Synthol – O Que é, Por Que Muitos Usam, Como Funciona e Riscos

Especialista:
atualizado em 15/07/2020

O synthol é uma substância oleosa que quando é aplicada no corpo gera a ilusão de crescimento muscular muito rapidamente. Ele foi desenvolvido na década de 1990 e desde então circula pelo ambiente da musculação.

Ao contrário do que muitos pensam, o synthol não é um esteróide, mas sim um tipo de óleo que pode ser usado para aumentar o volume dos músculos, sem precisar de nenhum exercício físico.

Composição do synthol

  • 85% óleo;
  • 7,5% lidocaína;
  • 7,5% álcool.

Quem usa o synthol?

Esta substância já foi usada por fisiculturistas para aumentar a aparência dos músculos antes de competições. Isso porque, ao aplicar o synthol, o músculo cresce quase que instantaneamente.

No caso de fisiculturistas, que são pessoas que trabalham diariamente para conseguir os músculos desejados, o uso é feito, normalmente, apenas em partes do corpo que não estão respondendo bem aos exercícios.

Efeitos colaterais

Além de uma aparência disforme, os efeitos colaterais do uso do synthol são muito preocupantes.

Por ser aplicado através de uma seringa, há altos riscos de infecção e inflamação da área que entrou em contato com a substância, gerando dores e pus. Em casos mais graves, há a possibilidade de o membro injetado gangrenar, ocasionando sua amputação. Além disso, o synthol pode causar a destruição total do tecido muscular.

Como funciona o synthol?

O synthol é aplicado através de uma agulha diretamente no tecido muscular. O produto pode ficar no organismo por anos, já que o processo de absorção de seus compostos é lento e difícil.

A substância funciona preenchendo o músculo com o óleo em sua composição. A lidocaína serve como anestésico local, pois a aplicação de óleo no tecido muscular pode ser muito dolorosa. Já o álcool serve para diluir todos os compostos e facilitar a aplicação.

Quais são os resultados?

Diferente de músculos reais, adquiridos com muito esforço e suor, quem utiliza o synthol tem músculos de aparência esponjosa e fraca. Quando ele é usado em excesso, a estética é ainda pior.

O corpo que teve o synthol aplicado pode parecer uma versão de mal gosto do que um corpo musculoso deveria aparentar, além de não oferecer nenhum tipo de força física. Se a aplicação gerou algum tipo de inflamação, o corpo vai estar ainda mais fraco que o normal, mesmo com a aparência grande.

Quais são os riscos do synthol?

Além de uma aparência que beira o grotesco, o synthol pode causar outros sérios danos à saúde de quem se arrisca a usá-lo.

Como já adiantamos, um dos problemas mais comuns é a aparição de infecção na área em que o synthol foi aplicado, gerando o acúmulo de pus. Em situações mais graves, a inflamação pode resultar em gangrena e possível amputação do membro afetado.

O abuso da substância pode causar uma infecção por estafilococos, o que é ainda mais grave, já que pode se espalhar por todo o corpo e em casos não tratados, causar a morte.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (59 votos, média: 4,02 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário