10 Benefícios da Farinha de Uva – Como Fazer, Como Usar e Receitas

Especialista:
atualizado em 11/03/2020

A uva é um dos últimos alimentos a serem “transformados” em farinha. Para quem não tem hábito de consumir a fruta ou acredita que a uva engorda, a farinha pode ser uma boa alternativa para encaixar no cardápio, uma vez que é prática e carrega consigo todos os benefícios da uva. Vamos conhecer então quais são estes benefícios da farinha de uva para a saúde?

Para Que Serve a Farinha de Uva

A farinha de uva pode auxiliar na perda de peso, contribuir para a saúde do coração, e ainda ser utilizada para combater radicais livres, já que contém um alto teor de antioxidantes. Assim, a farinha de uva previne o envelhecimento precoce e doenças a ele associadas.

Propriedades da Farinha de Uva

Os carboidratos são o principal destaque da farinha de uva, sendo responsáveis pela composição de 54% do alimento. Ou seja, para cada 100 g da farinha, obtemos 54 g do nutriente. Ou o equivalente a 3,24 g por colher de sobremesa (6 g). A mesma colher fornece ainda 12,9 calorias, 0 g de gordura e 0,2 g de proteínas.

Principais nutrientes da farinha de uva (por porção de 100g):

  • Calorias: 214 kcal
  • Proteínas: 3,33 g
  • Gorduras: 0 g
  • Fibras: 3,4 g
  • Cálcio
  • Ferro
  • Magnésio

E além dos nutrientes acima, há uma observação importante para quem está de olho na balança: a farinha de uva não contém glúten, a famosa proteína presente no trigo que muitos têm evitado pois pode causar inflamações e inchaço.

Benefícios da Farinha de Uva

Dentre as populares farinhas de frutas (maracujá, laranja, banana verde) a de uva é considerada uma das mais benéficas à saúde, pois mantém uma série de antioxidantes presentes na fruta fresca, como os flavonóides – entre eles o resveratrol.

Conheça alguns dos principais benefícios da farinha de uva:

1. É fonte de antioxidantes

Que a uva é riquíssima em antioxidantes todo mundo já ouviu falar (não estão até recomendando o consumo do vinho devido a eles?), mas agora você também já sabe que pode obter os mesmos nutrientes a partir da farinha da fruta.

green-grapes-704x454

Os antioxidantes são fundamentais para combater os radicais livres gerados a partir do envelhecimento, má alimentação, estresse, tabagismo, poluição, agrotóxicos e atividade física rigorosa. Quando em excesso, esses radicais podem causar danos às estruturas celulares e levar não somente ao envelhecimento como também causar uma série de doenças, como problemas cardiovasculares, câncer e doenças degenerativas (Parkinson e Alzheimer).

Assim como a fruta in natura, a farinha de uva é fonte resveratrol, catequinas, ácido gálico, proantocianidinas, quercetina e uma série de outros antioxidantes, que tornam o alimento um potente aliado no combate aos radicais livres.

2. Pode auxiliar no controle de peso

Em um estudo publicado no Journal of Agricultural and Food Chemistry, pesquisadores demonstraram que, mesmo na presença de uma dieta rica em gordura, um dos benefícios da farinha de uva é auxiliar na diminuição da gordura abdominal, além de controlar os níveis de colesterol e também reduzir o peso.

Segundo os cientistas, no entanto, não é qualquer uva que produz esses benefícios. Em outra pesquisa realizada na Universidade da Califórnia, eles puderam notar que esse efeito era característico das uvas do tipo Chardonnay. O uso de farinha produzida a partir de uvas do tipo Cabernet Sauvignon não produziram nenhum dos efeitos descritos acima.

A farinha de uva também pode auxiliar no emagrecimento ao promover a saciedade e retardar a fome. E outro benefício da farinha de uva é o seu baixo valor calórico quando comparada às demais farinhas – como a de trigo, por exemplo. Enquanto 100 g de farinha de uva contém 214 calorias, a mesma porção de farinha de trigo possui 60% a mais de calorias – são 345 kcal na farinha branca.

A dica, portanto, é substituir parte da farinha branca por farinha integral e pela farinha de uva, duas opções muito mais nutritivas e saudáveis.

3. É um excelente alimento para quem pratica atividade física

Não bastasse todos os benefícios da farinha de uva, ainda mais esse: ela pode ser utilizada regularmente por quem está preocupado com a saúde e a boa forma. Além dos inúmeros nutrientes, a farinha de uva fornece uma ótima quantidade de carboidratos, que podem ser utilizados como fonte de energia no pré-treino ou como um excelente ingrediente para um shake reparador pós-treino.

E se você precisa de outro motivo para encaixar a farinha de uva no seu cardápio, a atividade física rigorosa produz uma série de radicais livres, que contribuem para o envelhecimento e morte celular precoce. Isso não significa que você deva deixar de se exercitar: muito pelo contrário, o que você deve fazer é fazer sua atividade e ao mesmo tempo incluir em sua dieta alimentos que anulem o efeito dos radicais livres. E quais são eles? Legumes, frutas, verduras e também a farinha de uva, que como já vimos possui uma altíssima capacidade antioxidante. 

4. Ajuda a prevenir o câncer

A grande quantidade de antioxidantes da farinha de uva também a torna um excelente alimento tanto para a prevenção quanto para o combate aos diversos tipos de câncer. Entre eles merece destaque o resveratrol, que pode evitar o surgimento do câncer de pele, próstata, mama e intestino.

5. Controla a glicemia e previne o diabetes

Embora a uva seja uma fruta normalmente ausente do cardápio de quem está preocupado com as taxas de glicose no sangue, a farinha de uva possui baixa concentração de frutose e pode até mesmo combater a diabetes. Isso porque a farinha de uva possui absorção lenta, o que promove uma liberação gradual de açúcar na corrente sanguínea e evita um pico de insulina.

Como no entanto ainda contém carboidratos, recomenda-se consumir no máximo uma ou duas colheres ao dia para obter os benefícios da farinha de uva.

6. Melhora os níveis de colesterol

Diversos estudos têm demonstrado o potencial da uva para reduzir a oxidação de LDL e se necessário aumentar os níveis de HDL. Os diversos flavonoides da farinha de uva assim reduzem os níveis de colesterol total, resultando em uma melhor saúde cardiovascular e reduzindo o risco de problemas do coração. 

7. Protege o coração

O resveratrol e os demais antioxidantes da farinha de uva contribuem não somente para combater os radicais livres (que podem se formar em excesso nas artérias, onde a concentração de oxigênio é alta) como também para combater as inflamações e reduzir os níveis de colesterol ruim (LDL). Somados, esses são alguns dos principais fatores associados às doenças cardíacas.

Por este motivo, o consumo regular de farinha de uva pode evitar o entupimento das artérias, melhorar a circulação, evitar inflamações e até mesmo melhorar o controle da pressão arterial.

8. Mantém a saúde da pele

Além dos já citados agentes oxidantes, a exposição prolongada ao sol e a perda natural de colágeno decorrente da idade contribuem para um aspecto geral de envelhecimento, que se não pode ser totalmente evitado pode ao menos ser atenuado.

Ao combater os radicais livres, a farinha de uva evita danos às estruturas das células, colaborando assim para manter a saúde e o bom funcionamento da pele.

9. Previne varizes

A farinha de uva pode evitar o surgimento de varizes porque ativa a circulação, diminui as inflamações e previne o envelhecimento precoce das células do sistema circulatório.

10. Fortalece a visão

Ainda que menos conhecido, esse é um dos mais importantes benefícios da farinha de uva, uma vez que a fruta pode prevenir a degeneração macular. Essa propriedade da farinha de uva se dá pelo fato da fruta diminuir os níveis de proteínas inflamatórias na retina.

Além disso, a farinha de uva, através da atuação dos compostos fitoquímicos, pode aumentar a concentração de proteínas protetoras no local, promovendo uma significativa proteção à visão.

Como Fazer Farinha de Uva

A farinha de uva comercial costuma ser obtida a partir da produção do vinho, uma vez que após o processo de vinificação são enormes os resíduos de sementes e casca – que, aliás, é exatamente onde se encontram os principais nutrientes da uva.

Já a farinha de uva caseira pode ser obtida através da secagem da fruta inteira por um determinado período em forno aquecido. Veja abaixo como fazer você mesmo sua farinha de uva caseira:

1985uva

  1. Em uma travessa refratária coloque as uvas lavadas e secas (soltas) e leve para assar em forno brando por aproximadamente 30 minutos (ou até que esteja seca, mas tome cuidado para não deixar torrar). Evite utilizar forno quente, pois temperaturas acima de 180C podem afetar as propriedades nutricionais da farinha de uva e causar a perda de alguns antioxidantes;
  2. Em seguida, triture a mistura no liquidificador e guarde em um recipiente de vidro tampado;
  3. Como ainda pode haver umidade na farinha, o ideal é que você utilize o produto em um período máximo de duas semanas. Se preferir, guarde a farinha na geladeira, pois assim poderá prolongar a validade da mesma.

Como Usar Farinha de Uva

flour-coming-soon-for-cart

A farinha de uva pode ser utilizada para substituir parte da farinha de trigo em receitas de pão, bolo, tapioca, panqueca e biscoitos. Outras sugestões de consumo da farinha de uva são adicioná-la ao shake pré-treino, ao suco desintoxicante ou até mesmo para engrossar o mingau e o caldo da sopa.

Para quem pretende somente acrescentar a farinha à dieta sem utilizá-la em receitas, uma colher ao dia misturada a um copo de água já é mais do que suficiente para obter os benefícios da farinha de uva sem exagerar nas calorias. Utilizada dessa maneira, a farinha fornece todos os benefícios do suco de uva.

