5 dicas para te ajudar na luta contra algum vício

Especialista da área:
atualizado em 11/03/2021

Enquanto alguns vícios são mais graves, envolvem substâncias ilícitas e exigem um tratamento profissional completo, outros parecem mais leves. Mas, nem por isso deixam de ser prejudiciais à saúde. Por exemplo, o vício em doces pode causar o ganho de peso e problemas de saúde.

  Continua Depois da Publicidade  

Ao mesmo tempo, o vício em jogos de azar pode fazer com que uma pessoa entre em dívidas e o vício em trabalho, redes sociais ou games pode impedir que alguém tenha tempo para se dedicar à sua família. Ou seja, nenhum tipo de vício é bom.

Por isso, hoje vamos apresentar cinco dicas que, segundo a Harvard Health Publishing (Publicação de Saúde de Harvard, tradução livre), foram apontados em pesquisas como capazes de ajudar o processo de abandono de um vício.

1. Marque uma data para parar

Data

Escolher uma data importante como o seu aniversário, o dia do seu casamento, o dia que seu filho nasceu ou outro evento especial como a data em que você vai parar com o vício pode servir de motivação.

Mas, ao escolher o dia, avalie se ele não está muito próximo ou muito distante e selecione uma data realista, um prazo que você consiga cumprir. Se estiver muito perto, você pode não conseguir, mas se estiver muito longe, há o risco de se acomodar.

2. Livre-se do que te lembra o vício

A ideia é tirar de perto qualquer coisa que te lembre o vício em questão. Em outras palavras, é te manter longe de tudo aquilo que faz você pensar no vício.

Por exemplo, o seu problema é com as bebidas alcoólicas? Então, tire qualquer tipo de álcool, abridor de garrafas, taças e saca-rolhas dos ambientes em que você fica.

Já se o problema for a jogatina, a dica é esconder os jogos de cartas, bilhetes de loteria ou fichas de pôquer. Se o vício for em doces, deixe as guloseimas bem no fundo do armário, para que não se depare com elas ao buscar algo para comer.

Conheça outras dicas para abandonar o vício em doces.

Além disso, peça para as pessoas que convivem com você que não tragam, mostrem ou digam nada que possa lembrar o vício. Outra atitude que pode ajudar é deixar de seguir os perfis nas redes sociais que possam te fazer pensar nele ou desejar o vício em questão.

  Continua Depois da Publicidade  

3. Encontre distrações saudáveis

Caminhar

Para não ceder ao desejo de recair no vício, procure ter distrações saudáveis que te ajudem a se manter ocupado até a vontade passar.

Por exemplo, dar uma caminhada, andar de bicicleta, conversar ou ligar para algum parente ou amigo, preparar um prato na cozinha, escrever ou dançar. A atividade ideal vai depender dos seus gostos pessoais e até do seu vício, já que não dá para escolher algo que te lembre dele.

4. Reanalise suas tentativas passadas

Reflita sobre as outras vezes em que você tentou abandonar o vício e pense no que deu e no que não deu certo. Leve em conta nesta análise aquilo que te fez ter uma recaída e faça as mudanças necessárias para não repetir os mesmos erros.

5. Construa uma rede de suporte

Conte aos seus amigos e parentes que você está tentando abandonar o vício e peça que eles te apoiem e encorajam. Peça que eles não usem ou façam alguma coisa que possa te lembrar do seu vício enquanto estiverem perto de você.

Outro ponto muito importante dentro de uma rede de suporte é ter um acompanhamento profissional, mesmo que não se trate de um vício ilícito ou que represente perigos mais graves para sua vida e saúde.

Vale muito a pena buscar a ajuda de um psicólogo e/ou psiquiatra para encontrar um método especialmente eficiente contra o seu vício. O profissional ou os profissionais saberão avaliar o seu caso e indicar o que pode e o não pode funcionar para você em particular.

O atendimento profissional individualizado é importante porque nem sempre o que deu certo para alguém que você conhece dará certo para você.

Além disso, em alguns casos pode ser preciso usar medicamentos para amenizar o processo ou aumentar as chances de sucesso que só um profissional pode prescrever e indicar como usar.

  Continua Depois da Publicidade  

Confira nos vídeos a seguir as dicas da nossa nutricionista para se livrar do vício por açúcar e doces e parar de beber refrigerante.

Fontes e referências adicionais

Você possui algum vício que precisa ser superado? O que achou das dicas? Então, comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dr. Rafael Ferreira de Moraes

Dr. Rafael Moraes é Psiquiatria - CRM 52.98866-9. Formou-se em Medicina pela Universidade do Grande Rio Professor José de Souza Herdy em 2013. Pós-graduado em Psiquiatria pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, onde atuou nos atendimentos ambulatoriais da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro e Casa de Medicina da PUC-Rio. Atualmente, exerce sua especialidade em três municípios do estado do Rio de Janeiro: Teresópolis, Magé e Rio de Janeiro, capital. Dr. Rafael é a promessa da Psiquiatria atual, jovem, que preza pelo acolhimento ao paciente unido ao que há de mais recente nesta área em constante evolução. Para mais informações, entre em contato com ele em sua conta oficial no Instagram (@rafafmoraes)

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário