Catarro branco: 7 possíveis causas e o que fazer

Especialista da área:
atualizado em 07/04/2022

Você percebeu que a cor do catarro, antes transparente, ficou branca? A cor do catarro pode fornecer pistas sobre alterações que estejam ocorrendo em suas vias aéreas, mas não é a única característica que deve ser analisada. A consistência do catarro e os outros sintomas podem te ajudar a descobrir a causa do catarro branco. 

Veja quais são as possíveis causas do catarro branco e o que fazer.

  Continua Depois da Publicidade  

O que é o catarro?

Tosse com catarro
Quando estamos com algum problema respiratório, produzimos mais catarro

É importante ter em mente que o muco é uma substância naturalmente produzida pelo seu corpo e serve como uma barreira lubrificante e protetora contra microrganismos que podem causar doenças, como os vírus, as bactérias e os fungos. 

O muco que reveste as vias aéreas é popularmente chamado de catarro, e ele contém água, sal, células que compõem o revestimento interno do nariz e da garganta e, também, células e anticorpos do sistema imunológico, o nosso sistema de defesa.

O catarro do nariz apresenta essa consistência pegajosa, justamente para grudar os microrganismos que tentam entrar no nosso organismo. 

Quando estamos com resfriado, gripe ou alergia, produzimos mais catarro e tossimos ou espirramos com mais frequência. Isso acontece como uma reação natural do corpo para se livrar do excesso de catarro e dos microrganismos ou substâncias alérgicas que estejam irritando as nossas vias aéreas. 

Então, a produção de catarro, a tosse e o espirro são um aviso do nosso corpo de que nosso sistema imune está combatendo alguma infecção ou alergia. A cor do catarro pode fornecer pistas sobre o tipo de problema que está ocorrendo. 

  Continua Depois da Publicidade  

Possíveis causas do catarro branco

Para se ter certeza da causa do catarro branco, ou de qualquer outra cor, são necessárias análises em laboratório de uma amostra de escarro ou do catarro do nariz, pois somente a cor não é uma informação confiável para se estabelecer um diagnóstico. 

Mas, de modo geral, o catarro transparente ou branco é o menos preocupante. O conhecimento e a experiência médica acumulada ao longo do tempo têm mostrado que, geralmente, infecções bacterianas resultam em catarro amarelado ou esverdeado, e não branco ou transparente. 

Mas, novamente, a cor branca não exclui a possibilidade de você ter uma bactéria querendo infectar suas vias aéreas, é necessário observar a consistência e os outros sintomas. 

Desidratação

Uma das funções do catarro é lubrificar as nossas vias aéreas, então, se não bebemos água o suficiente, podemos ficar com o catarro branco e bem pegajoso, indicando que há pouca água em sua composição. 

O que fazer: aumente a sua ingestão diária de líquidos e use um umidificador de ar em seu ambiente de trabalho e na sua casa. Se você não tiver um umidificador de ar, coloque uma bacia com água no ambiente, pois ela irá evaporar e deixar o ar mais úmido. 

Infecções do trato respiratório superior

O trato respiratório superior é composto pelo nariz, seios nasais, faringe, laringe e parte superior da traqueia. Qualquer tipo de infecção que atinja essas estruturas pode resultar na produção de catarro branco. 

  Continua Depois da Publicidade  

As infecções virais, como a influenza e COVID-19, são exemplos de infecções que podem atingir o trato respiratório superior. 

Por isso, quando estamos com gripe ou resfriado, o nariz fica entupido, escorrendo, tossimos com mais frequência, pois o corpo está tentando eliminar o excesso de catarro produzido por causa da infecção. 

O que fazer: a maior parte dos casos de infecções virais no trato respiratório superior não são motivo de grande preocupação, pois nosso sistema imunológico está preparado para combater os vírus causadores da gripe e dos resfriados. 

Mas, para isso, é preciso ter um sistema imune competente e preparado, com as vacinas anuais de gripe e bons hábitos alimentares e de estilo de vida. 

Você também pode tomar medicamentos antigripais desenvolvidos para aliviar os sintomas de gripe e resfriados, reduzindo a dor no corpo, a inflamação e a congestão nasal. 

Asma
A inflamação dos brônquios na asma resulta em maior produção de catarro

Asma

A asma é uma doença crônica que afeta, principalmente, os brônquios, que são os canais por onde o ar passa para chegar aos pulmões. Como resultado dessa inflamação, as vias aéreas ficam inchadas e produzem mais catarro branco, dificultando a respiração. Durante uma crise de asma, a pessoa tosse e pode ficar com muita falta de ar. 

  Continua Depois da Publicidade  

Vários gatilhos podem iniciar uma crise de asma, como substâncias alérgicas, fumaça de cigarro, poluentes no ar e até estresse ou ansiedade.  

O que fazer: o tratamento da asma envolve o uso de medicamentos broncodilatadores, que abrem as vias aéreas, permitindo que a pessoa respire com mais facilidade. Geralmente, os broncodilatadores de ação rápida são administrados na forma de bombinhas, para inalação. 

É importante manter distância dos gatilhos que podem iniciar a sua crise de asma, então mantenha tapetes, carpetes e cortinas sempre limpos, e evite cômodos úmidos, onde possa haver crescimento de fungos nas paredes. Fique longe de locais reservados para fumantes ou que haja muita poluição.  

Bronquite aguda

A bronquite é uma inflamação da traquéia e dos brônquios, causada por uma infecção, geralmente viral. 

O sintoma mais comum da bronquite é a tosse com catarro transparente ou branco. Conforme o sistema imunológico envia mais células para combater a infecção, a cor do catarro pode ficar amarelada. 

Assim como na asma, as paredes dos brônquios ficam inflamadas e inchadas, produzindo mais catarro. Como consequência, a via de passagem do ar fica mais estreita, causando falta de ar e chiado no peito.

O que fazer: o tipo de tratamento da bronquite depende da causa. Se for viral, o médico pode prescrever alguns medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios apenas para reduzir os sintomas e os desconfortos. Em casos de inflamação mais grave, o médico pode receitar esteróides e nebulização ou inalação com broncodilatadores.   

Sinusite

A sinusite é uma inflamação que atinge os seios da face, que são as cavidades ao redor do nariz, dos olhos e na maçã do rosto. Nessas cavidades, há muitas glândulas produtoras de muco e, também, cílios que vibram e ajudam a eliminar o excesso de catarro dessa região através do nariz. 

Numa crise de sinusite, a pessoa sente bastante dor de cabeça, especialmente nos seios nasais, com uma sensação de peso ou pressão. O nariz fica bastante entupido com catarro branco ou amarelado. 

O que fazer: você deve aumentar a ingestão de líquidos, para ajudar o seu corpo a eliminar o excesso de catarro mais rapidamente. Você também pode fazer inalação com vapor de água quente, para descongestionar o nariz. 

Medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios de venda livre podem ajudar no alívio dos sintomas, mas é importante consultar o seu médico para que ele indique a melhor opção para o seu caso. 

Raio-X do pulmão
Doenças pulmonares obstrutivas crônicas também aumentam a produção de catarro

Doenças pulmonares obstrutivas crônicas

Doenças pulmonares obstrutivas crônicas é um termo usado para se referir a todas as doenças crônicas que causam um estreitamento das vias aéreas, como bronquite crônica e enfisema pulmonar

Essas doenças bloqueiam a passagem do ar, provocando sintomas graves de falta de ar, chiado no peito e tosse crônica. A falta de oxigenação pode provocar lesões irreversíveis nos pulmões. 

A produção de catarro é aumentada nessas doenças, devido à inflamação e podem apresentar a cor branca. 

O que fazer: essas doenças requerem tratamento com esteróides inalados ou orais, broncodilatadores e antibióticos, se envolverem infecção bacteriana. Muitos pacientes com essas doenças precisam de reabilitação pulmonar, para terem melhora de sua qualidade de vida. 

Refluxo laringo-faríngeo 

O retorno do conteúdo estomacal para a laringe e faringe pode provocar o excesso de muco ou catarro na garganta, de cor branca e consistência espumosa. Além disso, a pessoa pode ficar com a voz rouca, com tosse e sensação de pigarro na garganta

O que fazer: o tratamento desse tipo de refluxo é feito com medicamentos que diminuem a produção de suco gástrico e com mudanças na dieta, que incluem a diminuição do consumo de frituras, bebidas alcoólicas, bebidas com cafeína e chocolate. As refeições devem ser feitas em porções menores e a cada 3 ou 4 horas. 

Fontes e referências adicionais

Você costuma prestar atenção na cor do seu catarro? Qual ou quais das causas citadas já provocaram a produção excessiva de catarro branco nas suas vias aéreas? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

Deixe um comentário