Fisiculturista Ben Pakulski – Dieta, Treino, Medidas, Fotos e Vídeos

Especialista:
atualizado em 11/07/2018

Benjamin Pakulski, ou Ben Pakulski como é mais conhecido, é um fisiculturista canadense de 31 anos que já participou de campeonatos como o IFBB (International Federation of Bodybuilding and Fitness ou Federação Internacional de Musculação e Fitness, em português, tradução livre) Arnold Classic, tendo conquistado a segunda colocação na edição de 2013 dessa competição.

O fisiculturista também já ficou com a medalha de prata em outros campeonatos de fisiculturismo como o IFBB Flex Pro de 2012 e o Campeonato Norte-Americano da IFBB do ano de 2007.

Hoje vamos conhecer mais um pouco sobre o fisiculturista, apresentando suas medidas, técnicas de treino e modelos de dieta.

Medidas

Em períodos de competição, Ben Pakulski aparece com o peso de 115 kg; já fora da época dos eventos esportivos do fisiculturismo, na chamada off season, esse número passa para 136 kg.

O fisiculturista tem 1m77 de altura, 53 cm de braço, 81 cm de pernas e 85 cm de cintura.

Confira abaixo fotos do fisiculturista em uma das últimas competições que ele disputou a IFBB Arnold Classic de 2014, em que ele ficou na sétima posição:

Ben

Ben

Também conhecido no meio do fisiculturismo pelo apelido de Pak-Man, Pakulski utiliza certas técnicas de treino para melhorar os resultados obtidos durante a realização de seus exercícios físicos.

Para o atleta, não é o peso levantado ou a intensidade dos treinamentos que ajudam na construção nos músculos. Na verdade, eles agem mais como ferramentas úteis para que esse objetivo seja alcançado. De acordo com Ben Pakulski, a tensão muscular é que exerce um papel mais importante neste sentido.

Ele explica que o tempo em que determinada parte do corpo é submetida à tensão é crucial para a criação dos músculos e que o atleta deve estender os seus exercícios até onde puder e ir aumentando os pesos levantados nas próximas sessões.

Outra técnica de treino praticada e sugerida pelo fisiculturista é dobrar os exercícios realizados diretamente em uma área parte do corpo.

Assim, na sua primeira sessão de treinamentos do dia, ele utiliza pesos maiores e tem períodos de descansos mais longos, que duram de dois a três minutos aproximadamente.

Para a segunda sessão de treinamentos, ele retorna à academia somente 4 a 5 horas depois, tendo realizado duas refeições e tirado uma soneca para descansar. Nesse treino, ele volta a trabalhar a mesma parte do corpo envolvida nos exercícios anteriores, porém com o objetivo de causar exaustão dos músculos, utilizando pesos mais leves e fazendo períodos de descanso bem menores, somente de 40 a 60 segundos entre um exercício e outro.

Um conselho do atleta para fortalecer áreas musculares mais fracas é realizar esse treinamento duplo diário um dia sim e outro não durante um período de cinco dias, totalizando seis sessões de exercícios para uma parte do corpo. Depois, a recomendação é descansar três dias longe da academia para incentivar o crescimento e recuperação dos músculos.

Ben Pakulski também acredita que um dos problemas relacionados ao não crescimento muscular de determinada parte do corpo é a repetição dos mesmos exercícios físicos durante um longo período de tempo. É por isso que ele não se preocupa com os treinos excessivos e afirma que quem quer melhorar o ganho e crescimento da massa muscular não pode continuar repetindo as mesmas sessões de treinamento sempre.

O objetivo dessa técnica do fisiculturista é forçar o corpo de tal maneira que ele se adapte aos novos exercícios praticados e finalmente venha a apresentar crescimento.

Você pode curtir um treino de braço do fisiculturista no vídeo abaixo:

Dieta antes, durante e depois dos treinamentos

Assim como os exercícios e sessões de treinamentos, a dieta também exerce um papel importante na preparação de um fisiculturista. Em uma publicação no Youtube, Ben Pakulski explica a quantidade de carboidratos que devem ser ingeridas antes durante e depois de uma sessão de treinamentos.

Antes de começar a treinar, o atleta afirma não consumir alimentos que possuam carboidratos, por se sentir mais focado sem eles durante a realização dos exercícios.

Já durante o treinamento, a decisão de consumir ou não carboidratos depende do tempo gasto na prática desses exercícios. Ele diz que só ingere se o treino for durar em torno de uma hora e meia, para otimizar o esforço realizado.

O mesmo vale para depois dos treinamentos. Pakulski diz que pode consumir em torno de 200 g de carboidratos em sessões mais longas. Porém, se a duração for se 30 a 40 minutos a quantidade deve ser menor.

O fisiculturista também alerta que a indicação da quantidade carboidratos a ser ingerida depende do objetivo e da situação de cada atleta. Por exemplo, se for uma pessoa que possua 15% ou mais de teor gordura no corpo, o consumo de carboidratos não é necessário.

Entretanto, se essa quantidade for de 8% para baixo, os carboidratos podem ser úteis e o organismo dessa pessoa estará menos propenso a converter esses carboidratos em gordura.

Confira abaixo o vídeo em que o fisiculturista dá essas recomendações ao seu público:

Você encontra outros vídeos de Ben Pakulski em seu canal oficial no Youtube.

Desmistificando o fisiculturismo

Em um artigo entitulado “Dumbest things ever Said by Bodybuilders” (As coisas mais estúpidas que os culturistas dizem, tradução livre), Ben Pakulski destrói alguns conceitos de sua área e explica por que eles não podem ser levados tão a sério assim.

Um desses mitos é que se alimentar exaustivamente de frango, claras de ovo e arroz contribuirá para a definição de músculos. O atleta aconselha os aspirantes a fisiculturistas a não fazerem isso, tendo em vista que o corpo também precisa de micronutrientes e vitaminas.

Ben Pakulski também chama a atenção para a questão da gordura, alertando que na proporção certa elas contribuem em processos importantes para o organismo.

Outro ponto abordado pelo atleta é que o crescimento muscular não está ligado ao excesso de peso levantado durante uma sessão de treinamentos. Para ele, o ganho de músculos está mais ligado à utilização de tamanhos de pesos adequados visando a maximização da tensão muscular.

Na opinião de Kapulski treinar nunca é demais, mesmo que sejam sessões de uma ou duas horas cinco vezes por semana.

Além disso, ele também aproveitou para reforçar o fato de que não é preciso fazer uma dieta para perder gordura antes de começar os treinamentos com pesos para definir o corpo. Para o fisiculturista, esse tipo de exercício é a melhor maneira de perder gordura e que é possível obter apenas 10% de gordura no corpo com dieta e musculação.

Por fim, vale destacar aqui que ele garante que não há comprovações de que a creatina, substância encontrada em alguns suplementos para atletas, seja causadora de câimbras e lesões musculares.

Fotos

Ben Pakulski triceps

Ben Pakulski

Pakulski

Você já conhecia o trabalho do fisiculturista Ben Pakulski? Quais outros personagens desse ramo você conhece e se inspira? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 4,67 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário