres de sopa de óleo de rícino em água morna suficiente para cobrir o calo;
  • 2 colheres de sopa de sal de Epsom em uma bacia com água morna;
  • 2 ou 3 gotas de óleo de árvore de chá em uma tigela cheia de água morna;
  • 2 colheres de sopa do sumo do limão e 1 colher de chá de bicarbonato de sódio em uma bacia com água morna.

Em todos os casos, o calo deve ficar imerso na solução por aproximadamente 15 minutos.

  Continua Depois da Publicidade  

Mais dicas

calo no calcanhar

Os calos costumam melhorar aos poucos, com ou sem tratamento. Mas se o problema for constante ou te causar dor e sensibilidade, vale a pena consultar um dermatologista, principalmente se você tem problemas de circulação ou diabetes.

Na maioria das vezes, cuidar da sua pele e seguir as seguintes dicas para prevenir novos calos pode ajudar:

  • Use sapatos que não apertem ou machuquem os pés;
  • Evite usar meias apertadas;
  • Coloque luvas para fazer atividades que podem causar calos, como andar de bicicleta ou praticar musculação;
  • Evite andar descalço por muito tempo;
  • Mantenha as unhas dos pés curtas para evitar que os dedos se curvem para caber nos sapatos, causando calos;
  • Trate os problemas de deformidades nos pés, como “dedo em garra”, “dedo em martelo”, joanete, que causam compressão e atrito, ocasionando calos.

Certamente, se você continuar se expondo à atividade que te causou o calo, é provável que o problema continue. Assim, o ideal seria evitar os movimentos repetitivos que facilitam a formação de calos. Se isso não for possível, manter a pele hidratada e protegida sempre que possível ajuda a reduzir os calos e suas complicações.

Fontes e referências adicionais

Você costuma ter calos? O que você faz para removê-los? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto ainda)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário