Hidroquinona Clareia Virilha?

Especialista:
atualizado em 23/06/2020

Veja se é verdade que a hidroquinona clareia virilha, para que serve essa substância, efeitos colaterais e outros cuidados da aplicação.

O aparecimento de manchas mais escuras pelo corpo pode incomodar muita gente, mesmo quando elas surgem em locais mais íntimos como a virilha. Isso porque tais manchas atrapalham a aparência uniforme da pele e podem chamar a atenção quando for preciso usar uma roupa de banho durante as férias, por exemplo.

Mas será que a hidroquinona realmente pode ser uma solução para esse problema ou não é verdade que a hidroquinona clareia virilha?

Assim como acontece com outros tipos de manchas na pele, o aparecimento de pontos mais escuros na região da virilha pode incomodar muitas pessoas. Entretanto, antes de utilizar um produto para tentar tratar o problema, é necessário saber se ele é realmente eficiente e seguro.

Sobre a hidroquinona

A hidroquinona é um agente tópico de clareamento da pele que pode ser utilizado no tratamento de condições de saúde que provocam a hiperpigmentação da pele como melasma, sardas, lentigo (manchas lisas marrons ou pretas, associadas ao envelhecimento), manchas da idade e cicatrizes de acne.

A substância produz um clareamento reversível, ou seja, que não é permanente. Seu mecanismo de ação envolve a interferência na produção da melanina por parte de células da pele chamadas de melanócitos.

A melanina é um pigmento natural da pele, cujo tipo e quantidade determina a color dos cabelos, dos olhos e da pele.

E então, será que a hidroquinona clareia a virilha?

Bem, se a hidroquinona pode ser encontrada na composição de medicamentos para tratar problemas de hiperpigmentação, ou seja, que envolvem manchas ou pontos escuros na pele, então ela pode ser utilizada para clarear essas manchas ou pontos que surgirem na virilha, certo?

Certo, entretanto, o uso da substância exige cuidados e precisa ser discutido com um médico dermatologista, para que não se tenha um efeito contrário ao do desejado.

A hidroquinona pode ser um agente de clareamento irritante para áreas mais sensíveis da pele, o que é o caso das dobras como as virilhas e as axilas.

Especialistas costumam usar medicamentos menos irritantes para regiões do tipo porque, se realmente ocorrer uma irritação no local, existe a possibilidade de ser desenvolvida uma hiperpigmentação pós-inflamatória, manchando ainda mais a pele. Por isso, converse com o seu dermatologista.

Por ser uma área de dobra da pele, ao passar a hidroquinona nas virilhas, a pessoa pode sentir uma sensação bastante forte de queimação da região, como se estivesse em carne viva, e o surgimento de qualquer irritação em uma pele predisposta ao desenvolvimento de manchas, favorece a piora do quadro.

Mais efeitos colaterais da hidroquinona

Além disso, vale a pena saber que a bula de hidroquinona em creme da EMS, disponibilizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informa que o medicamento pode provocar os seguintes efeitos colaterais:

  • Vermelhidão;
  • Coceira;
  • Descamação;
  • Inflamação excessiva;
  • Vesículas (bolhas);
  • Sensação leve de queimação;
  • Manchas marrons reversíveis nas unhas;
  • Hiperpigmentação de coloração marrom ou preto-azulada no local onde o produto foi aplicado, principalmente em pessoas de pele pouco sensível, que raramente apresentam vermelhidão após exposição solar, quando o uso de produtos com a Hidroquinona é prolongado.

Se mesmo com os riscos você resolver testar se a hidroquinona clareia virilha, e acabar experimentando qualquer um dos efeitos colaterais descritos acima ou outros, procure o auxílio médico mesmo que não imagine se tratar de um problema tão grave assim.

Quem tem pele negra precisa tomar ainda mais cuidado

Isso porque, na pele de coloração negra, a aplicação da hidroquinona pode resultar no desenvolvimento de uma condição conhecida pelo nome de hipocromia salpicada, que são pequenas bolinhas brancas que surgem na região onde a substância foi passada.

As peles negras possuem mais melanócitos – células da pele responsáveis pela produção da melanina – e como a hidroquinona age justamente em cima desses melanócitos para fazer com que eles produzam uma porção mais baixa de melanina, para quem tem pele negra o resultado pode ser o aparecimento dessas pequenas bolinhas brancas.

Contraindicações e outros cuidados com a hidroquinona

Quando queremos saber se a hidroquinona clareia a virilha e discutimos os riscos de sua aplicação na região, também precisamos conhecer quais são as contraindicações da substância.

Pois bem, a hidroquinona não deve ser utilizada:

  • Por pessoas com hipersensibilidade à hidroquinona ou qualquer componente da fórmula do remédio;
  • Em grandes áreas do corpo;
  • Por menores de 12 anos de idade;
  • Nos olhos – caso ocorra o contato acidental, a orientação é lavar os olhos com água abundante e comunicar imediatamente o médico;
  • Para o clareamento de cílios e supercílios;
  • Na pele irritada;
  • Na presença de queimaduras solares;
  • Como protetor solar.

No caso das mulheres grávidas e das mulheres que amamentam, é especialmente importante que o uso de remédio ocorra somente quando o médico autorizar e conforme as orientações do profissional porque a segurança do medicamento para essas pacientes ainda não foi estabelecida.

Vale enfatizar que a aplicação da hidroquinona nessas mulheres devem acontecer somente quando for claramente necessário e mediante o monitoramento rigoroso do médico.

Para verificar se não tem uma alergia ao remédio, a recomendação é passá-lo de início em uma pequena região íntegra da pele, na área que tem manchas ou em uma parte próxima a ela, por 24 horas para ver o que acontece.

Enquanto o aparecimento de vermelhidão não caracteriza necessariamente uma contraindicação, o surgimento de prurido (coceira), inflamação excessiva ou formação de bolhas exige a suspensão do tratamento. Converse com o seu médico a respeito disso antes do início do tratamento.

Depois do clareamento da pele com o medicamento, é preciso evitar expor as regiões tratadas ao sol para evitar o reaparecimento dos pigmentos. Isso pode ser feito por meio da aplicação de protetores ou bloqueadores solares ou do uso de roupas que protejam as áreas em questão.

Antes de iniciar o tratamento com o remédio também é necessário informar ao médico a respeito de todos os medicamentos, suplementos e plantas (tópicos ou não) que já use para que o profissional verifique se não faz mal utilizar a substância em questão ao mesmo tempo em que a hidroquinona.

Portanto, para quem deseja clarear a virilha

O melhor e mais seguro a se fazer é marcar uma consulta com o dermatologista para que ele analise as suas manchas ou pontos mais escuros na região, identifique a causa do problema e indique um tratamento eficiente e seguro para o seu caso em particular.

Essa recomendação também deve ser seguida por quem já ouviu falar que a Minancora clareia a pele e ficou curioso e tentado a experimentar a receitinha caseira.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já ouviu falar que hidroquinona clareia virilha? Chegou a pensar em fazer esse procedimento? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário