Maracujá Abaixa a Pressão? É Bom para Pressão Alta Mesmo?

Especialista:
atualizado em 08/04/2020

Veja se é verdade que o maracujá abaixa a pressão ou se essa afirmação não tem fundamentos e esse não é um dos benefícios da fruta.

Com suas fibras, cálcio, fósforo, vitamina B1, vitamina B2 e vitamina C, não dá para negar que o maracujá é uma fruta muito útil para a saúde do organismo humano. Mas será que dentro de todos os benefícios do maracujá para a saúde encontra-se a regulação da pressão arterial? Você já ouviu falar que o maracujá é bom para pressão alta?

Se você entender que o maracujá pode ser uma boa pedida para o seu caso, aprenda como preparar receitas de suco de maracujá com limão.

Sobre a pressão alta

A pressão arterial é determinada tanto pela quantidade de sangue que o coração bombeia quanto pela resistência ao fluxo sanguíneo nas artérias. Quanto mais sangue o coração bombear e quanto mais estreitas forem as artérias, maior será o nível de pressão arterial.

Com isso, um quadro de hipertensão ou pressão alta é desenvolvido quando a força do sangue contra as paredes arteriais é elevada o suficiente para provocar problemas de saúde.

Esta é uma doença silenciosa que não costuma provocar sintomas – ainda que possam surgir sinais como dores de cabeça, dificuldade em respirar e hemorragia nasal, eles não são específicos da condição e geralmente não aparecem até que ela tenha atingido um nível perigoso.

A pressão alta exige a nossa atenção porque um quadro descontrolado de hipertensão pode causar uma série de complicações graves como: ataque cardíaco, acidente vascular cerebral (AVC), aneurisma, insuficiência do coração, síndrome metabólica, dificuldade de memória ou compreensão e demência.

Outras complicações de uma pressão alta não tratada incluem o enfraquecimento e estreitamento de vasos sanguíneos nos rins, o que evita que o órgão funcione apropriadamente, e o espessamento, estreitamento ou rompimento de vasos sanguíneos nos olhos, o que pode resultar na perda de visão.

As informações são da Mayo Clinic, organização da área de serviços médicos e pesquisas médico-hospitalares dos Estados Unidos.

Com todos esses perigos em vista, fica fácil compreender por que quando vamos a uma consulta médica, a nossa pressão arterial é sempre conferida e porque ao receber o diagnóstico de um quadro de hipertensão é fundamental seguir direitinho o tratamento que for prescrito pelo médico. 

E então, será que o maracujá abaixa a pressão?

Além dos nutrientes mencionados anteriormente, o maracujá também contém potássio em sua composição.

De acordo com especialistas, uma alimentação rica em potássio auxilia a compensar parte dos efeitos prejudiciais do sódio em relação à pressão arterial. No entanto, isso não deve servir de justificativa para abusar dos alimentos ricos em sódio porque o excesso do mineral faz muito mal para a saúde.

A presença de níveis normalizados de potássio no organismo é importante para a função muscular, o que inclui o relaxamento dos vasos sanguíneos, algo que diminui a pressão arterial e protege contra as cãibras musculares, explicou a Harvard Health Publishing (Publicação de Saúde de Harvard, tradução livre).

Segundo documento do Programa de Ciências Nutricionais da Universidade de Washington nos Estados Unidos, o maracujá é classificado como uma fruta que apresenta concentrações elevadas de potássio em sua composição, com 343 mg do nutriente em uma porção correspondente à meia xícara.

O maracujá também é um alimento que serve como fonte do mineral cálcio, que de acordo com a Harvard Health Publishing, é importante para a saúde da pressão arterial porque auxilia os vasos sanguíneos a endurecer ou relaxar quando é necessário.

No entanto, vale ressaltar que, ainda que sirva como fonte desses dois minerais importantes para a saúde da pressão arterial, o maracujá não vai ser sozinho o responsável por todo o fornecimento dos nutrientes na dieta.

Será necessário complementar a alimentação com outras fontes de potássio e outras fontes de cálcio, sempre conforme as instruções médicas sobre a dieta para a pressão alta.

A atividade sedativa do maracujá e a pressão arterial

De acordo com informações da Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), a atividade sedativa atribuída ao maracujá pode resultar em uma diminuição da pressão arterial.

Tanto que é por este motivo que a fruta pode ser contraindicada para as pessoas que sofrem com a pressão baixa, acrescentou a organização.

Uma das indicações de uso do maracujá para pressão arterial é preparar uma espécie de chá + suco de maracujá (suchá), que é feito à base da fruta e das folhas secas e trituradas do maracujá.

Primeiramente, as folhas secas de maracujá são colocadas em uma xícara de água fervente, que é tampada para deixar que a mistura descanse ao longo de 10 minutos. Depois, o chá obtido é coado e levado ao liquidificador ao lado da polpa de maracujá para ser batido.

Entretanto, isso não é suficiente para afirmar que o maracujá abaixa a pressão ao ponto de ser a solução para um problema de hipertensão. Quem foi diagnosticado com a doença necessita obrigatoriamente seguir todas as instruções em relação ao tratamento da pressão arterial elevada que foram repassadas pelo médico.

Trocar um tratamento prescrito pelo médico exclusivamente pela utilização de produtos naturais para tratar a hipertensão pode ser algo extremamente perigoso, em virtude de todas as complicações graves que a condição pode trazer.

Por outro lado, incluir o maracujá, o suco de maracujá ou o suchá de maracujá na dieta para a hipertensão pode ter as suas vantagens, quando o uso da fruta acontece dentro dos parâmetros de alimentação estabelecidos pelo médico e/ou nutricionista responsáveis por acompanhar o caso.

Se você descobriu que sofre com a pressão arterial elevada, converse com o médico e/ou nutricionista para saber passo a passo como deve funcionar a alimentação que beneficia o tratamento da condição e aprender especificamente como pode ser o seu consumo de maracujá.

Tenha em mente que este artigo serve unicamente para informar e jamais pode substituir as orientações profissionais e qualificadas de profissionais de saúde como o médico e o nutricionista.

Referências Adicionais:

Você já tinha ouvido falar que maracujá abaixa a pressão? Possui a condição e pretende consumir mais a fruta? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário