Ingredientes e sucos detox

Dietas Detox – Efeitos Colaterais e o Que Fazer

As dietas detox são extremamente populares atualmente. Seus efeitos, muitas vezes menores que suas promessas, são procurados por milhares de pessoas. A busca pela perda de peso e pela eliminação de toxinas do corpo são extremamente louváveis, mas é necessário tomar alguns cuidados.

Nem todo mundo se adapta facilmente às dietas detox, e muita gente deve simplesmente procurar outros modos de emagrecer e de se desintoxicar. Se você pretende fazer uma dieta detox, é importantíssimo conhecer os possíveis efeitos colaterais, bem como suas causas e seu tratamento.

Dor de Cabeça

Muitas pessoas enfrentam dores de cabeça como efeito colateral durante uma dieta detox, sobretudo nos primeiros dias. As causas podem ser muitas, entre as quais as principais são a abstinência de cafeína (proibida nas dietas detox) e o baixo nível de açúcar no sangue. O excesso de consumo de água também pode ajudar, inchando as células e aumentando a pressão sobre o cérebro.

Lidar com a dor de cabeça respeitando a dieta detox não é tão simples. Afinal, tomar remédios tipicamente usados contra a dor de cabeça comprometem o processo de desintoxicação. Portanto, recomenda-se tratá-la de modos tradicionais: aplicando massagens nas têmporas e na testa ou usando gelo para aliviar a dor.

Necessidade de Urinar Frequentemente

Os efeitos diuréticos de uma dieta detox, bem como o grande consumo de líquidos, geralmente provocam uma frequente necessidade de urinar. Muitas pessoas relatam seu incômodo com a necessidade de ir ao banheiro muitas vezes durante o dia.

Infelizmente, esse efeito colateral é inevitável: trata-se mesmo de como dietas detox funcionam, auxiliando o corpo a eliminar toxinas através do sistema excretor. Urinar mais frequentemente é um dos principais modos pelo qual isso é feito. Só tome cuidado com a desidratação, mantendo o consumo de água grande e sobretudo frequente.

Diarreia

Muitas dietas detox usam o limão como ingrediente principal, já que suas propriedades se encaixam nos propósitos de desintoxicação. Há, porém, propriedades indesejadas, como a alta acidez dessa fruta. Uma das consequências mais desagradáveis da alta acidez é o desregulamento do intestino, que pode levar a diarreias.

Esse é, também, um dos efeitos colaterais para o qual não há tratamento direto. Recomenda-se apenas que o consumo de água seja mantido para evitar a desidratação. Observe se seu corpo se adapta ao longo da dieta detox, diminuindo e eventualmente eliminando a diarreia. Se isso não acontecer, recomenda-se interromper o processo.

Flatulências

A eliminação das toxinas pode acontecer sob todas as formas. Por razões óbvias, a possibilidade de eliminar grandes quantidades de toxinas na forma gasosa é especialmente incômoda, mas é justamente esse o efeito colateral que muitas pessoas enfrentam. Trata-se de mais um dos efeitos colaterais para os quais não há modo de fugir.

Modos naturais de tratar o excesso de gases são bem-vindos, como a aplicação de óleo de camomila na barriga.

Fadiga

A alimentação durante uma dieta detox é absolutamente irregular. Para obter seus objetivos, as pessoas deixam de consumir a carga necessária de diversos nutrientes (sobretudo proteínas) e passam a consumir muitas vezes menos calorias do que o necessário.

Sem a energia necessária e com pouca proteína para manter os músculos, o corpo pode facilmente se enfraquecer ao longo de uma dieta detox. Para evitar esse efeito colateral, recomenda-se diminuir o nível de esforço físico durante o período da dieta.

Mal Hálito

A excessiva acidez de algumas dietas detox possui, ainda, outra consequência negativa. Conforme a acidez se acumula no trato digestivo, há uma tendência para o desenvolvimento de mau hálito durante a dieta. Nota-se muitas vezes, também, a formação de uma camada esbranquiçada sobre a língua.

Para evitar essa consequência, seja muito cuidadoso com a sua higiene bucal. Escove os dentes e a língua mais vezes ao dia, e adquira o hábito de fazer gargarejos.

Fome

Já que a maior parte das dietas detox proíbe o consumo de comidas sólidas, um dos efeitos colaterais mais comuns é a fome. Muitas vezes em ataques agudos, esse desconforto vai certamente atingir quem tentar fazer uma dieta detox.

O tratamento desse efeito se faz aumentando o consumo das bebidas e sucos permitidos pela dieta, de modo a evitar que o estômago fique vazio. Conforme os primeiros dias passam, é normal que o corpo se acostume com a dieta e a sensação de fome seja aliviada.

Não Prolongue sua Dieta Detox

Todos esses sintomas são consequências diretas das dietas detox, na qual faltam muitos nutrientes. Dessa forma, o efeito colateral mais severo que uma dieta detox pode provocar é uma carência aguda de proteínas e de outros nutrientes essenciais. Por isso, limite sua dieta a poucos dias. Recomenda-se, também, consultar o seu médico sobre a dieta e sobre a sua duração.

Video: A Dieta Detox Funciona?

Quem não Pode Fazer uma Dieta Detox?

Muitas pessoas simplesmente não podem fazer uma dieta detox, já que suas condições corporais ou de saúde tornam essa dieta especialmente nociva. Em primeiro lugar, crianças e adolescentes em fase de crescimento devem ficar longe dessa dieta, uma vez que eles precisam das proteínas e de outros nutrientes que a dieta detox não oferece. O mesmo se aplica a mulheres gestantes ou lactantes.

Também recomenda-se que pacientes com diabetes e doenças cardiovasculares, bem como pessoas com distúrbios no fígado ou nos rins, fiquem longe das dietas detox.

Saiba Quando e Como Parar

Se qualquer um dos efeitos colaterais estiverem fortes demais ou simplesmente duradouros demais, recomenda-se a imediata interrupção da dieta. É importante ter em mente que o propósito da dieta detox é atingir um corpo mais saudável e que, para isso, é fundamental saber respeitar o próprio corpo.

Saber como parar também é indispensável: retornar imediatamente a todos os tipos de carnes e comidas sólidas não é uma boa opção, pois o corpo pode estar enfraquecido demais para lidar com tudo isso. Recomenda-se a ingestão de alimentos leves, sobretudo de frutas e vegetais, combinado com o repouso adequado.

Referências Adicionais:

Você já tentou fazer alguma dieta detox? Como foi essa experiência? Obteve resultados? Sentiu muitos efeitos colaterais? Comente abaixo suas impressões.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (26 votos, média: 4,04 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)



ARTIGOS RELACIONADOS

4 comentários

  1. joao de assis mariosi

    às vezes a diarréia é alta e repetitiva no mesmo período do dia

  2. O suco detox é proibido para pessoas sensíveis a taxa elevada de ácido úrico?

  3. Minha mulher esta tomando e muitas das coisas faladas ai em cima esta acontecendo com ela, tipo dor de cabeça, erosões na boca tipo um herpes mesmo, sensibilidade a luz, e insonia. Cuidado pessoal. Amei o artigo!!

  4. Quando comecei a tomar o detox legal tudo normal mas agora meu entestino começou a ficar preso quando vou ao banheiro tenho muita dificuldade para evacuar

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*