Bife de fígado

Fígado de Boi Faz Mal à Saúde?

Há diversas comidas que muita gente vira a cara e acha estranha, enquanto outros amam e até aceitam pagar um pouquinho a mais para saborear. Por exemplo, muita gente ama comida japonesa, enquanto outros sequer se imaginam comendo peixe cru.

O mesmo pode acontecer com o bife de fígado de boi – enquanto uns comem numa boa, há quem faça cara feia só de ouvir falar do alimento.

Mas ultrapassando essa questão de gosto, será que comer comer fígado de boi faz mal à saúde? Muita gente fica preocupada por conta do fato do órgão ter a função de filtrar substâncias prejudiciais ao organismo.

E então, o fígado de boi faz mal à saúde?

Pode-se dizer que o fígado de boi faz mal à saúde para quem sofre com níveis altos de colesterol, tendo em vista que o fígado é rico em colesterol.

Uma das responsabilidades do fígado dos animais é a de produzir colesterol. Por conta disso, a recomendação é evitar o consumo do bife de fígado em excesso, principalmente para pessoas com colesterol elevado, problemas cardíacos ou excesso de peso.

Além disso, para quem se encontra em uma dieta focada na diminuição dos níveis de colesterol, a Associação Americana do Coração recomenda comer carnes de órgãos apenas ocasionalmente.

Gestação 

Também é possível afirmar que o fígado de boi faz mal à saúde de mulheres grávidas.

A justificativa apresentada é que o fígado possui altas quantidades de vitamina A, um nutriente que se for consumido em excesso pode provocar malformações no feto, principalmente durante o primeiro trimestre da gestação.

A recomendação é que as gestantes evitem o consumo de fígado e outros órgãos dos animais, ingerindo pequenas quantidades somente nos casos em que aquele típico desejo de grávida bater.

Vale lembrar aqui a importância de que as futuras mamães consultem e questionem o médico a respeito de como a sua alimentação deve ser durante todo o período da gestação e do aleitamento.

Agravamento dos sintomas da gota 

O fígado é rico em proteínas que possuem as purinas, substâncias responsáveis pela elevação do ácido úrico no organismo e, por conta disso, o alimento colabora com o agravamento dos sintomas da gota.

A gota é uma condição que é provocada justamente pelo acúmulo de cristais de ácido úrico nas articulações.

Caso você já tenha sido diagnosticado com a doença, converse com o seu médico a respeito de como deve funcionar a sua alimentação.

Toxinas e metais pesados 

Outra preocupação de quem defende que o fígado de boi faz mal é em relação à presença de toxinas no fígado do animal. Graças ao fato do fígado ser o local de onde são filtradas e retiradas as toxinas do organismo, o órgão acaba armazenando uma boa parcela dessas substâncias.

Os fígados de animais ainda podem trazer as toxinas oriundas de produtos da alimentação ou criação de animais como grãos processados, antibióticos, vacinas, pesticidas para o capim, água contaminada e hormônios. O órgão acumula metais pesados como mercúrio, chumbo, arsênio e cádmio, que podem contaminar e prejudicar o organismo.

Essas substâncias causam danos ao funcionamento dos pulmões e das articulações. Além do fígado, esses metais pesados podem estar presentes no músculo, no coração e nos rins de vacas, cavalos e frangos, principalmente nos casos de animais que crescem em locais que ficam próximos a fábricas de metais ou de produtos químicos.

Recomendações quanto ao consumo do fígado de animais 

Recomenda-se escolher fígado de bezerro no lugar do fígado de boi, porque é provável que existam menos toxinas nos fígados de animais mais jovens. Também alertamos para a importância de escolher fígados de animais criados organicamente, que têm menores chances de contar com a presença de pesticidas, hormônios ou resíduos de antibióticos.

Para quem não gosta do bife de fígado, aqui vai uma boa notícia: não existem motivos convincentes no que se refere à saúde para incluir o alimento na dieta se a pessoa não gostar dele.

Já para as pessoas que gostam do bife de fígado, a orientação é a de consumir o alimento no máximo uma vez por semana e fazer uma alimentação equilibrada, que seja rica em frutas e vegetais, itens que fornecem antioxidantes e auxiliam a desintoxicação do organismo. De preferência, o fígado deve ser comprado de produtores orgânicos.

Você já imaginava que consumir fígado de boi faz mal sob determinadas circunstâncias? Tem costume de comer este alimento na dieta? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (6 votos, média: 4,17 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite


ARTIGOS RELACIONADOS

6 comentários

  1. Comendo fígado pode sair cose irá na pele

  2. Eu estava com dor de estômago e a piora ocorreu após comer fígado. Fui ao PS , tomei soro com Buscopan, ranitidina e Plasil. O medico passou tratamento com omeprazol e domperidona. Eu estava tomando omeprazol mas não tinha comprado o Domperidona. Não estava sentindo dores. Tinha até comido figado: um pequeno pedaço bem passadinho. Mas dois dias depois, após jantar dois pedaços fiquei mal. Tive que forçar o vômito pra aliviar e agora estou tomando remédios corretamente. Acho que o fígado é indigesto. Se tiver úlcera, gastrite, precisa muito cuidado!

  3. Leudimar De Sousa Félix

    Fis hemoroctomia posso comer fígado de boi

  4. Como figado de boy diariamente nunca me fez mal muito pelo contrário… gosto muito de um fígado acebo lado tem semana que como quase todos os dias só dou uma parada pra não enjoar acho muito bom….

  5. camo figado de boi e tambem me sinto muito mal peso na estomago e enjoo e ate falta de ar !!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*