Home » Dieta » Alimentos Para Dieta » 17 Comidas Afrodisíacas Mais Famosas

17 Comidas Afrodisíacas Mais Famosas

Comidas afrodisíacas

Para muitas pessoas, há duas coisas que estão sempre presentes em suas mentes: comida e sexo, e não é de se admirar que elas andem de mãos dadas. As comidas afrodisíacas têm sido usadas por muitas culturas, desde os antigos persas até os astecas, para impulsionar o desejo sexual.

  Continua Depois da Publicidade  

O nome “afrodisíaco” vem de Afrodite, a deusa grega do amor e da beleza, e parece que muitos dos alimentos afrodisíacos que são consumidos até hoje têm sua origem naquela época, enquanto que outros mais estranhos e não tão apetitosos perderam a popularidade ao longo dos anos, como é o caso da mosca espanhola, sangue de cobra, baiacu japonesa e urina de babuíno, que já foram ingeridos na esperança de uma vida sexual mais agitada.

Mas e aquelas que são consideradas as favoritas até os dias de hoje? Saiba agora quais são as 17 comidas afrodisíacas mais famosas.

1. Pimentas vermelhas

A capsaicina, uma substância química encontrada em pimentas vermelhas, aumenta a circulação sanguínea e estimula as terminações nervosas, fazendo com que você se sinta mais excitado.

Diana Hoppe, médica e autora do livro Healthy Sex Drive, diz que a capsaicina, responsável por fazer com que as pimentas sejam picantes, estimula as terminações nervosas da língua, liberando epinefrina (adrenalina) – um produto químico que aumenta a frequência cardíaca e libera endorfinas (opiáceos naturais encontrados em seu corpo).

  Continua Depois da Publicidade  

2. Noz-moscada

Ainda faltam mais evidências científicas em relação às qualidades afrodisíacas da noz-moscada, mas esse tempero tem sido usado como um analgésico leve para estimular o sistema circulatório e aumentar o fluxo sanguíneo – o que certamente não pode prejudicar o seu desejo sexual.

Além disso, um estudo descobriu que a ingestão de noz-moscada aumentou os comportamentos de acasalamento em camundongos. Infelizmente, não há evidências de que o mesmo efeito se aplique aos seres humanos, mas mesmo assim, é considerada uma comida afrodisíaca.

3. Chocolate

Os maias adoravam o cacaueiro e chamavam o chocolate de “alimento dos deuses”. Diz a lenda que o líder asteca Montezuma bebia 50 xícaras de chocolate derretido todos os dias porque acreditava que isso aumentaria as suas habilidades sexuais.

Até hoje, este doce é considerado quase que sinônimo de amor, seja em forma de presente tradicional, como é o caso a famosa caixa de bombom, ou como presentes mais picantes como óleo e tinta corporal de chocolate que são muito populares nos sex shops.

Seu vínculo com o romance e a sedução está tão arraigado na cultura que talvez nem importe muito se de fato o chocolate tenha algum efeito que favoreça a paixão. A boa notícia é que todo esse conhecimento pode ter pelo menos uma pequena prova científica: algumas pesquisas (e legiões de chocólatras) sugerem que o chocolate pode melhorar o humor em geral e aliviar o estresse.

O chocolate escuro ou chocolate amargo também contém certos compostos que elevam o humor, como a feniletilamina, que estimula a serotonina, e a cafeína, que é um estimulante. E isso, por sua vez, pode ajudar as pessoas a entrar no clima.

  Continua Depois da Publicidade  

4. Ginseng

Estudos descobriram variedades asiáticas e americanas da erva Ginseng que ajudam a libido e o desempenho sexual. O Dr. Josh Aze, doutor em quiropraxia, médico certificado de medicina natural e nutricionista clínico, explica: “Ginseng provavelmente afeta o sistema nervoso central, alterando os hormônios durante o processo”.

5. Mel

Hipócrates, na Grécia Antiga, costumava prescrever o mel para o vigor sexual. Este “ouro líquido” é uma das principais comidas afrodisíacas porque contém boro, mineral que ajuda a regular os níveis hormonais, e o óxido nítrico, que ajuda a aumentar o fluxo sanguíneo durante a excitação. O óxido nítrico também ajuda a abrir os vasos sanguíneos envolvidos na criação de ereções e ingurgitamento clitoriano.

6. Açafrão

Existem algumas evidências impressionantes em relação ao efeito do açafrão no desejo sexual, e a história deste alimento afrodisíaco remonta a Cleópatra, que supostamente se banhava em leite com infusão de açafrão devido às suas qualidades afrodisíacas.

  Continua Depois da Publicidade  

Estudos recentes mostraram também que o açafrão ajuda a aumentar a motilidade dos espermatozoides em homens inférteis e pode diminuir alguns dos efeitos colaterais sexuais causados pela ingestão de certos antidepressivos.

7. Vinho tinto

O vinho tinto possui um poderoso antioxidante, o resveratrol, que ajuda a diminuir a inflamação e aumenta o bombeamento de sangue.

8. Ostras

Das bananas aos figos, os alimentos que se assemelham aos órgãos genitais das pessoas há séculos vêm sido apresentados como comidas afrodisíacas. No caso das ostras, primeiramente elas ganharam essa reputação por serem um alimento do mar, e pasme, principalmente porque têm a forma dos órgãos genitais femininos, embora algumas pessoas também afirmem que seu paladar escorregadio acrescenta um certo toque especial à refeição.

No entanto, as ostras contêm altos níveis de zinco, que pode melhorar o desejo sexual aumentando a produção de testosterona. Elas também contêm tirosina, um nutriente que ajuda na produção de dopamina, cujos baixos níveis são conhecidos por afetar a libido.

Não está claro quantas ostras alguém tem que comer para fazer alguma diferença entre quatro paredes, mas você pode tentar descobrir.

9. Amêndoas e castanhas

As amêndoas e castanhas no geral são excelentes fontes de ácidos graxos benéficos, como por exemplo o ômega-3, que ajuda na produção de hormônios. A Dra. Hoppe também acrescenta que o aroma das amêndoas costuma despertar paixão nas mulheres.

10. Banana

A Dra. Hoppe diz que as bananas contêm a enzima bromelina, e acredita-se que essa enzima pode aumentar o desejo sexual dos homens, e seus altos níveis de potássio, riboflavina e vitamina B2 são super importantes para manter os seus níveis de energia lá em cima.

11. Melancia

A melancia é uma fruta rica em citrulina, um fitonutriente que aumenta a quantidade de ácido nítrico no corpo, o que consequentemente aumenta o fluxo sanguíneo, o relaxamento dos vasos sanguíneos, a atividade sexual e a excitação.

12. Morangos

A lenda diz que os morangos se originaram das lágrimas em forma de coração de Afrodite, Deusa do amor, depois que ela soube da morte do seu amante Adonis. Porém, hoje em dia os morangos são considerados comidas afrodisíacas porque são ricos em vitamina C, que é importante para a produção de hormônios sexuais e neurotransmissores químicos no cérebro que aumentam a libido. Além disso, a vitamina C pode ajudar a manter o seu sistema imunológico saudável.

13. Aspargos

A alta quantidade de vitamina E presente no aspargo pode aumentar o fluxo de sangue e oxigênio para os órgãos genitais, explica a Dra. Hoppe. Existem também altos níveis de potássio – que está ligado à produção de hormônios sexuais.

14. Figos

Acredita-se que eles sejam comidas afrodisíacas por serem um estimulante sexual, já que são ricos em aminoácidos que aumentam a resistência sexual, bem como a libido.

15. Abacate

Em asteca a palavra “ahuacatl” significa testículo, e de acordo a Dra. Hoppe, os abacates contêm altos níveis de ácido fólico, vitamina B9 (que fornece mais energia para o corpo) e vitamina B6 (que ajuda a aumentar a produção de testosterona. Por isso, além do seu nome sugestivo, ele é considerado uma das comidas afrodisíacas mais famosas.

16. Salmão

A Dra. Hoppe diz que o salmão é uma das principais comidas afrodisíacas pois é rico em ácidos graxos ômega-3, o que é importante não apenas para a saúde do coração, mas também ajuda a sua libido, fornecendo o que é necessário para a produção de estrogênio, testosterona e progesterona.

17. Café

Similar ao chocolate, a cafeína presente no café aumenta a resistência e pode elevar o humor, além de aumentar os níveis de dopamina no cérebro, o que aumenta consequentemente o desejo e o prazer.

Esse são as 18 comidas afrodisíacas mais famosas, e com certeza várias delas são acessíveis e muito fáceis de encontrar. Agora, basta testar os seus efeitos afrodisíacos.

Você acredita que realmente essas comidas afrodisíacas possam aumentar a libido e o desejo sexual? Pretende incluir em sua dieta e do seu ou sua parceira para esquentar o clima? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite
  Continua Depois da Publicidade  


ARTIGOS RELACIONADOS

Um comentário

  1. realmente acredito. isso porque ja tive experiencias com alguns deles e funcinou

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*