Receitas com Farinha de Uva

Confira abaixo algumas dicas para incluir a farinha de uva em seu cardápio:

1. Pão com Farinha de Uva

download

A receita com farinha de uva abaixo é fácil de fazer e fica muito saborosa. Confira os ingredientes e o modo de preparo:

Ingredientes:

  • 2 xícaras de farinha de trigo branca*
  • 1 xícara de farinha de trigo integral;
  • ½ xícara de farinha de uva;
  • 1 colher bem cheia de fermento seco;
  • 1 colher de sopa de açúcar mascavo;
  • 1 colher de sal;
  • 1 ovo;
  • 2 colheres de óleo de semente de uva ou azeite extra-virgem.

* Se preferir, você pode substituir parte da farinha branca por farinha integral ou mais farinha de uva, mas nesse caso o pão resultante será um pouco mais pesado e seco.  

Preparo:

  1. Em um recipiente grande misture todos os ingredientes secos.
  2. Acrescente os líquidos e misture bem.
  3. Aos poucos vá acrescentando água morna à massa até obter o ponto de pão.
  4. Cubra a massa e deixe o pão descansar.
  5. Modele os pães de deixe-os crescer até que fiquem bem leves.
  6. Asse em forno quente (280oC) por aproximadamente 30 minutos, ou até que o pão fique levemente dourado.

2. Shake Termogênico

O shake abaixo combina os benefícios do whey protein com os antioxidantes da uva e o efeito termogênico da canela e do gengibre. Você pode tomá-lo tanto antes quanto após o treino.

Ingredientes:

  • 200 ml de água;
  • 2 colheres de whey protein;
  • 1 banana;
  • 2 colheres de farinha de uva;
  • 1 colher de chia;
  • 1 colher de chá de canela em pó;
  • 1 colher de chá de gengibre ralado.

Preparo:

  1. Bata todos nos ingredientes no liquidificador e sirva em seguida.

3. Biscoitos de chocolate com farinha de uva

grapeseed-flour-chardonnay-chocolate-chip-cookies-gluten-free1

Além de não conter glúten, essa receita com farinha de uva ainda é low carb, ou seja, com pouco carboidrato.

Ingredientes:

  • 2 ½ xícaras de farinha de amêndoas*
  • ¼ de xícara de farinha de uva;
  • ½ colher de chá de sal (se tiver, pode utilizar o do Himalaia);
  • ½ colher de chá de bicarbonato de sódio;
  • ½ xícara de mel;
  • ½ xícara de óleo de semente de uva ou outro óleo de sua preferência;
  • 1 colher de chá de essência de baunilha;
  • 1 xícara de chocolate amargo picado em pequenos pedacinhos.

* Para fazer a farinha de amêndoas em casa basta descascá-las e depois levar ao forno baixo por alguns minutos (apenas para secar, e não torrar) e depois triturar no liquidificador.

Preparo:

  1. Misture todos os ingredientes secos em um recipiente grande. Mexa bem;
  2. Em um recipiente separado misture todos os ingredientes líquidos;
  3. Adicione os líquidos aos ingredientes secos;
  4. Depois de misturar bem faça pequenas bolinhas de 3 cm e as pressione sobre uma forma coberta com papel vegetal;
  5. Asse em forno a 180oC por 7- 10 minutos;
  6. Deixe esfriar e divirta-se!

Outras receitas com farinha de uva

Recentemente a farinha de uva foi tema especial do programa Globo Repórter, da Rede Globo. Confira abaixo algumas receitas com a farinha sugeridas no programa:

http://g1.globo.com/globo-reporter/noticia/2015/05/veja-como-fazer-receita-de-muffin-de-uva.html

http://g1.globo.com/globo-reporter/noticia/2015/05/aprenda-fazer-barra-de-cereal-de-uva.html

http://g1.globo.com/globo-reporter/noticia/2015/05/veja-receita-completa-do-cookie-integral-de-uva.html

Fontes e Referências Adicionais: 

Você já imaginava que há todos esses benefícios da farinha de uva para a saúde? Já experimentou alguma receita que a utilizava? Como é o gosto? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (17 votos, média: 3,53 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

9 comentários em “10 Benefícios da Farinha de Uva – Como Fazer, Como Usar e Receitas”

  1. Comecei ontem a tomar a farinha de uva com água, mas além de não misturar, o gosto é horrível e tem muitas partes com pedrinhas parecendo da semente. É assim mesmo?

  2. Não estava conseguindo consumir apenas com água pois é um gosto não mto agradável , agora coloco uma colher no shake de banana e nem dá pra perceber!!!

    • OI BOA TARDE!

      O MU NOME E EDILEUZA, COMPREI A FARINHA DE UVA ESSA SEMANA E ESTOU GOSTANDO, QUANTO AO SABOR EU OPTEI POR FAVOR SKAKE SEMPRE COM UMA FRUTA, AS VEZES BANANA MAÇA OU PERA COM MORANGOS.

  3. Não sei se.é normal.mais o gosto é horrível fui tomar com água quase morri vomitei tudo fora.o cheiro que não é nada bom Ela não.mistura com.a água si certamente não gostei

  4. Boa tarde eu misturei oleo de girassol e farinha de uva, como 1 colher por dia, tem algum problema? Obrigada…

  5. Meu marido comprou essa farinha. Mas o gosto é predominantemente de “pó”. Isso é normal? Ou a farinha estava velha?