Casal abraçado

Como Aumentar a Testosterona Naturalmente – 14 Formas

O nível de testosterona no corpo é um fator extremamente importante para o equilíbrio hormonal masculino. A testosterona regula muitas funções corporais, trabalhando em favor do crescimento muscular e contra o acúmulo de gordura. Além disso, a testosterona ainda se relaciona a quase todas as funções sexuais, de modo que um nível baixo de testosterona provoca diminuição da libido e até mesmo impotência sexual.

A verdade é, porém, que o nível de testosterona é em parte determinado pela genética. Para deixar as coisas ainda mais complicadas, há uma diminuição natural na produção de testosterona ao longo do envelhecimento. Para lidar com essas duas determinações e evitar os baixos níveis de testosterona, muita gente usa suplementos que muitas vezes só provocam efeitos adversos.

A melhor opção é regular o funcionamento do corpo, procurando como aumentar a testosterona naturalmente. Para isso, listamos 14 formas.

1. Peso Adequado

Existe uma relação importante entre o peso e os níveis de testosterona no corpo de um homem. A testosterona tende a ser menos produzida pelas pessoas com grandes acúmulos de gordura corporal, de forma que para essas pessoas o primeiro passo para obter níveis maiores de testosterona é se livrar da gordura.

Menos significativamente, pessoas que estão abaixo do peso também têm os níveis de testosterona diminuídos. Atingir o peso ideal é benéfico para todas as pessoas, e garante um maior equilíbrio corporal em todos os sentidos.

2. Dormir Bem e Bastante

Grande parte dos homens que sofrem com baixos níveis de testosterona não dormem adequadamente. Uma parte significativa e fundamental de como aumentar a testoterona naturalmente é ter noites de sono tranquilas e suficientemente longas. Apesar do tempo de sono necessário variar de pessoa para pessoa, procurar atingir a marca de 8 horas diárias é uma boa meta.

3. Comportamento Ativo

O sedentarismo em geral trabalha contra a produção de testosterona. O corpo humano possui um eficiente sistema que direciona os nutrientes para as suas necessidades mais urgentes. Se uma pessoa passa o dia todo sentada, o corpo provavelmente direcionará menos nutrientes para a produção da testosterona – afinal, essa pessoa não está precisando dos músculos cujos desenvolvimentos a testosterona estimularia.

Dessa forma, adotar um comportamento ativo ao longo do dia pode fazer toda a diferença. Uma caminhada pela manhã ou até mesmo pequenas pausas no trabalho de escritório para se movimentar um pouco podem contribuir muito para os níveis de testosterona.

4. Controle do Estresse

Outra causa majoritária de níveis baixos de testosterona é o estresse, que atinge cada vez mais pessoas de modo intenso. Isso acontece porque, sob estresse, o corpo produz grandes quantidade do hormônio cortisol, o que dificulta a produção de testosterona.

Nem sempre é possível cortar todas as fontes de estresse, mas qualquer esforço nesse sentido vale a pena. É importante evitar o excesso de trabalho, bem como reservar algumas horas para atividades relaxantes e prazerosas.

5. Alimentação

A alimentação é, naturalmente, um ponto importantíssimo para garantir a produção adequada de todos os hormônios, entre eles a testosterona. Ter uma dieta saudável é, em geral, uma forma de como aumentar a testosterona naturalmente, mas existem ainda dicas específicas para intensificar sua produção.

Em primeiro lugar, recomenda-se reduzir o consumo de açúcar. Grandes níveis de açúcar no sangue são associados a baixos níveis de testosterona. Além disso, se perder peso é uma forma de aumentar o nível de testosterona, cortar ou reduzir dramaticamente a ingestão de açúcar é uma excelente atitude. Outra coisa a ser reduzida é a soja. A soja tem um forte papel em aumentar os níveis de estrogênio, o que leva a diminuição dos níveis de testosterona.

É benéfico procurar adicionar gorduras boas na sua dieta diária. As gorduras em geral são necessárias para a produção de testosterona, e por isso faz sentido tentar adicionar gorduras boas na dieta. Recomenda-se por isso o consumo de nozes e castanhas, bem como de azeite de oliva e abacate.

O zinco também tem se provado muito influente no aumento dos níveis de testosterona. Seu efeito é simples: ele diminui a intensidade do processo que transforma a testosterona em estrogênio, de modo que garante níveis mais altos de testosterona. O zinco pode ser encontrado na carne bovina e em diversos peixes.

Por fim, o consumo adequado de vitamina D tem sido relacionado em estudos recentes a aumentos nos níveis de testosterona. Os papeis dessa vitamina no corpo humano são muitos, de modo que o aumento na testosterona, se não for direto, certamente será provocado indiretamente através da melhora de outras funções corporais.

6. Sol

A exposição ao sol é fundamental para garantir um dos benefícios presentes na dieta balanceada: a absorção de vitamina D. Trinta minutos de exposição ao sol por dia já é o suficiente para garantir níveis adequados de vitamina D, que será também uma boa forma de como aumentar a testosterona naturalmente.

7. Exercícios

Se romper com o sedentarismo completo já fornece um estímulo à produção de testosterona, melhor ainda é aderir a uma rotina de exercícios regulares. O uso regular e intenso dos músculos em treinos de força fornece ao corpo os sinais necessários para intensificar a produção de testosterona.

Há, porém, uma forma de se exercitar que é especialmente boa para estimular a produção de testosterona: o treino curto e intenso. A ideia é submeter os músculos a grandes esforços, para que eles rapidamente fiquem fatigados.

Além disso, é importante exercitar um grande número de músculos. Ou seja, não é recomendável focar em exercícios específicos para um músculo, mas nos que exigem o trabalho de grandes grupos de músculos. Como as pernas compreendem o maior grupo de músculos que existe no corpo humano, exercícios que concentram-se nessa área (como o agachamento) são especialmente recomendáveis para aumentar a testosterona.

Por fim, é preciso lembrar de um princípio básico: evitar o excesso de exercício. Treinar além dos limites não prejudica só os músculos, mas o nível de testosterona também.

8. Evitar Beber em Excesso

Beber em moderação, sobretudo vinho, pode até ajudar na produção de testosterona. Entretanto, raramente o hábito de beber possui essa forma moderada. Beber em excesso prejudica muitas funções corporais, e os níveis de testosterona não são uma exceção.

Na verdade, beber em excesso reduz dramaticamente os níveis de testosterona, uma vez que o álcool intensifica o processo de conversão da testosterona em estrogênio. Nesse ponto, obter um nível maior de testosterona é apenas um dos efeitos: deixar de beber demasiadamente provoca efeitos benéficos em todos os sentidos.

9. Evitar fumar

O cigarro é outro inimigo da testosterona. Nesse caso não há segredos, uma vez que a carga química dos cigarros normalmente consumidos é de conhecimento amplo. As substâncias químicas mais diversas que acompanham os cigarros provocam um desregulamento completo no sistema hormonal, o que certamente prejudica a produção de testosterona.

O tabagismo é um vício muito difícil de ser abandonado, mas não há espaço para conciliação aqui. Níveis adequados de testosterona dificilmente só serão alcançados com o abandono do hábito de fumar, ou ao menos com sua redução dramática.

10. Reduzir o Café

O café provoca um ligeiro aumento nos níveis de cortisol, que dificulta a produção da testosterona. Não é um efeito intenso, de modo que uma xícara de café pela manhã certamente não fará diferença. Entretanto, quem consome café constantemente ao longo do dia precisa ser avisado: deixar de beber tanto café pode ser um forma de como aumentar a testosterona naturalmente.

11. Atividade sexual

A atividade sexual frequente é um excelente meio de aumentar os níveis de testosterona. Diversos estudos mostram como os níveis de testosterona são maiores nos dias em que os homens têm relações sexuais. Outros vão mais longe e mostram que até mesmo uma ereção é capaz de melhorar os níveis diários de testosterona.

12. Saúde Psicológica

Doenças como a depressão podem prejudicar severamente os níveis de testosterona no corpo. Trata-se de algo que pode, porém, trazer danos que vão muito além disso. Recomenda-se sempre procurar ajuda profissional, uma vez que qualquer melhora obtida trará também melhores níveis de testosterona.

13. Cuidado com os Remédios

Muitos remédios estão associados a baixos níveis de testosterona. Entre eles estão os opioides (tipos fortes de analgésicos) e os esteróides anabolizantes. Deixar de tomar esse tipo de medicamento certamente aumentará os níveis de testosterona. Em todo caso, não é recomendável abandonar um medicamento receitado por um médico. Ao invés disso, deve-se procurar o médico e falar sobre possíveis alterações no medicamento utilizado ou em sua dosagem.

14. Suplementos?

Muitas pessoas usam suplementos que prometem milagres nos níveis de testosterona. A verdade é, porém, que eles farão pouquíssimo efeito e ainda trarão o risco de prejudicar ainda mais a capacidade corporal de produção autônoma da testosterona. Muitos defendem que o ZMA, tomado nas proporções certas, pode fazer a diferença, mas isso ainda é polêmico.

Dessa forma, para obter níveis adequados e sustentáveis do hormônio masculino o melhor caminho é aderir a hábitos saudáveis. Se há como aumentar a testosterona naturalmente, não há motivo para arriscar-se a interferir artificialmente no sistema hormonal.

Você sente que precisa aumentar os níveis de testosterona em seu organismo? Por quê? O que você acredita que precisa mudar em sua vida? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (36 votos, média: 4,03 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

15 comentários

  1. Elizangela Aparecida jesus Pereira

    Eu quero perde pelo menos 30 quilo por quer eu peso 120 metro 153

  2. ótimas dicas viu!!

