Buscopan Dá Sono? Para Que Serve, Efeitos Colaterais e Posologia

Especialista:
atualizado em 08/03/2019

Quando tomamos um remédio que provoca a sonolência, fica difícil ter disposição para dar conta de fazer as atividades normais do nosso dia a dia como trabalhar, estudar e praticar exercícios físicos, não é mesmo?

Até parar um pouco para se dedicar a preparar uma comida mais saudável e não recorrer às guloseimas e alimentos que já vêm prontos para comer pode ser mais complicado quando nos encontramos sonolentos.

Por isso, quando recebemos a indicação por parte do médico para utilizar determinado medicamento, vale a pena sabermos se ele pode nos deixar com mais sono ou não.

Isso não significa desobedecer uma ordem médica, apenas serve para que possamos nos preparar de antemão caso o efeito aconteça ou até reportar ao profissional.

Tendo tudo isso em mente, vamos falar mais sobre para que serve e descobrir se o Buscopan dá sono ou não, além de conhecer os possíveis efeitos colaterais do medicamento.

Para que serve Buscopan?

Antes de sabermos se Buscopan dá sono, é importante conhecer o que é e qual a indicação do medicamento.

Pois bem, Buscopan é indicado para o tratamento dos sintomas de cólicas gastrointestinais (no estômago e nos intestinos), de cólicas e movimentos anormais das vias biliares e de cólicas dos órgãos sexuais e urinárias.

O medicamento é de uso oral e pode ser encontrado em embalagens contendo 20 drágeas de 10 mg. A sua utilização pode ser feita por adultos e crianças acima dos seis anos de idade. As informações são da bula do remédio.

Então, será que Buscopan dá sono?

Conforme as informações contidas na bula do medicamento, não podemos afirmar que Buscopan dá sono porque o documento não informa que o remédio pode trazer efeitos colaterais capazes de provocar, pelo menos diretamente, a sonolência.

Entretanto, estamos tratando neste artigo do Buscopan (butilbrometo de escopolamina) e não do Buscopan composto (butilbrometo de escopolamina + dipirona).

Isso porque a bula do Buscopan composto informa que um dos raros sintomas da superdosagem dessa versão do medicamento pode ser a sonolência.

De qualquer forma, caso você perceba que está sonolento ao utilizar o Buscopan na medida certa, especialmente se não tiver nenhum motivo aparente para o aumento do sono, procure o seu médico para saber o que pode ter provocado o sintoma em você.

Efeitos colaterais de Buscopan

De acordo com a bula, o medicamento pode provocar os seguintes efeitos colaterais:

  • Reações na pele;
  • Urticária – presença de placas elevadas na pele, geralmente acompanhadas de coceira;
  • Prurido – coceiras;
  • Taquicardia;
  • Boca seca;
  • Disidrose – alteração na produção de suor;
  • Retenção urinária;
  • Hipersensibilidade;
  • Vermelhidão na pele;
  • Eritema – manchas vermelhas com elevação da pele;
  • Reações anafiláticas – reação alérgica grave;
  • Choque anafilático – choque alérgico grave;
  • Dispneia – falta de ar.

Ao experimentar qualquer uma dessas reações adversas mencionadas acima ou ainda algum outro tipo de efeito colateral, busque rapidamente o auxílio médico, mesmo que os sintomas não pareçam graves, para ter certeza da seriedade do problema e saber como deve proceder a partir de então.

Contraindicações e cuidados com Buscopan

O remédio não pode ser utilizado pelos seguintes grupos de pessoas:

  • Com miastenia gravis – fraqueza muscular grave;
  • Megacólon – dilatação do intestino grosso;
  • Crianças com diarreia aguda ou persistente;
  • Idosos particularmente sensíveis aos efeitos secundários dos antimuscarínicos como secura na boca e retenção urinária;
  • Intolerância à frutose;
  • Hipersensibilidade (alergia) a qualquer um dos componentes da fórmula de Buscopan.

Mulheres grávidas ou que estejam no período do aleitamento devem evitar usar o remédio e utilizá-lo somente sob ordem médica. Pessoas com tendência ao glaucoma (aumento da pressão dentro do olho), a obstruções intestinais ou urinárias ou à aceleração do ritmo do coração devem usar Buscopan com cautela.

Os diabéticos também devem tomar cuidado com a utilização de Buscopan porque o medicamento possui açúcar em sua composição.

Nos casos em que a dor abdominal forte e de causa desconhecida persistir ou piorar ou estiver associada a sintomas como febre, náusea, vômito, alterações no movimento e no ritmo intestinais, aumento da sensibilidade abdominal, queda da pressão arterial, desmaio ou presença de sangue nas fezes, o médico deverá ser procurado imediatamente. Ou seja, se os sintomas persistirem mesmo com o uso do remédio, você deve consultar um médico.

Caso esteja fazendo uso de qualquer outro medicamento, suplemento ou planta medicinal, consulte o seu médico para saber se Buscopan não pode interagir com a substância em questão. Além disso, converse com o seu médico e leia atentamente a bula do remédio para saber se ele é realmente apropriado para você e ter certeza de que ele não poderá lhe fazer mal.

Posologia de Buscopan

Consulte um médico para saber qual a dosagem de Buscopan, o modo de uso e a duração do tratamento com o remédio que são adequados para o seu caso em particular. Até porque o medicamento não deve ser administrado de forma contínua ou durante períodos prolongados sem que haja a investigação da causa da dor abdominal em questão, informa a bula.

Ainda segundo a bula do remédio, a não ser que haja uma indicação diferente por parte do médico, recomenda-se a dosagem de uma a duas drágeas de Buscopan de três a cinco vezes por dia para adultos e crianças acima dos seis anos de idade.

O documento também ressalta que as drágeas do remédio devem ser ingeridas oralmente com um pouco de líquido e que não devem ser mastigadas ou partidas.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já tinha ouvido falar que o medicamento Buscopan dá sono, ou já sentiu esse efeito colateral quando o tomou? Utiliza-o com frequência? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (8 votos, média: 4,38 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário