Prisão de ventre

Prisão de Ventre – Sintomas, Causas e o Que Fazer

Publicidade

A prisão de ventre é um problema que atinge 2 entre 3 mulheres. Isso pode não significar muito, mas mostra que a dificuldade para manter o funcionamento do intestino equilibrado não se limita a casos particulares. Os casos são mais comuns entre mulheres, e os fatores responsáveis pela constipação intestinal podem variar desde fases da vida até hábitos alimentares.

A prisão de ventre é resultado de desequilíbrio não só na alimentação, mas prova que o equilíbrio deve ser buscado por diversas fontes de bem estar.

O que é a prisão de ventre

É a constipação intestinal, a dificuldade quase que permanente de evacuar. Não são utilizados parâmetros para determinar um caso de prisão de ventre, mas utiliza-se como referência para o funcionamento do intestino normal de 2 a 12 vezes por semana. Porém, os organismos funcionam de forma particular, o que pode levar a desconsideração de números. A prisão de ventre também pode ser identificada por esforços excessivos para realizar a evacuação.

Causas da prisão de ventre

  • Uma das causas mais comuns é a adoção de dietas com baixo consumo de fibras. O consumo de alimentos deve ser equilibrado e se você já possui dificuldades para manter o funcionamento do intestino regular, não adote dietas com desequilíbrios entre os grupos alimentares.
  • A ingestão de alimentos industrializados e de proteínas de origem animal também influencia de forma negativa para o funcionamento intestinal.
  • O funcionamento irregular do intestino pode ser sintoma para diversas doenças e servir até para identificar distúrbios metabólicos.
  • Distúrbios psicológicos também podem influenciar no funcionamento do intestino, e assim resultar na prisão de ventre, como a ansiedade, estresse e depressão.
  • O baixo consumo de líquidos é uma das causas mais comuns para o mau funcionamento do trânsito intestinal.
  • Sedentarismo e baixa frequência de atividades físicas reduzem o funcionamento da flora intestinal.

Sintomas

Abaixo você poderá conhecer alguns dos sintomas que ajudam na identificação e reconhecimento de casos de prisão de ventre.

Publicidade
  • Fezes ressecadas, duras e de pouco volume
  • Poucas evacuações
  • Inchaço abdominal
  • Gases
  • Dores ao tentar evacuar

Beba água

A constipação intestinal pode ser evitada com a adoção de simples métodos, como a ingestão de pelo menos 2 litros de agua por dia. Os líquidos atuam diretamente para o bom funcionamento do metabolismo, e consequentemente refletem de forma positiva na eliminação de toxinas pela evacuação das fezes.

Controle o consumo de álcool

A ingestão de líquidos é fundamental para manter o funcionamento intestinal regular, mas atente, priorize bebidas naturais. Evite o consumo de álcool, eles influenciam de forma negativa, pois podem causa a desidratação das fezes.

Alimentos que auxiliam no funcionamento regular do intestino

Deve-se optar pelos tratamentos naturais para buscar o equilíbrio da flora intestinal, o uso de medicamentos é aconselhável apenas em último caso e após a avaliação de um médico de confiança. Baseado nisso, busque alternativas nas refeições em alimentos que induzem ao funcionamento ideal. Pode-se buscar opções de alimentos funcionais abaixo:

  • Mamão
  • Ameixa
  • Linhaça
  • Abóbora
  • Café
  • Aveia
  • Soja
  • Lentilha
  • Verduras e legumes

Gestantes

Em média de 30% a 40% das gravidas sofrem com a prisão de ventre na fase da gestação. O bloqueio ocorre pela pressão do útero contra o reto e os hormônios produzidos durante esse período. Gestantes devem conversar com seus médicos, pois a prisão de ventre pode oferecer maiores desconfortos e resultar até em hemorroidas. Recomenda-se evitar a suplementação vitamínica que contenha Ferro, pois contribui para a constipação intestinal. Não só a prisão de ventre, mas em casos de hemorroidas, ambos os desconfortos melhoram após o nascimento do bebê.

Bebês

A prisão de ventre é rara entre bebês de 0 a 3 meses. É comum ocorrer a constipação na transição de alimentos, quando ocorre a ingestão de novos alimentos para a criança. O baixo consumo de líquidos também influencia negativamente no trânsito intestinal. O movimento conhecido como bicicletinha pode auxiliar na prisão de ventre de bebês. Leves pressões 3 dedos abaixo do umbigo também induzem ao relaxamento abdominal, também podem influenciar positivamente para o trânsito intestinal.

Exercícios físicos

O sedentarismo é uma das causas da prisão de ventre. Se a constipação não cessar, adote hábitos saudáveis. Os exercícios físicos influenciam positivamente no trânsito intestinal. Caminhadas e musculação são os mais procurados para beneficiar a saúde.

Sintoma de doenças

A prisão de ventre é um sintoma que pode auxiliar no reconhecimento e diagnóstico de diversas doenças. É importante que hábitos saudáveis sejam adotados para que o impacto seja o menor possível, podendo assim proporcionar um melhor condicionamento para os tratamentos posteriores. Dentre as doenças que podem ser identificadas pela prisão de ventre, podemos destacar as seguintes:

  • Hipotireoidismo
  • Câncer de colón
  • Distúrbios mentais
  • Doenças e distúrbios neurológicos
  • Adoção de determinados medicamentos
  • Doenças intestinais como a síndrome do intestino irritável

Busque orientação médica

Se você convive com esses desconfortos abdominais, já buscou alternativas com alimentação equilibrada e rica em fibras ou adotou os exercícios físicos, e ainda assim não obteve melhora, busque acompanhamento médico. O profissional da saúde poderá orientar a forma mais segura para você conquistar o equilíbrio da flora intestinal.

Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)

Publicidade

Você possui prisão de ventre? Qual acredita que pode ser a maior causa para isso? O que você faz para contornar essa condição? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Publicidade

3 comentários

  1. não sei mais o que fazer estou numa dieta tremenda direcionada por uma nutricionista mudou todo meu ritmo de vida ,ja me tiraram tudo que eu achava que era bom,ex pães,leite e os derivados do leite,frituras,carne vermelha e outros tantos,sim eu tive colesterol alto um começo de diabetes,meu coração começou a ter inchaços meu pulmão passou a ter gordura,de tal forma que cheguei ir parar no hospital co suspeita de peunamonia mas minha cardiologista disse que não meu caso era tao somente peso em exesso,tenho 50 anos ,1.60 de altura e estava pesando 87 quilos que agora ja chegam a 99 quilos estou desesperada preciso de ajuda tudo é muito caro não posso gastar com mais nada estou perto de entrar para uma depressão o que faço me ajude por favor

  2. Boa noite!
    Eu tenho um filho de 8 anos e ele sofre de prisão de ventre e eu não sei mais.o que fazer, já dei tudo que me ensinam pra dá mais não vejo resultado, será que vcs podem me ajudar?

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*