Tatuagem inflamada: quando se preocupar e como tratar

Especialista da área:
atualizado em 09/06/2022

Ter uma tatuagem inflamada durante os primeiros dias após a sessão é algo normal e representa uma resposta natural do nosso sistema de defesa contra a agressão da agulha e o agente invasor que, no caso, é o pigmento da tatuagem. 

Mas, quando a tatuagem inflamada não melhora com o passar dos dias e começa a causar outros sintomas, como febre e liberação de pus, é necessário buscar ajuda médica, pois pode se tratar de uma infecção. Também é possível ocorrer uma reação alérgica à tatuagem, o que também requer um tratamento específico. 

  Continua Depois da Publicidade  

Veja quando a tatuagem inflamada é considerada normal e quando você deve se preocupar. Entenda como é feito o tratamento e quais são os cuidados que você deve ter, para evitar o problema da tatuagem inflamada. 

Tatuagem inflamada: quando não se preocupar

A nossa pele é formada por várias camadas, sendo que a mais externa funciona como uma barreira contra a desidratação e contra agentes externos, que podem ser nocivos ao nosso organismo. 

Quando se faz uma tatuagem, essa barreira é quebrada nos pontos em que a agulha penetra na pele, deixando uma porta aberta para a entrada de microorganismos causadores de infecções, além de deixá-la suscetível a reações alérgicas. 

O risco de infecções diminui com a assepsia e higiene durante o procedimento e nos cuidados após a sessão. 

O pigmento da tatuagem atua como um invasor no nosso organismo e, quando há um invasor, o nosso sistema de defesa é acionado. O sistema imunológico prontamente envia células de defesa até o local, para se livrar do invasor. 

  Continua Depois da Publicidade  

As células tentam, literalmente, fagocitar (“engolir”) os pigmentos de tinta, para destruí-lo, mas não conseguem porque eles são muito maiores do que elas. 

É até interessante mencionar que num processo de remoção da tatuagem, o laser quebra os pigmentos em fragmentos menores, para que essas células consigam “engolir” e destruir a tinta, despigmentando a tatuagem até removê-la.  

Essas células chegam até o local através do sistema circulatório, aumentando a concentração de células e de sangue no local, resultando nos sintomas típicos e naturais de uma inflamação: 

  • Vermelhidão 
  • Aumento da temperatura local
  • Inchaço
  • Dor

Essa resposta é natural e esperada, por isso não deve causar grande preocupação, apenas mantenha os cuidados indicados pelo profissional que fez a tatuagem ou dermatologista. 

O problema surge quando essa resposta inflamatória é ativada de forma excessiva ou persistente, podendo indicar problemas associados e, não só, uma resposta natural do organismo a um elemento novo na pele. 

Um processo inflamatório normal tende a durar no máximo 7 dias e, ao longo desse período, você percebe que os sintomas vão melhorando a cada dia. Inclusive, a inflamação faz parte do processo de cicatrização da pele, que é a recuperação do tecido que foi lesionado. 

  Continua Depois da Publicidade  

Tatuagem inflamada: quando se preocupar

Mulher tatuada preocupada
A inflamação da tatuagem pode ocorrer por infecção ou reação alérgica

Os sinais e sintomas preocupantes de uma inflamação, normalmente, ocorrem em uma situação de infecção local ou reação alérgica. 

Infecção 

Com a barreira de proteção rompida, a pele fica suscetível a infecções causadas por microorganismos, especialmente vírus e bactérias. A gravidade da infecção varia de acordo com a patogenicidade do microrganismo e do estado do sistema imunológico da pessoa. 

Os sinais e sintomas que indicam uma tatuagem infeccionada são: 

  • A vermelhidão não melhora com o passar dos dias, pelo contrário, fica mais intensa e se espalha ao redor da tatuagem. 
  • Presença de febre e calafrios.
  • Sensação de mal-estar generalizado.
  • Aparecimento de bolhas que doem e coçam. 
  • Liberação de pus nas feridas da tatuagem. 
  • Pele inchada e endurecida.

Na presença desses sintomas, é fundamental que você procure um médico ou médica dermatologista, para avaliação da tatuagem e dos sintomas. 

Para a confirmação e identificação do microrganismo causador da infecção, pode ser feito um esfregaço da pele com um cotonete, para ser analisado em laboratório. 

Com a identificação do patógeno, fica mais fácil de tratar o problema, pois os medicamentos são escolhidos com base no microrganismo causador da infecção. 

  Continua Depois da Publicidade  

Reação alérgica

Assim como o pólen de uma planta ou um perfume podem causar uma reação alérgica no organismo, os pigmentos da tatuagem também podem. 

Os sinais e sintomas comuns em uma reação alérgica à tatuagem são: 

  • Vermelhidão
  • Inchaço
  • Coceira
  • Formação de bolhas 
  • Aparecimento de manchas que descamam
  • Formação de crostas
  • Saída de um fluido transparente das feridas na pele

Ao apresentar esses sintomas, é importante procurar ajuda médica, para receber o tratamento mais apropriado para a alergia que atingiu a sua pele. 

Como tratar a tatuagem inflamada

Pomada
Existem alguns tipos de pomada que podem ajudar no tratamento

A visita ao médico ou médica dermatologista é fundamental, porque o tratamento da tatuagem inflamada é diferente em cada situação. 

Infecção 

Quando a infecção é causada por bactérias ou fungos, o tratamento é feito com pomadas que contêm antibióticos (por exemplo, a bacitracina) ou antifúngicos (cetoconazol, fluconazol ou itraconazol), respectivamente. 

Se a infecção for causada por um vírus, não há medicamentos para tratá-la, mas o corpo possui mecanismos de defesa prontos para resolver o problema, basta manter os cuidados com a higiene local e com a alimentação e hidratação, pois são essenciais para o bom funcionamento do sistema imune. 

Em alguns casos, pode ser necessário o tratamento com medicações orais, quando as pomadas não são suficientes para combater a infecção. 

Reação alérgica

A reação alérgica é tratada com medicações anti-histamínicas, como a cetirizina e a hidroxizina, que bloqueiam a ação da histamina, responsável por dilatar os vasos sanguíneos e promover os sintomas clássicos da alergia, como coceira, inchaço e vermelhidão. 

Pomadas com corticóide, geralmente betametasona e hidrocortisona, podem ser prescritas para serem passadas diretamente na pele e promover o alívio dos sintomas. 

Cuidados que evitam a tatuagem inflamada

Existem cuidados que devem ser tomados antes e depois de fazer a tatuagem, para evitar as complicações mencionadas: 

  • Escolha um estúdio de tatuagem que siga as normas de assepsia e higiene, confira se os profissionais usam luvas, materiais esterilizados e se as embalagens são novas e lacradas.
  • Cubra a tatuagem com papel filme e deixe-a coberta por 24 horas, para evitar o contato com microrganismos nessa fase em que a pele está mais sensível. 
  • Não deixe a tatuagem exposta ao sol.
  • Use roupas folgadas, que não criem atrito com a pele no local da tatuagem. 
  • Não cutuque as feridas ou tire as “casquinhas” que se formam com a cicatrização, pois pode infeccionar a pele. 
  • Não entre em piscinas públicas ou no mar, onde você pode ter contato com microrganismos. 
  • Mantenha a pele hidratada com cremes e ingestão de água. 
Fontes e referências adicionais

Você tem tatuagens? Quantos dias, aproximadamente, sua tatuagem ficou inflamada? Você teve alguma complicação, como uma infecção ou alergia? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas e profissionais de educação física. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

Deixe um comentário