    Vale lembrar as taxas médias de testosterona:

    Taxa Média de Testosterona no Homem : 300 a 1.000 ng / dL

    Taxa Média de Testosterona na Mulher: 25 a 90 ng / dL

    e eu acrescentaria na lista o seguinte:

    – comer ômega 3
    (uma das melhores fontes de gordura pra aumentar os níveis de testosterona são os óleos de
    peixe, ou ômega 3)

    – Consumir frutas cítricas
    (limão, laranja, lima e demais frutas cítricas são saudáveis e são ricas em vitamina C, que diminui o cortisol, hormônio do estresse e com isso aumenta a testosterona)

    – Comer Româ
    Româ pode aumentar em até 24% dos níveis de testosterona em pessoas saudáveis

    – beber água
    evita a desidratação (que pode atrapalhar a produção de testosterona no corpo)

  3. Vou seguir as orientações, que foram impotantes para minha saúde.

  4. Paulo Cesar Cavalcanti Von Ancken

    Estou tendo problemas de libido, a cocaína me ajuda mas atrapalha em outras atividades.

    • kkkkkk Realmente amigo… com a cocaína daqui a pouco você está dando a rosquinha. Até pq drogado nem é gente!

      • Não julgue, um dia você pode acabar tendo alguém bem próximo com problemas relacionados a drogas. A vida é perfeita em castigar seres perfeitinhos feito você. Meu tio falava pra caralho de viado, acabou tendo um filho mais gay que o Pastor Marco Feliciano, fica esperto..kkk

      • dizer que drogado nem é gente esta tranquilho…mas responde ai aonde vc compra seus remedios??
        drogarias…seja cocaina,crack,aspirina infantil…são drogas…
        sejam illicitas ou não…nunk deixarao de ser drogas…
        alcool
        anti-depressivos
        anti-coagulantes
        anti-termicos
        anti-enflamatorios
        antibioticos…todos são drogas
        meu pai faz uso continuo de aspirina infantil por causa de um AVCI…te garanto que vc tomando sua cerveja é mais drogado que ele…

  5. Eu gostei muito das dicas acima. Eu, apesar de ter uma vida sexual constante e moderada, minha namorada é do tipo de insaciável. Em vista disso, eu canso um pouco antes dela, e muitas vezes ela não se satisfaz. Como estou acima do peso, o nível de testosterona é inversamente proporcional ao excesso de gordura, vou tomar estas medidas para mim, assim poder ter o necessário para satisfazê-la mais na cama e o principal, está bem comigo mesmo e minha saúde.

  6. E tomar suplementos natural como: Provacyl e Somatodrol. Tem algum problema?

  7. Meu nivel de testosterona deu -20 fiquei assustada, tenho 36 anos era totalmente sedentária há 9 meses atras e sou muito estressada e nervosa, tenho tido muito fraqueza, meus músculos superiores principalmente doem muito parece q não tenho força pra sustentar minha propria cabeça, minha alimentação é até saudável, faço corrida leve 3x por semana e alongamentos diários, o q mais posso fazer? Sinto muita fadiga e acaba me tirando o foco do exercício, dores musculares, dores de cabeça constantes, cabelo caindo, ansiedade generalizada, algo natural q eu possa fazer? Me ajudem

  8. Excelente artigo. Minha testosterona é geneticamente baixa e por isso tento mantê-la nos níveis mais altos possíveis, desde que de forma natural. Só tenho uma dúvida: suplementos de vitaminas, omega-3 etc, aumentam ou diminuem a T? Essa dúvida eu tenho pelo fato deles serem industrializados.

  9. Gostei muito do artigo. Eu treinava musculação e praticavas atividades físicas como: corridas ou caminhava. Desde do dia que parei de fazer as atividades, fiquei sedentário, como muito cansaço, com pouca resistência física e baixa atração sexual (dificuldade de ereção). Pois, sempre fui muito ativo nas relação sexual, e bem ativo na ereção. Gosto muito de fazer sexo longo e com qualidade, mas após com mudança de uma vida rotineira: faculdade, trabalho e etc… fiquei muito estressado e fadigado com tudo…Quero voltar a vida saudável de antes, e vou voltar! Agradeço pela humildade de passar informações de incentivo de melhorar a vida das pessoas.

  10. Quem já leu o livro, Saúde Essencial? O autor relata de como aumentar a sua testosterona de forma natural. Onde encontrar detalhes desse tratamento, precisa saber, pois tenho problemas com o crescimento da próstata.

  11. tenho 56 anos ao 53 estava com a veia D A obstruida 90% nao enfartei pois sempre pratiquei exercicios , entao coloquei o stent … depois disso abaixou muito o nivel t estava 270 tomei medicamento receitado pelo medico mais minha pressao arteria subiu muito e tive retençao de liquido
    aumentei 17 kilos . agora sinto muia indisposiçao para tudo fazia nataçao academia mais parei…
    sinto pouca ereçao e quando vou ter relao paro na metade .

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*