Opções de tratamento para tosse com catarro

Especialista da área:
atualizado em 02/12/2021

A tosse com catarro é clinicamente chamada de tosse produtiva e está relacionada com infecções das vias respiratórias. As causas são diversas: gripe, bronquite, pneumonia, sinusite e tuberculose. Por isso, há várias opções de tratamentos indicados para cada caso, que deve ser avaliado por um médico. 

  Continua Depois da Publicidade  

Para diferenciar um caso simples, de um que requer atendimento médico, atente-se à cor do catarro. Se ele for transparente ou de cor clara, você pode recorrer às opções de tratamento apresentadas aqui, mas se o catarro apresentar colorações amareladas, esverdeadas, ou for acompanhado de sangue e febre, procure atendimento médico. 

Veja quais medicamentos para tosse com catarro estão disponíveis nas farmácias e algumas opções caseiras. 

Medicamentos para tosse com catarro

Idoso tossindo

Cloridrato de Bromexina (Bisolvon®)

O cloridrato de bromexina reduz a viscosidade e facilita a eliminação do catarro. Existe na forma de xarope para adultos e para crianças, sendo contraindicado para menores de 2 anos e para pessoas com intolerância à frutose. 

O medicamento também está disponível na forma de solução (gotas), administrado por via oral ou por inalação. 

Cloridrato de Ambroxol (Mucosolvan®)

O cloridrato de ambroxol ajuda no tratamento da tosse com catarro, pois tem propriedade secretolítica e expectorante, ou seja, deixa o catarro mais líquido, facilitando a sua eliminação.

Estão disponíveis os xaropes adulto e infantil, sendo contraindicado para quem tem intolerância à frutose. O medicamento só pode ser administrado para crianças menores de 2 anos, quando o médico prescrever. 

  Continua Depois da Publicidade  

O Mucosolvan® também está disponível em gotas que podem ser administradas por via oral ou por inalação. Outra forma de apresentação do medicamento é em cápsulas 24 horas, que são recomendadas apenas para adultos, que devem tomar 1 cápsula ao dia.  

Acetilcisteína (Fluimucil®)

O Fluimucil® altera a consistência do catarro, tornando-o menos pegajoso e elástico, facilitando a sua eliminação, na forma mais líquida e fluida. Esse medicamento traz um benefício a mais para o fígado, pois promove a regeneração de uma substância importante, a glutationa, que é um antídoto contra danos provocados por medicamentos, como o paracetamol. 

O Fluimucil® é rapidamente absorvido e tem ação em 1 hora. O medicamento é contraindicado para gestantes e para crianças menores de 2 anos. 

É apresentado na forma de granulado, que deve ser dissolvido em meio copo de água, em temperatura ambiente, devendo ser ingerido imediatamente após a preparação. Outra opção são os xaropes para adultos e crianças. O Fluimucil® também é encontrado na forma de comprimido efervescente. 

Liberaflux®

O princípio ativo do xarope Liberaflux® é a Hedera helix, contida na forma de extrato seco de folhas de Hera. Ela tem um efeito broncodilatador, que faz com os músculos dos brônquios relaxem, facilitando a eliminação do catarro.

Também deixa o catarro mais fluido e aumenta a atividade de pequenas estruturas que recobrem as vias aéreas, chamadas cílios, que funcionam como “vassourinhas”, empurrando o catarro para fora do corpo. 

  Continua Depois da Publicidade  

Não é indicado para pessoas com intolerância à frutose, crianças menores de 2 anos, grávidas e lactantes. 

Melxi®

O xarope Melxi® contém extratos de frutos Ananas comosus, o abacaxi. Ele atua fluidificando o catarro presente na traqueia e nos brônquios, fazendo com que seja eliminado mais facilmente. 

O abacaxi contém uma enzima chamada bromelina e, portanto, o Melxi® não é indicado para alérgicos à bromelina. Também é contraindicado para quem tem diabetes, crianças menores de 1 ano e grávidas. 

Salbutamol e guaifenesina (Aeroflux®)

O Aeroflux® tem a ação combinada da substância broncodilatadora (salbutamol) e expectorante (guaifenesina), ajudando no tratamento da tosse com catarro. Tem um tempo de ação de 4 a 6 horas. 

Esse medicamento não deve ser usado por gestantes, sem que haja orientação médica para isso. 

Carbocisteína (Mucolitic®)

O Mucolitic® é indicado para casos que há muita produção de catarro, pois a carbocisteína ajuda a diminuir essa produção, além de deixá-lo menos espesso, facilitando a sua eliminação. 

