Especialista da Área:

O Que Não Pode Comer Menstruada?

Veja o que não pode comer menstruada para poder prevenir ou aliviar todos os sintomas da menstruação.

Não há uma regra em relação a como todas as mulheres se sentem quando estão menstruadas.

  Continua Depois da Publicidade  

Enquanto algumas mulheres passam por esta fase com quase nenhum sintoma, outras lutam para sair da cama devido a dores, cólica menstrual forte, dores de cabeça, sensibilidade no bico da mama e sensação de náusea.

Você já deve ter escutado sobre o que comer ou tomar, como por exemplo vários chás que te ajudam a aliviar esses sintomas, porém, ao contrário, existe também o que não pode comer menstruada para ajudar a evitar os seus efeitos negativos.

Acredite, os alimentos que você está comendo podem ajudar a potencializar as cólicas menstruais, inchaço e a piorar o seu humor.

Para te ajudar a lidar melhor com os aspectos mais irritantes e dolorosos da menstruação e da tensão pré-menstrual (TPM), veja agora o que não pode comer menstruada.

Açúcar

O açúcar está entre aqueles alimentos do que não pode comer menstruada, porque ele pode aumentar uma série de sintomas, incluindo cistite.

A cistite é uma inflamação da bexiga e, na maioria dos casos, a causa da cistite é uma infecção do trato urinário (ITU). Uma ITU acontece quando as bactérias entram na bexiga ou na uretra e começam a se multiplicar.

Hoje em dia, infelizmente, o açúcar está prontamente escondido em uma vasta gama de alimentos e bebidas.

A nutricionista Isabel Smith explica que os alimentos açucarados e processados podem alterar os níveis de estrogênio e testosterona, diminuindo os níveis de serotonina.

“Associe isso ao fato de que o açúcar faz com que os níveis de açúcar no sangue aumentem e diminuem e você terá a receita perfeita para algumas mudanças de humor loucas. Além disso, muito açúcar também faz você se sentir mais cansado”, continuou a especialista.

Entre todos os alimentos açucarados que não são recomendados, o chocolate amargo não conta, pois ele é um dos melhores alimentos para saborear sem culpa e ajuda a diminuir o estresse e a inflamação, além de melhorar a memória e o humor.

  Continua Depois da Publicidade  

Laticínios

A menos que você tenha o cuidado de incluir apenas laticínios orgânicos, também é possível que os laticínios possam ter alguma influência sobre seus hormônios.

Pesquisas sugerem que produtos lácteos podem piorar a acne hormonal, porém, ainda não se sabe exatamente como esses alimentos influenciam os hormônios, já que também pode haver algumas vias inflamatórias subjacentes mais complicadas.

“Você deve ter ouvido falar que o cálcio ajuda nas cãibras, mas esse não é o caso quando se trata de laticínios”, alertou a nutricionista Isabel Smith.

“Os laticínios naturalmente contêm ácidos araquidônicos, que estimulam as prostaglandinas (substâncias semelhantes ao hormônio) que podem intensificar as cólicas menstruais”.

Os laticínios são responsáveis ​​por tudo: inchaço, cólicas e dor. Alimentos como leite, queijo e sorvete contêm ácido araquidônico, um ácido graxo ômega-6 que pode aumentar a inflamação e causar cólicas.

Portanto, se os remédios tendem a ser seu aliado durante a menstruação abandone o iogurte e o leite e carregue o seu organismo com outras fontes de nutrientes, como edamame, verduras, castanhas e sementes de chia, sugeriu a nutricionista.

No entanto, se você estiver preocupada em perder alguns dos benefícios que os laticínios podem oferecer, como por exemplo, fornecer uma boa dose de cálcio, lembre-se de que também existem várias fontes de cálcio à base de plantas.

Alimentos salgados

O inchaço é um dos sintomas mais comuns da menstruação, e os alimentos mais salgados podem ser os culpados por agravar ainda mais esse sintoma.

“Nos dias que antecedem a menstruação, o seu corpo começa a armazenar sódio e líquidos e, quando você já está inchada, comer alimentos com muito sal resultará em uma retenção maior de líquidos”, alertou a nutricionista.

Se você está ansiosa por uma delícia salgada, e se for difícil de ignorar esse desejo, tome um copo de água a mais quando for comer este alimento, ou consuma outro alimento que seja um diurético natural (como aspargos, salsa, beterraba, alface e gengibre).

Procurar alternativas com baixo teor de sódio para algumas de suas guloseimas favoritas pode ser outra maneira eficaz de evitar o inchaço.

Alimentos ricos em carboidratos

A nutricionista Alissa Rumsey explica que “uma semana ou duas antes do seu período menstrual, os níveis hormonais mudam. Os níveis de estrogênio aumentam e os níveis de progesterona diminuem.”

  Continua Depois da Publicidade  

Ela continua: “Essas mudanças nos níveis hormonais podem fazer com que seu corpo retenha mais água do que o normal. Assim como o excesso de sal, consumir carboidratos em excesso pode piorar o inchaço”

Por isso, os alimentos ricos em carboidratos, principalmente simples, estão entre o que não pode comer menstruada, já que os grãos refinados perdem muito dos seus nutrientes e faz com que interfiram nos níveis de açúcar no sangue e no controle do apetite.

Ambos os fatores são preocupações frequentes durante a menstruação, por isso, opte por grãos integrais.

Carne vermelha

Se a menstruação muitas vezes acaba com a sua energia, você já deve ter ouvido falar que aumentar a ingestão de ferro pode ajudar.

Porém, antes de aumentar o consumo de carne vermelha (uma das fontes mais potentes de ferro), considere o seguinte: assim como os laticínios, os hambúrgueres, almôndegas e outras carnes processadas contêm ácidos araquidônicos.

Isso significa que você pode aumentar sua energia enquanto simultaneamente piora suas cólicas.

“Algo como um hambúrguer de grão de bico ou um filé de salmão selvagem fresco também fornecerá ferro juntamente com ácidos graxos ômega-3 anti-inflamatórios, tornando-os uma troca inteligente”, disse Isabel Smith.

Alguns vegetais de folhas verdes podem ser uma ótima opção para obter uma dose adicional de ferro que aumenta a energia.

A carne vermelha, assim como muitos dos óleos vegetais usados para fritar alimentos, também é rica em ácidos graxos ômega-6.

Acredita-se que esses ácidos graxos, incluindo o ácido araquidônico, que é mais facilmente encontrado na carne vermelha, contribuam para um aumento na produção de mediadores químicos chamados prostaglandinas, que podem ter um papel negativo na menstruação.

Alimentos processados

Normalmente, quando as pessoas pensam em alimentos processados, o mais comum é pensar em alimentos enlatados e refeições congeladas. Mas, na verdade, os supermercados estão cheios de alimentos processados ​​que podem se tornar cada vez mais difíceis de evitar.

Uma regra prática é que, se um produto tiver mais de 5 ingredientes em sua composição, é mais provável que seja altamente processado.

Até mesmo os laticínios, como mencionado acima, podem ser bastante processados, especialmente as variedades com “baixo teor de gordura”, por exemplo.

Os alimentos processados ​​e embalados costumam ter um alto teor de sal (para não mencionar todo o excesso de gordura, carboidratos refinados e aditivos químicos em muitos casos!).

E como visto anteriormente, o sal pode fazer você se sentir ainda mais inchada, lenta e desconfortável, sintomas típicos da menstruação.

Alimentos picantes

Você deve evitar alimentos apimentados durante o período menstrual, principalmente se os períodos forem intensos e você se sentir com muita fadiga, sangramento intenso e cólicas.

Os alimentos picantes ou extremamente condimentados podem levar a mais gases e inchaço.

No entanto, se você gosta de alimentos picantes, não precisa removê-los de sua dieta durante o período menstrual.

Especiarias orgânicas naturais, como o pimentão fresco, contêm substâncias que são anticâncer, anti-inflamatórias e anti-hipertensivas e, por isso, você irá se beneficiar com esses alimentos, desde que não façam mal para o seu estômago.

Especiarias como erva-doce, coentro, cardamomo e açafrão são conhecidas por ajudar na digestão e aliviar os sintomas comuns da TPM.

Bebidas com cafeína

Após você ver o que não pode comer menstruada, é importante ter em mente que algumas bebidas também podem agravar os sintomas da menstruação.

Com hormônios flutuantes, muitas vezes deixando seu estado mental um pouco fora de ordem, a última coisa que você quer fazer é introduzir um estimulante como a cafeína, que pode causar mudanças de humor ainda piores.

Além do café, existem chás, chocolate e bebidas com gás, como refrigerantes, incluindo bebidas energéticas que são ricas em cafeínas.

“Quando as mulheres perdem sangue durante o período menstrual, também perdem ferro, e é por isso que muitas ficam se sentindo mal e cansadas”, disse Smith.

“A cafeína faz com que os vasos sanguíneos se contraiam, e isso inclui aqueles que alimentam o útero. Quando isso acontece, pode causar cólicas mais intensas”, explicou a nutricionista.

Além de evitar coisas como café, chá e refrigerante, evite fontes ocultas de cafeína (como chocolate, lanches com sabor de café e chocolate, além de certas barras nutricionais, multivitaminas e bebidas com vitaminas) – especialmente se você estiver menstruada.

Bebidas alcoólicas

“Grandes quantidades de bebidas alcoólicas podem retardar o esvaziamento do estômago, o que pode contribuir para se sentir pesada e inchada, sintomas que você já pode experimentar durante o período menstrual”, alertou a nutricionista Rumsey.

“Além disso, a bebida alcoólica pode fazer com que você retenha líquidos e se sinta mais inchada. Isso é agravado pelo efeito diurético do álcool, pois um corpo desidratado retém mais água que um hidratado”, continuou a especialista.

É por isso que você deve evitar a ingestão de bebidas alcoólicas durante esse período ou consumir uma quantidade moderada de uma ou duas doses por noite e alternar cada bebida com um copo de água.

A perda de sangue que ocorre durante o período menstrual também pode causar pressão arterial baixa, o que, em geral, torna você mais vulnerável aos efeitos colaterais do consumo de álcool.

Durante o período menstrual, a mulher já costuma se sentir um pouco mais cansada e consumir bebidas alcoólicas durante este período só piorará a situação.

Beber bebidas alcoólicas também pode aumentar o fluxo do período e fazer com que você perca ainda mais sangue.

Agora que você já sabe o que não pode comer menstruada, evite esses alimentos durante este período do mês e para diminuir os sintomas da menstruação.

Fontes e Referências adicionais:

Você já sabia o que não pode comer menstruada? Pretende mudar sua dieta na próxima vez? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo muito solicitada para palestras, consultoria a empresas e atendimento personalizado para atletas, pessoas com condições especiais de saúde e pessoas que desejam melhorar a forma física de forma saudável. É a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España). É também membro da International Society of Sports Nutrition. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma. Dra. Patricia Leite é uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário