Lentilha

Lentilha Dá Gases?

Você provavelmente já deve ter ouvido falar que as leguminosas são saudáveis, não é mesmo? Pois saiba que com a lentilha isso não é diferente, já que o alimento fornece diversos nutrientes importantes para o nosso organismo funcionar corretamente.

Essa lista inclui: carboidratos, proteínas, fibras, ferro, manganês potássio, fósforo, magnésio, zinco, cobre, selênio, vitamina B1, vitamina B2, vitamina B3, vitamina B5, vitamina B6 e vitamina B9.

Mas será verdade que a lentilha dá gases?

Bem, o WebMD classificou as lentilhas dentro do grupo de alimentos que são associados com frequência aos gases intestinais. O alimento também já apareceu na lista de alimentos que provocam gases de diversos nutricionistas.

Segundo a mestra em nutrição humana Adda Bjarnadottir, as lentilhas são compostas pelos oligossacarídeos, dissacarídeos, monossacarídeos e polióis fermentáveis (FODMAPs, sigla em inglês).

Esses FODMAPs são carboidratos de cadeia curta que escapam da digestão e são fermentados pela bactéria intestinal, gerando gás como um subproduto deste processo, explicou a mestra em nutrição humana.

“Para pessoas saudáveis, os FODMAPs simplesmente fornecem combustível para a bactéria digestiva benéfica e não devem causar quaisquer problemas. Entretanto, para os indivíduos com síndrome do intestino irritável, outro tipo de gás é formado durante o processo de fermentação. Isso pode causar maior desconforto, com sintomas como inchaço, flatulência, cólica e diarreia”, completou Bjarnadottir.

No mesmo sentido, o Livestrong afirmou que a lentilha dá gases – ao menos para algumas pessoas – por conta da presença de uma substância conhecida como rafinose em sua composição.

De acordo com a publicação, o organismo tem dificuldade para decompor a rafinose e conforme os intestinos se alimentam do composto, ocorre a liberação de dióxido de carbono e hidrogênio, gerando assim os gases.

Segundo Adda Bjarnadottir, deixar as lentilhas de molho antes de consumi-las pode fazer com que elas sejam mais suaves para o sistema digestivo.

O problema com o consumo excessivo de lentilhas

A ideia de que comer lentilha dá gases pode ficar mais evidente quando elas são consumidas exageradamente.

Uma porção de 100 g de lentilhas contém quase 5 g de fibras, segundo a Universidade de Purdue, nos Estados Unidos.

“Porções múltiplas de lentilhas podem causar flatulência, já que a fibra não é digerida no intestino delgado e tem que ser decomposta em gás no intestino grosso. Além disso, as lentilhas contêm elementos antinutricionais que o corpo não pode digerir. Quando muitos desses elementos são consumidos, o resultado é o excesso de flatulência”, afirmou Allen.

Os antinutrientes das leguminosas como as lentilhas

Os antinutrientes (substâncias que são encontradas na composição de leguminosas como as lentilhas) podem interferir na absorção e digestão de outros nutrientes, impactando assim o seu valor nutricional, alertou o mestre em nutrição e dietética Joe Leech.

“Várias estratégias podem ser usadas para neutralizar esses antinutrientes. Através dos tempos, métodos tradicionais como imersão, germinação e ebulição foram usados com bons resultados. No final das contas, legumes apropriadamente preparados são muito saudáveis quando consumidos como parte de uma dieta balanceada, baseada em alimentos de verdade”, destacou Leech.

A culpa não é só da alimentação

Além de entender se a lentilha dá gases mesmo, é importante conhecer quais outros fatores – não somente a nossa alimentação – podem interferir na produção de gases no organismo.

Em matéria para o Huffington Post, o PhD e professor clínico associado de nutrição da Universidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos, Charles Mueller explicou que os gases que soltamos não são produzidos somente pelos alimentos que consumimos, mas também pelo ar que engolimos, que acaba passando pelo trato gastrointestinal.

No mesmo sentido, o gastroenterologista, professor clínico associado de medicina da Universidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos, e PhD David Poppers esclareceu que os gases são uma combinação entre dois fatores: o ar que engolimos, ao comermos muito rapidamente, e o alimento que consumimos.

A nutricionista Abby Langer explicou ainda que doenças gastrointestinais sérias também podem ser a principal causa dos gases. Eles ainda podem estar relacionados ao uso de alguns medicamentos e a problemas na flora intestinal, completou a especialista.

“Para aqueles que não têm um problema de fundo (para provocar os gases, como as doenças gastrointestinais), a quantidade de gases que nós temos está diretamente relacionada com a quantia de alimento e/ou ar não digerido no nosso cólon. Se nós estamos comendo coisas que o nosso corpo não está decompondo, nós vamos ter gases”, completou Langer.

Ainda que seja constrangedora, a flatulência é uma função normal do corpo, completou o PhD Charles Mueller. Ele alertou ainda que devemos nos preocupar mais quando não estivermos soltando gases do que quando eles aparecerem.

Mueller orientou também a procurar o auxílio médico quando ocorrerem mudanças nos hábitos intestinais que não se resolvem sozinhas como cólicas, inchaço, prisão de ventre, diarreia, não ter flatulência alguma ou o aparecimento de muitos gases.

Você já tinha ouvido falar que lentilha dá gases? Tem costume de comer bastante desse alimento e percebe o aumento das flatulências? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)


ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*