Feijão Dá Gases?

Especialista:
atualizado em 27/12/2019

Você já parou para perceber se o feijão dá gases? Será que ele pode mesmo influenciar o nível de flatulência que soltamos após o seu consumo ou isso é um mito?

Nutritivo, o feijão serve como fonte de proteínas, carboidratos, fibras, magnésio, ferro, potássio, zinco, cobre, manganês, fósforo e vitamina B9 (folato) para o nosso organismo. Vale a pena conferir todos os benefícios do feijão em detalhes.

Além da sua clássica parceria com o arroz, podemos consumir o alimento por meio de receitas como sopa de feijão, caldos, bolinhos e do clássico tutu de feijão.

Será que o feijão dá gases mesmo?

Principalmente para quem já sofre com o excesso de flatulência, vale a pena saber se o feijão dá gases ou não para decidir se evita o consumo em excesso. Isso porque pode ser um tanto quanto desagradável precisar lidar com eles depois de um almoço em família ou um jantar de negócios rodeado de pessoas, não é mesmo?

Aproveite e confira também uma lista de alimentos que provocam gases para evitar esse problema.

Bem, os feijões são ricos em oligossacarídeos, um tipo de amido resistente que não pode ser decomposto nos intestinos humanos e fica sem ser digerido até atingir o cólon.

No final das contas, eles acabam sendo decompostos pela fermentação bacteriana, que é o que produz os gases. Outros alimentos como cebola, alho, alho-poró, aspargo, alcachofra, brócolis, couve-de-bruxelas e repolho também carregam os tais oligossacarídeos.

A mestra em ciência alimentar e nutrição humana, Melodie Anne Coffman, explicou que o organismo produz os gases metano e dióxido de carbono enquanto o alimento é decomposto no intestino grosso.

“As bactérias no seu intestino não podem decompor essas fibras rígidas (como os oligossacarídeos) e produzem gás enquanto tentam desconstruí-los. Esse gás tem que escapar de alguma forma e geralmente sai junto com as suas fezes, embora parte dele saia em outros períodos ao longo do dia”, afirmou a mestra em ciência alimentar e nutrição humana.

De acordo com o que encontramos, o feijão dá gases realmente, já que apresenta muita rafinose em sua composição. Segundo trabalho da Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR) da Universidade Estadual Paulista (Unesp), a rafinose é um tipo de oligossacarídeo.

A rafinose é um carboidrato complexo que o corpo tem dificuldade para digerir. Segundo estudos, ela passa pelo intestino delgado até o intestino grosso, produzindo os gases hidrogênio, dióxido de carbono e metano, que são expelidos do corpo através do reto.

A culpa não é só do feijão

O PhD e professor associado clínico de nutrição da Universidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos, Charles Mueller, explicou que os gases que soltamos não são produzidos somente pelos alimentos que consumimos, mas pelo ar que engolimos, que acaba passando de trato gastrointestinal.

Ainda que seja constrangedora, a flatulência é uma função normal do corpo, completou o PhD, que alertou ainda que devemos nos preocupar mais quando não estivermos soltando gases do que quando a flatulência aparecer.

Mueller orientou também a procurar o auxílio médico quando ocorrerem mudanças nos hábitos intestinais que não se resolvem sozinhas como o aparecimento muitos gases, cólicas, inchaço, prisão de ventre, diarreia ou nenhuma flatulência.

Dicas para tentar diminuir os gases ao comer o feijão

Mesmo sabendo que o feijão dá gases realmente, não precisamos excluí-lo da dieta. Até porque o alimento é nutritivo e beneficia a saúde do nosso organismo. Por isso, vale a pena conhecer algumas dicas para evitar ficar com tanta flatulência ao consumir um prato com feijão.

Uma sugestão da mestra em ciência alimentar e nutrição humana, Melodie Anne Coffman, é mastigar bem o alimento.

Se você comer rapidamente, vai ter maior probabilidade de engolir ar e ficar com ainda mais gás no intestino.

Outra recomendação é evitar consumir o feijão acompanhado de outros alimentos conhecidos por favorecer a produção de gases.

Além dos que já foram mencionados anteriormente, a mestra em ciência alimentar e nutrição humana informou que as lentilhas, o aipo e o chucrute também são cheios de oligossacarídeos que estimulam o surgimento dos gases.

Se a receita com feijão também incluir qualquer um desses ingredientes, eles podem aumentar ainda mais a quantidade de gás que será experimentada após a refeição.

Vídeo:

Gostou das dicas?

Você já tinha percebido que feijão dá gases quando você o consome? Com que frequência come feijão em sua dieta? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário