Eparema Limpa o Fígado? Emagrece? Para Que Serve e Como Tomar

Especialista:
atualizado em 16/01/2020

Eparema é um medicamento indicado para auxiliar a amenizar a má digestão, os distúrbios do fígado e das vias biliares e a prisão de ventre leve. Ele atua por meio do estímulo da produção e da eliminação da bile, substância produzida pelo fígado que facilita a digestão de gorduras e funciona como um laxante suave.

O remédio pode ser encontrado no formato de drágeas ou de solução oral. Na sua versão em drágeas, Eparema pode ser utilizado por adultos e crianças acima de 10 anos de idade; já o medicamento na forma de solução oral pode ser usado somente por adultos. As informações são da bula do remédio.

É verdade que Eparema limpa o fígado?

Acabamos de aprender que o medicamento pode ser recomendado para ajudar a aliviar distúrbios que atingem o fígado. Será então que isso significa que Eparema limpa o fígado?

Outra coisa que vimos acima é que a bula do remédio indica que ele estimula a produção da bile. Além de atuar na digestão de gorduras, a bile elimina alguns resíduos do organismo como a hemoglobina, oriunda de glóbulos vermelhos destruídos, e o excesso de colesterol.

Além disso, a produção da bile leva à desintoxicação do fígado e a habilidade do órgão para produzir a substância é uma parte essencial do processo de limpeza, além de contribuir com a regeneração das células hepáticas.

O estímulo à produção da bile serve para ajudar a remover as toxinas e prevenir o acúmulo de pedras, favorecendo a digestão e a função hepática na movimentação dos sucos gástricos.

A acupunturista, bacharela em neurociência e mestra em medicina chinesa tradicional, Nicole Cuttler, explicou por quais motivos a produção, a eliminação e o fluxo da bile estão associadas à saúde do fígado:

Segundo ela, o entupimento dos canais da bile pode causar, entre outros problemas, dano ao fígado ou insuficiência hepática. A acupunturista afirmou ainda que a ocorrência de danos às células do fígado pode restringir a produção da bile, levando a resultados como fezes claras, problemas digestivos e acúmulo de toxinas.

Isso tudo nos permite bater o martelo e dizer que Eparema limpa o fígado? Não necessariamente. O que podemos entender é que se o medicamento realmente ajudar a produção e eliminação da bile, ele pode ser útil para a saúde hepática, o que pode incluir a limpeza do órgão.

Entretanto, se você procura um remédio para auxiliar a limpeza do seu fígado, é fundamental que procure a ajuda de um médico, que indicará o medicamento mais apropriado e seguro para você.

Eparema emagrece?

Não podemos concluir que o remédio causa a perda de peso por dois motivos principais. Primeiro: não é para isso que ele serve ou é indicado. Segundo: a bula do medicamento não apresenta a informação de que Eparema possa provocar algum efeito colateral que cause diretamente a perda de peso.

No entanto, como a bula indica que o remédio tem ação laxante suave, algumas pessoas podem ter a nada inteligente ideia de usar e abusar de Eparema com o intuito de esvaziar a barriga. Isso jamais deve ser feito porque a bula da versão em solução oral do medicamento também alerta que o seu uso prolongado e abusivo pode provocar uma série de problemas.

Além disso, ele é contraindicado para diversos grupos de pessoas (confira o tópico sobre as os cuidados e contraindicações de Eparema). E mesmo que não fosse o caso, usar laxantes para emagrecer pode prejudicar bastante a saúde.

Quer perder peso? Faça isso sem prejudicar o seu corpo, seguindo uma alimentação saudável, controlada, equilibrada e nutritiva, que forneça os nutrientes e energia que o organismo necessita, e pratique exercícios físicos com frequência. Tudo isso com o acompanhamento de nutricionista e educador físico para garantir a eficiência e segurança do processo.

Efeitos colaterais de Eparema

De acordo com informações da bula de Eparema em solução oral, o medicamento pode provocar os seguintes efeitos colaterais:

  • Reações alérgicas graves, especialmente em pacientes asmáticos;
  • Espasmos intestinais;
  • Distorção ou diminuição do senso de paladar;
  • Irritação na garganta;
  • Dor abdominal;
  • Diarreia;
  • Indigestão;
  • Náusea;
  • Vômitos;
  • Mal-estar;
  • Deficiência de potássio, que pode resultar em problemas cardíacos e fraqueza muscular;
  • Alterações eletrolíticas, quem podem provocar arritmia cardíaca, osteoporose, inibição da movimentação intestinal e hiperaldosteronismo (produção elevada da aldosterona, hormônio que atua no controle da pressão arterial) secundário;
  • Alteração renal, em casos de doses elevadas.

Ao experimentar algum desses ou qualquer outro tipo de efeito colateral ao utilizar Eparema, procure imediatamente a ajuda do médico para saber como deve proceder, mesmo que a reação em questão não lhe pareça grave.

Cuidados e contraindicações de Eparema

Não utilize o remédio sem consultar o médico, já que a automedicação é perigosa para a saúde. Como estamos prestes a ver, o medicamento tem uma série de contraindicações e exige cuidados em seu uso.

Eparema em solução oral está contraindicado aos seguintes grupos de pessoas:

  • Gestantes;
  • Mulheres que estejam amamentando;
  • Com doença grave nos rins;
  • Com doença grave no fígado;
  • Com doença grave no coração;
  • Com constipação (prisão de ventre) crônica;
  • Com abdômen agudo (dor abdominal súbita e intensa que pode requerer cirurgia);
  • Com dor abdominal de causa desconhecida;
  • Com hipersensibilidade (alergia) a qualquer um dos componentes da fórmula;
  • Com obstrução intestinal;
  • Com processos ulcerosos do trato digestivo;
  • Com doenças intestinais inflamatórias agudas como colites e doença de Crohn;
  • Com esofagite por refluxo;
  • Com transtornos hidroeletrolíticos;
  • Com íleo paralítico;
  • Com cólon irritável;
  • Com diverticulite;
  • Com doença diverticular;
  • Com apendicite.

Além disso, o medicamento deve ser utilizado com cautela por diabéticos porque contém açúcar em sua composição. Seu uso não pode ser prolongado ou abusivo porque isso pode causar malefícios como deficiência de potássio, problemas nos rins, presença de sangue ou albumina na urina, potencialização do efeito de cardiotônicos (que estimulam o coração), edema (inchaço) e deterioração óssea acelerada.

Antes de começar a tomar Eparema, é essencial informar o médico caso esteja usando algum medicamento, suplemento ou planta medicinal para que ele verifique com quais substâncias Eparema pode interagir e, portanto, não deve ser utilizado ao mesmo tempo.

Como tomar Eparema?

É o médico quem deve definir a duração do tratamento, a dosagem diária e os horários de uso de Eparema para que o tratamento seja seguro. Sem a orientação médica, não há como assegurar que o remédio trará o efeito desejado e que não fará mal à saúde.

Eparema dever ser ingerido somente via oral e pode ser tomado antes, durante ou depois das refeições. A duração do tratamento varia de acordo com a gravidade do caso, se o paciente usar o medicamento por mais de duas semanas, deverá consultar o médico.

Em relação à dosagem, a bula recomenda uma colher de chá de 5 ml de Eparema em frasco de solução oral de 206 mg/ml, que pode ser pura ou diluída em um pouco de água, duas vezes ao dia.

Já para Eparema em solução oral na forma de flaconete de 103 mg/ml, a bula indica tomar um flaconete duas vezes ao dia, com a possibilidade de tomar mais um ou dois flaconetes ao deitar para os casos de constipação (prisão de ventre).

Para Eparema em drágeas, a bula indica uma drágea duas vezes por dia para adultos, com a opção de tomar mais uma ou duas drágeas ao deitar no caso de prisão de ventre. Para crianças com mais de 10 anos, a bula recomenda tomar uma drágea uma ou duas vezes por dia.

Você já tinha ouvido falar que o Eparema limpa o fígado? Tem que tomar este medicamento para tratar alguma condição? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média: 4,00 de 5)
Loading...
Sobre Dr. Lucio Pacheco

Dr. Lucio Pacheco é Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral - CRM 597798 RJ/ CBCD. Formou-se em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1994. Em 1996 fez um curso de aperfeiçoamento no Hospital Paul Brousse, da Universidade de Paris-Sud, um dos mais especializados na área de transplantes na Europa. Concluiu o mestrado em Medicina (Cirurgia Geral) em 2000 e o Doutorado em Medicina (Clinica Médica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 2010. Dr. Lucio Pacheco é um profundo estudioso na área de doença hepática e escreveu dezenas de livros e artigos sobre transplante de fígado. Atualmente é médico-cirurgião, chefe da equipe de transplante hepático do Hospital Copa Star, Hospital Quinta D´Or e do Hospital Copa D´Or. Além disso é diretor médico do Instituto de Transplantes. Suas áreas de atuação principais são: cirurgia geral, oncologia cirúrgica, hepatologia, e transplante de fígado. Dr. Lucio é uma referência profissional em sua área e autor de artigos científicos e diversos. Para mais informações, entre em contato com ele.

Deixe um comentário

1 comentário em “Eparema Limpa o Fígado? Emagrece? Para Que Serve e Como Tomar”

  1. Estava muito mal com um queimor grande no estômago já estava desanimada tudo que eu comia me fazia mal até que passei numa farmácia e vi os flaconetes de EPAREMA li para que servia e vi que era para o que estava sentindo tomei e me tirou com a mão graças à Deus.👏👏que remédio bom