  Continua Depois da Publicidade  

É contraindicado para pessoas com úlceras no estômago ou no duodeno, e para quem tem alergia aos componentes da fórmula. O Mucolitic® em gotas não é indicado para menores de 2 anos e a apresentação do medicamento em granulado é contraindicado para menores de 12 anos. Para as crianças, indica-se o xarope infantil. 

Tratamentos caseiros para tosse com catarro

Chá para tosse

Chá de malva com guaco

O guaco é popularmente conhecido como erva de cobra ou cipó de caatinga, e é facilmente encontrado em todo o país. Essa planta tem efeitos broncodilatador e expectorante, auxiliando na eliminação do catarro. A malva também tem excelentes propriedades anti-inflamatórias, que auxiliam no tratamento da tosse com catarro. 

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de folhas de malva
  • 1 colher de sopa de folhas de guaco
  • 1 xícara de água
  • 1 colher de chá de mel. 

Modo de preparo:

Em uma panela, coloque as folhas de malva, as folhas de guaco e a água. Leve ao fogo alto, para ferver. Quando levantar fervura, desligue o fogo e tampe a panela por 10 minutos. Coe e beba o chá 30 minutos antes de suas principais refeições. 

Chá de casca de cebola

Na casca da cebola, encontram-se muitos minerais e flavonoides, que tem potente ação antialérgica. A cebola é um legume bastante acessível e pode ajudar no tratamento da tosse com catarro, pois tem propriedades anti-inflamatórias

  Continua Depois da Publicidade  

Ingredientes: 

  • Cascas de 2 a 3 cebolas grandes. Escolha as cascas mais limpas, que não estejam mofadas ou machucadas
  • 1 litro de água.

Modo de preparo:

Lave bem as cascas, com cuidado para não quebrá-las. Ferva 1 litro de água, desligue o fogo e adicione as cascas de cebola. Deixe em infusão por 10 minutos, com a caneca tampada. Passado esse tempo, coe e beba a água ao longo do dia, podendo ser quente, fria ou gelada.

Esse chá não fica com gosto de cebola, por isso você pode usar a água no preparo de sucos ou como substituta da água comum.  

Chá de vassourinha-doce

A planta vassourinha-doce também é conhecida como coerana-branca ou vassourinha-cheirosa, e possui propriedades anti-inflamatórias e expectorantes, que são úteis no tratamento da tosse com catarro. O chá é contraindicado para mulheres grávidas e lactantes. 

Ingredientes: 

  • 10 gramas de vassourinha-doce
  • Meio litro de água

Modo de preparo:

Coloque a água e a vassourinha-doce em uma caneca e leve ao fogo alto, deixando ferver por 10 minutos. Então, desligue o fogo e espere até ficar morno, para coar e beber. 

Xarope de abacaxi

Já vimos que o abacaxi se destaca pelo seu poder expectorante e você pode aproveitá-lo em um xarope caseiro. 

Ingredientes:

  • 1 abacaxi grande, picado e sem casca
  • 1 xícara de mel
  • ¼ de xícara de água
  • 2 colheres de sopa de própolis.

Modo de preparo: 

Em uma panela, coloque o abacaxi e a água, e ferva em fogo médio durante 15 minutos. Desligue o fogo e adicione o mel e o própolis. Transfira essa amostra para um liquidificador ou mixer, e bata. Depois disso, coe e transfira para um recipiente. Você pode tomar esse xarope uma vez ao dia. 

Xarope de gengibre, limão e mel

Este xarope é uma combinação de propriedades anti-inflamatória, antibiótica, expectorante e antioxidante, da vitamina C.  

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de gengibre ralado
  • 2 colheres de sopa de mel
  • 1 colher de sopa de limão espremido
  • 1 copo de água.

Modo de preparo: 

Ferva a água em uma panela e adicione o gengibre ralado. Tampe a panela e deixe descansar por 15 minutos. Coe o líquido em um recipiente e adicione o mel e o suco de limão, misturando até ficar com uma consistência viscosa. Esse xarope pode ser consumido 3 vezes ao dia. 

Xarope de cebola e alho

Este é mais um xarope que ajuda a soltar o catarro preso nas vias respiratórias, devido às suas propriedades expectorantes, e ajuda na diminuição da inflamação nos pulmões. 

Ingredientes:

  • 3 cebolas médias raladas
  • 3 dentes de alho amassados
  • Suco de 3 limões
  • 1 pitada de sal
  • 2 colheres de mel.

Modo de preparo: 

Em uma panela, coloque as cebolas, o alho, o suco de limão e o sal, e leve ao fogo baixo. Depois, junte o mel, misture e coe. Pode tomar 3 colheres deste xarope, até 4 vezes ao dia. 

Fontes e referências adicionais

Você conhecia essas opções de tratamento para tosse com catarro? Já testou alguma? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média 4,50)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas, sabemos que a sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso, contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso, todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário