Existe Remédio Para Ganhar Massa Muscular?

Especialista:
atualizado em 24/07/2020

Sabemos que muitas pessoas se dedicam para se destacar em competições atléticas e desejam obter um corpo perfeito, mas há inúmeros casos de amadorismo em que pessoas perdem seu mérito e qualidade de vida através do uso indevido de substâncias que são prejudiciais a si próprios.

Entenderemos melhor quais são as consequências e danos físicos irreversíveis que o uso de um remédio para ganhar massa muscular pode oferecer, os famosos esteroides e anabolizantes.

O que é um esteroide anabolizante?

Muitas pessoas prejudicam suas vidas por desejarem conquistar reconhecimento e beleza a qualquer custo, é exatamente nesse quesito que podemos destacar o uso de esteroides anabolizantes.

Seus fabricantes os apresentam como se fossem medicamentos poderosos. Normalmente eles são consumidos de forma abusiva por pessoas que buscam impulsionar o seu desempenho atlético. Os esteroides anabólicos não são os mesmos que medicamentos esteroides, como a prednisona ou hidrocortisona, que são legitimamente utilizados para tratar asma e inflamações.

O anabolizante pode de fato ajudar na construção do tecido muscular e aumentar a massa corporal, pois age de forma semelhante a um hormônio masculino natural do corpo.

Dentre esses medicamentos, podemos destacar os seguintes: danazol, fluoximesterona, metandienona, metenolona, metiltestosterona, nandrolona, noretandrolona, oxandrolona, oximetolona, stanozolol e testosterona (cipionato, enantato, propionato).

O uso desses tipos de remédio para ganhar massa muscular

A ampla gama de remédios para massa muscular consiste em derivados químicos da testosterona. Se corretamente utilizados, esses medicamentos podem ajudar no tratamento de doenças do sangue, doenças do tecido conjuntivo, alguns cânceres, artrite intratável e também disfunções sexuais, mas vale destacar que esses benefícios não são garantidos, e que as consequências podem ser irreversíveis. Eles devem ser prescritos e consumidos com acompanhamento médico.

O número de atletas que abusam desses medicamentos é desconhecido, principalmente porque inúmeras associações atléticas proíbem esse uso, porém, alguns se mantêm dispostos a esconder esse consumo. Muitos dos profissionais são eliminados de competições devido à comprovação da presença dessas substâncias em testes realizados.

Atletas e o ganho de músculos

Acreditando que os esteroides anabolizantes podem melhorar a competitividade e desempenho, os atletas desinformados ou mal orientados, por vezes incentivados pelos treinadores ou fontes inseguras, abusam dessas drogas para aumentar a massa muscular magra, promover a agressividade, e aumentar o peso corporal.

Alguns atletas frequentemente consomem dois ou mais esteroides anabolizantes juntos, misturando tipos orais e/ou injetáveis, por vezes adicionando outras drogas, como estimulantes, analgésicos, ou hormônios de crescimento. Esses ciclos também podem ser chamados de “empilhamento”.

O atleta acredita que utilizar diferentes drogas irá produzir uma maior força ou volume muscular do que usando apenas uma delas. O que eles não sabem, ou preferem ignorar, é o dano ao corpo que o abuso dessas drogas pode causar. Podemos concluir que não há um remédio para ganhar massa muscular, já que a maioria deles consiste na combinação de medicamentos que são utilizados para diversas finalidades.

Suplementos como substitutos

Eles também já foram divulgados com promessas incoerentes e até falsas, mas atualmente conquistaram uma popularidade não só com os atletas profissionais, como também entre os iniciantes que desejam conquistar um corpo saudável com uma forma mais segura de ganhar massa muscular.

Atualmente é possível contar com os mais populares Whey Protein e também a Creatina, que são fontes ricas de proteínas, mas devemos destacar que assim como qualquer outro produto, é necessário evitar o excesso, reduzindo a probabilidade de ocorrência de efeitos colaterais.

A troca do medicamento para ganhar massa muscular por suplementos para essa finalidade, pode reduzir a possibilidade de danos irreversíveis, principalmente se você optar por pequenas doses e suplementos nutricionais naturais.

Os perigos do abuso desses remédios

Quando usados de forma inadequada, os esteroides anabolizantes podem causar sérios problemas de saúde, como pressão arterial alta e doenças cardíacas, danos e câncer de fígado e acidente vascular cerebral e coágulos sanguíneos.

Outros efeitos colaterais mais comuns dos esteroides são náuseas e vômitos, aumento do risco de ligamentos e tendões lesões, dores de cabeça, dores nas articulações, cãibras musculares, diarreia, problemas de sono e acne grave.

Também há relatos de mudança de humor, comportamento agressivo e até violento, além de casos de depressão e episódios psicóticos.

Os profissionais de saúde referiram os seguintes problemas em mulheres:

  • Aumento do risco de câncer cervical e endometrial;
  • Aumento do risco de osteoporose;
  • Infertilidade temporária ou esterilidade (reversível);
  • Alterações de desejo sexual;
  • Defeitos congênitos em futuros filhos;
  • Alterações na distribuição da gordura;
  • O crescimento de pêlos faciais e corporais;
  • Engrossamento da voz;
  • Encolhimento das mamas e do útero;
  • Aumento do orgão genital feminino;
  • A irregularidade menstrual.

Já as alterações do sistema reprodutor masculino, estas geralmente podem ser reversíveis, se os esteroides anabólicos não forem utilizados de forma abusiva e por um longo período de tempo. É importante ressaltar também que o uso prolongado de um remédio para ganhar massa muscular pode resultar em dependência química.

Risco de HIV/AIDS

Às vezes, os atletas que usam esteroides anabolizantes compartilham as agulhas, seringas ou outros equipamentos que eles usam para injetar essas drogas. Pelo compartilhamento de agulhas, seringas ou outros equipamentos, uma pessoa pode oferecer um risco elevado de transmissão de HIV.

Lesão hepática

A gravidade de possíveis lesões hepáticas devido ao uso de um remédio para ganhar massa muscular pode variar de graus baixos até elevações transitórias de enzimas e tumores hepáticos benignos e malignos.

Meios saudáveis para você ganhar massa muscular

Através da descrição de inúmeros casos, podemos reconhecer que não há um remédio para ganhar massa muscular, apenas remédios que podem auxiliar seu organismo a reagir de diversas formas, com diferentes graus de gravidade, o que não garante nenhuma segurança para seus consumidores, não garantindo inclusive o ganho de massa muscular.

Devemos sempre priorizar os meios naturais para aumentar a força e melhorar a aparência, por isso, é fundamental que você reflita e faça as escolhas certas para garantir um bom desempenho no esporte e também na saúde.

Veja abaixo algumas dicas que podem ser eficientes para sua construção muscular, sem que você consuma esses remédios:

  • Treine com segurança, sem o uso de drogas;
  • Adote e mantenha uma dieta saudável para ganho de massa;
  • Descanse bastante;
  • Estabeleça metas realistas e tenha orgulho de si mesmo quando você alcançá-los;
  • Procure supervisão, informação, acompanhamento e aconselhamento de um profissional de confiança;
  • Evite lesões e treine de forma segura, sempre utilizando equipamentos de proteção;
  • Converse com seu médico sobre a nutrição, saúde, prevenção de lesões e formas seguras de ganhar força.

Múltiplos nomes

Você pode se deparar com algum remédio para ganhar massa muscular, mas não conseguirá identificá-lo imediatamente através do nome, por isso, conheça alguns dos múltiplos nomes que os fornecedores podem utilizar na distribuição dessas substâncias.

  • Danazol – Generic, Danocrine;
  • Fluoximesterona – Androxy;
  • Metandienona – Dianabol;
  • Metenolona – Primobolan;
  • Metiltestosterona – Androide;
  • Nandrolona – Deca-Durabolin;
  • Noretandrolona – Nilevar, Norlutin;
  • Oxandrolona – Oxandrin;
  • Oximetolona – Anadrol;
  • Stanozol – Winstrol;
  • Testosterona – Depo-Testosterona.

Para aqueles que lidam com a curiosidade sobre a composição química desses remédios, abaixo é possivel conhecer suas estruturas químicas e seus respectivos números de registro.

Fórmula química dos esteroides e anabolizantes

DrogaNúmero de registroFórmula molecularEstrutura química
Danazol17230-88-5C22-H27-N-O2 Danazol_Structure
Fluoximesterona76-43-7C20-H29-F-O3 Fluoxymesterone_Structure
Metandienona72-63-9C20-H28-O2 Methandienone_Structure
Metenolona303-42-4C27-H42-O3 Methenolone_Structure
Metiltestosterona58-18-4C20-H30-O2 Methyltestosterone_Structure
Nandrolona360-70-3C28-H44-O3 Nandrolone_Structure
Noretandrolona52-78-8C20-H30-O2 Norethandrolone_Structure
Oxandrolona53-39-4C19-H30-O3 Oxandrolone_Structure
Oximetolona434-07-1C21-H32-O3 Oxymetholone_Structure
Stanozol10418-03-8C21-H32-N2-O Stanozolol_Structure
Testosterona58-20-8C27-H40-O3 Testosterone_Structure
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (38 votos, média: 3,84 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário