Queijo Prato Engorda? Calorias e Análise

Especialista:
atualizado em 27/12/2019

Quando gostamos de um ingrediente ou alimento em particular, porém, começamos a seguir uma dieta com o objetivo de manter, controlar ou diminuir o peso, podemos ficar preocupados a respeito de como esse item pode influenciar o andamento do regime e se ele precisa ou não ser excluído ou reduzido das refeições.

Essa é uma dúvida que pode pairar pela cabeça de quem curte comer o queijo prato em sanduíches ou saladas, por exemplo. Será que o queijo prato engorda? Ou ele pode aparecer em uma dieta para manter, controlar ou reduzir o peso?

As calorias do queijo prato

Quando procuramos entender se o queijo prato engorda, não podemos deixar de lado a quantidade de calorias que podem ser encontradas no alimento.

Para ter uma noção do teor calórico desse queijo, vamos utilizar como exemplo o queijo prato da marca Aurora – uma porção de 30 g ou uma fatia do alimento possui 109 calorias.

Antes de seguirmos em frente com a nossa análise, precisamos ressaltar dois pontos. Primeiro: não submetemos o queijo prato da Aurora a análises nutricionais, apenas reproduzimos as informações encontradas na internet.

Segundo: tal valor calórico serve somente como uma estimativa ou exemplo, já que diferentes marcas de queijo prato podem conter diferentes quantidades de calorias. Portanto, ao comprar o seu, confira na tabela nutricional quantas calorias o produto que você adquiriu apresenta.

Quando olhamos para as 109 calorias em 30 g ou uma fatia de queijo prato, entendemos que o valor não é pequeno, mas também não é tão alto. Portanto, se consumido de maneira correta, o alimento pode sim aparecer em uma dieta para controlar ou perder peso.

Até porque, ainda que seja um queijo gorduroso, o queijo prato apresenta maior quantidade de cálcio do que o queijo minas frescal, e não precisa ser banido da dieta.

Mas qual seria essa maneira correta? Em porções moderadas, dentro de uma refeição saudável, controlada, nutritiva e equilibrada. Por exemplo, você pode incrementar uma salada com meia fatia ou 15 g de queijo prato picadinho ou fazer um sanduíche natural com pão integral, peito de frango grelhado picadinho, alface e uma fatia ou 30 g do queijo.

Por outro lado, se o consumo do queijo prato ocorrer em porções exageradas, principalmente dentro de receitas conhecidas por estimular o aumento de peso como pizzas ou sanduíches gordurosos e calóricos, não dá para esperar evitar engordar, não é mesmo?

Assim, para quem gosta de queijo prato e deseja e/ou necessita emagrecer ou não engordar, o jeito é consumir o alimento moderadamente dentro de pratos saudáveis.

Vale a pena destacar ainda que existem versões de queijo que são menos calóricas do que o queijo prato. De acordo com informações, em uma porção de 30 g, o cottage possui 30 calorias, enquanto a ricota apresenta 50 calorias e o frescal carrega 61 calorias (esses valores também podem ser diferentes conforme a marca de cada queijo).

Com isso, quem não faz questão de comer o queijo prato pode beneficiar a sua dieta trocando-o por esses queijos mais levinhos.

As proteínas do queijo prato

Os queijos são uma fonte conhecida de proteínas, que estão associadas à construção e manutenção dos músculos. Tomemos como exemplo mais uma vez a porção de 30 g ou uma fatia do queijo prato da marca Aurora, que carrega aproximadamente 7,5 g de proteínas.

Quanto maior é a quantidade de músculos que uma pessoa possui, maior também é a quantidade de calorias e gorduras que ela queima em determinado período, esteja ela treinando ou simplesmente dormindo.

É claro que não basta consumir queijo prato para cultivar músculos no corpo – o crescimento muscular é alcançado através de uma prática de dieta e exercícios de musculação específicos e com foco nesse objetivo.

Entretanto, o consumo dos queijos de maneira equilibrada dentro de uma alimentação com foco no aumento de massa muscular pode dar uma força no que se refere ao aporte de proteínas para o organismo.

Além disso, as proteínas são benéficas para prevenir o aumento de peso porque fazem com que a pessoa se sinta saciada por mais tempo e promover o controle dos níveis de açúcar no sangue (o descontrole das taxas de glicose está associado ao aumento da fome).

De acordo com a Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard, o corpo utiliza uma quantidade maior de calorias para metabolizar as proteínas do que necessita para fazer o mesmo com os carboidratos e as gorduras.

Mais uma vez, o queijo prato não fornece toda a quantidade de proteínas que o organismo requer – simplesmente pode contribuir com o fornecimento do nutriente, que deve estar presente na dieta por meio de diversas outras fontes.

O ácido linoleico conjugado no queijo prato

Foi apontado por uma pesquisa que os queijos classificados como médios em calorias, como é o caso do queijo prato, são os que contêm mais ácido linoleico conjugado, que já foi apontado por pesquisadores como algo que pode dar uma forcinha para a dieta.

Isso porque o ácido linoleico conjugado evita a famosa gordura na barriga, que é um dos fatores que provocam a cardiopatia.

Dados de uma pesquisa conduzida pelo Instituto de Tecnologia em Alimentos (Ital) apontam que o queijo prato possui 0,34 g de ácido linoleico conjugado em uma porção de 100 g, enquanto outros queijos como parmesão, muçarela e minas frescal carregam, respectivamente, 0,25 g; 0,24 g e 0,23 g da substância em 100 g.

Obviamente, a presença do ácido linoleico conjugado no queijo prato não é desculpa para exagerar no consumo do alimento e acreditar que vai emagrecer ou deixar de engordar.

Mais importante do que saber se o queijo prato engorda…

É entender que nenhum alimento pode ser considerado sozinho o responsável pela diminuição ou pelo aumento de peso. É toda a dieta que funciona como um grande fator determinante para a nossa forma física.

Portanto, se você se preocupa em emagrecer ou pelo menos não engordar, precisa tomar conta de toda a sua alimentação, cuidando para que suas refeições sejam equilibradas, nutritivas, balanceadas e saudáveis.

Para saber como fazer isso, conte com o auxílio profissional de um nutricionista, que te indicará uma dieta que funcione para você e ajude a alcançar os seus objetivos, ao mesmo tempo em que fornece todos os nutrientes e a energia que o seu organismo necessita para funcionar apropriadamente.

Você já imaginava que o queijo prato engorda se consumido em excesso? Pretende diminuir o seu consumo na dieta? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

1 comentário em “Queijo Prato Engorda? Calorias e Análise”

  1. mastigar queijo prato e jogar fora sem engolir e depois vomitar engorda. e queijo mussarela tambem engorda.