TPM

Remédio para TPM – 9 Mais Usados

A Tensão Pré-Menstrual é um problema que afeta e incomoda muitas mulheres. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), 90% das mulheres sofrem com a condição.

Se você não for uma mulher que já sofreu com a TPM, a gente aposta que você conhece alguma que luta contra ela. O número de brasileiras atingidas pela condição não é pouco: segundo encontramos, as brasileiras estão entre as mulheres que mais sofrem com o problema, tanto que pelo menos 80% das brasileiras é ou já foi afetada pelo problema.

A TPM traz dois tipos de sintomas – físicos e emocionais. Quando os efeitos dos dois tipos são experimentados, as mulheres sofrem um impacto maior em suas rotinas.

Segundo pesquisamos, 150 sintomas da síndrome já foram descobertos. Entre eles, encontram-se: ansiedade, nervosismo, oscilações de humor, dor de cabeça, retenção de líquido, dores nos seios, inchaço, cansaço, vontade incontrolável de comer doces e depressão.

9 opções de remédio para TPM 

Existem algumas opções de remédio para TPM que podem ajudar a amenizar ou eliminar a maioria dos sintomas que foram citados acima. Confira quais são eles.

1. Prática de exercícios físicos

A prática de exercícios físicos é uma das melhores maneiras de amenizar o estresse e a ansiedade da chamada TPM A, um tipo de TPM que está associada justamente à ansiedade e é caracterizada por alterações hormonais que estimulam o estresse.

Isso porque as atividades físicas provocam a liberação de endorfinas, hormônios que promovem a sensação de prazer.

Entretanto, lembre-se se que antes de aderir a algum exercício físico, você deve ser avaliado pelo médico para saber qual tipo de atividade está apta a fazer e em que nível pode malhar. Além disso, conte com a apoio de um bom educador físico, para que os seus treinos sejam sempre seguros.

2. Ansiolíticos

Para os casos mais graves da TPM A, remédios para TPM como os ansiolíticos podem ser utilizados para aliviar os sintomas.

Esse tipo de remédio para TPM também pode ser receitado para os casos da TPM C, que é caracterizada pela compulsão alimentar. Porém, eles devem ser utilizados somente com a indicação e supervisão do médico.

O Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas (CEBRID) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) esclarece que os ansiolíticos são remédios que possuem a propriedade de sobre a ansiedade e a tensão e que acalmam a pessoa estressada, tensa e ansiosa.

3. Dieloft

O Dieloft é citado em alguns artigos como um dos remédios para TPM que podem ser prescritos pelo médico. Sua venda exige a apresentação da receita médica.

A bula de Dieloft disponibilizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informa que ele é contraindicado para pessoas com históricos de alergia à sertralina ou outros componentes do remédio e para quem faz uso de antidepressivos inibidores da monoaminoxidase (IMAO) ou da pimozida.

Segundo o documento, os efeitos colaterais mais frequentes do medicamento são: insônia, sonolência, tontura, diarreia, boca seca, náusea e fadiga.

4. Yaz

O anticoncepcional Yaz é pode ser utilizado como remédio para TPM, nos casos em que houver a indicação médica, obviamente. Até porque a sua comercialização pode ser feita somente com a apresentação da receita médica.

O remédio pode ser utilizado ainda para o tratamento da acne vulgaris moderada (espinha) em mulheres que também buscam um método contraceptivo e para auxiliar a melhorar sintomas associados à retenção de líquido como o aumento do volume do abdômen, o inchaço e o ganho de peso. As informações são da bula de Yaz disponibilizada pela Anvisa.

Segundo o documento, o medicamento traz uma série de contraindicações como:

  • Histórico atual ou anterior de coágulo em veia da perna (trombose), do pulmão (embolia pulmonar) ou em outra parte do corpo;
  • Histórico atual ou anterior de ataque cardíaco ou derrame cerebral, que é provocado por um coágulo ou rompimento de um vaso sanguíneo no cérebro;
  • Histórico atual ou anterior de doenças que podem ser indicativo de ataque cardíaco como angina pectoris (intensa dor no peito que pode se irradiar para o braço esquerdo) ou de derrame cerebral como episódio isquêmico transitório ou um pequeno derrame sem efeitos residuais;
  • Risco elevado para a formação de coágulos arteriais ou venosos;
  • Histórico atual ou anterior de um certo tipo de enxaqueca que vem com sintomas neurológicos focais como sintomas visuais, dificuldade para falar, fraqueza ou adormecimento de qualquer parte do corpo;
  • Diabetes mellitus com lesão nos vasos sanguíneos;
  • Histórico atual ou anterior de doença no fígado (os sintomas podem ser amarelamento da pele ou coceira no corpo todo) e enquanto o fígado não retornar ao seu funcionamento normal;
  • Histórico atual ou anterior de câncer que pode ser desenvolvido sob a influência de hormônios sexuais como câncer de mama ou dos órgãos genitais;
  • Mau funcionamento dos rins – insuficiência renal grave ou insuficiência renal aguda;
  • Presença ou antecedente de tumor benigno ou maligno no fígado;
  • Presença de sangue na vagina sem explicação;
  • Ocorrência ou suspeita de gravidez;
  • Alergia a qualquer um dos componentes do medicamento.

A bula também informa que as reações adversas que podem ser trazidas por Yaz e são classificadas como comuns incluem: instabilidade emocional, depressão, estados depressivos, enxaqueca, náuseas, dor nas mamas, sangramento uterino inesperado (entre períodos menstruais) e sangramento vaginal não específico.

5. Gamaline V

Outro remédio para TPM encontrado em nossas pesquisas foi o Gamaline V. Ele é indicado como auxiliar para a síndrome da tensão pré-menstrual e sintomas associados a ele como a dor nas mamas.

O medicamento é composto pelo óleo de borragem, é contraindicado para quem tem alergia a qualquer um dos componentes de sua fórmula e deve ser utilizado com precaução em pacientes epilépticos, especialmente com esquizofrenia.

Ele pode provocar efeitos colaterais como diarreia, náusea e desconforto abdominal, porém eles estão classificados como reações adversas muito raras. Para a sua venda, é necessária a apresentação da prescrição médica.

6. Mais água e menos sódio

A tática pode ser considerada uma espécie de remédio caseiro para auxiliar a luta contra a TPM. Recomenda-se comer menos sal durante todo o mês, principalmente na semana antes da menstruação chegar. Os alimentos processados também devem ser evitados porque são particularmente ricos em sódio.

O problema do sal é que ele aumenta a retenção de líquidos no corpo, o que provoca um maior inchaço.

No mesmo sentido, existe a orientação de consumir mais água, já que isso faz com que mais sal seja eliminado por meio da urina, o que contribui com o combate ao inchaço.

7. Suco de cenoura e agrião

Encontramos estudos que recomendam o suco de cenoura com agrião como um dos remédios caseiros para TPM porque a bebida possui propriedades diuréticas, auxiliando a diminuir a retenção de líquido e o inchaço, que podem ser característicos do período.

8. Chá de amora

O chá de amora também é bem visto no combate à TPM, graças ao fato da bebida ser rica em antioxidantes, que reduzem a inflamação e colaboram com a diminuição das cólicas e das dores abdominais.

9. Suco de banana com kiwi

Outra receita caseira interessante é o suco de banana com kiwi. De acordo com o que pesquisamos, a bebida é rica em magnésio e o nutriente auxilia na redução da dor muscular, do cansaço e das oscilações de humor.

Observações importantes

Precisamos lembrar que, antes de aderir a qualquer um remédio para TPM que indicamos acima, inclusive os naturais, você deve consultar o médico para se certificar de que ele é realmente indicado para você e que não pode te fazer mal.

Tenha sempre em mente que se automedicar é uma atitude perigosa, que pode trazer graves problemas para a sua saúde.

Ressaltamos que os sintomas da TPM podem variar muito de mulher para mulher e cabe ao médico determinar qual remédio para TPM é o mais adequado para a sua paciente, levando em consideração os sintomas apresentados por ela.

Você já precisou tomar algum tipo de remédio para TPM? Costuma sofrer muito com os sintomas desse período? Quais deles? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 4,50 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)



ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*