5 Maiores Erros no Treino em Casa e Como Evitá-los

Especialista:
atualizado em 16/01/2020

Seja porque você não gosta da agitação da academia (o que muitas vezes significa ficar esperando muito mais que o desejado por um único aparelho) ou então porque a mensalidade ainda não cabe no bolso, o treino em casa pode acabar sendo uma boa opção para ficar em forma sem precisar sair do conforto do lar.

Mas assim como na academia não existe muita calma e a espera pode ser grande, do mesmo modo em casa não existe um espelho gigantesco nem há um instrutor para orientá-lo quanto à execução correta dos exercícios. Então, o que parecia uma grande vantagem pode atrapalhar seus ganhos e até mesmo causar lesões.

Mas tenha calma, pois isso não significa que você não deva treinar em casa: basta apenas prestar atenção a algumas dicas para evitar os erros comuns que você possa estar cometendo sem saber e que podem ser facilmente evitados.

Saiba quais são eles e comece a treinar de maneira adequada para obter melhores resultados com seus exercícios – sem precisar correr o risco de se lesionar.

1. Não treinar

Workout-Excuses-410x290

As grandes vantagens do treino em casa – comodidade e disponibilidade (você treina a hora em que quer) – podem ser também as maiores desvantagens. A mensalidade da academia costuma trazer consigo uma certa obrigação de frequência, que ainda que não seja obviamente verdadeira é psicologicamente correta. O fato de estar pagando pela academia pode deixá-lo com sentimento de culpa por desperdiçar o dinheiro caso opte por não ir regularmente à academia.

Já o treino em casa não traz consigo esse remorso, uma vez que se você não treinar não haverá prejuízo- financeiro, pois certamente haverá uma perda no seu condicionamento e um atraso na realização dos seus objetivos.

Como evitar:

  • Se fazer atividade física já exige muita disciplina, o que dizer do treino em casa? Além das inúmeras distrações ao seu redor, é muito fácil chegar em casa e acabar se convencendo de que está muito cansado para treinar. Para evitar que isso aconteça, programe-se com antecedência e já deixe anotado em sua agenda (e de preferência em algum lugar que você possa ver diariamente, como um quadro ou anotação na geladeira) os dias em que deve treinar;
  • Comunique a todos da sua família com antecedência sobre seus treinos e fale sobre a necessidade de não ser incomodado por qualquer motivo;
  • Ligue sua música favorita e prepare-se (com aquecimento e alongamento) como se estivesse na academia, e não se esqueça de deixar as distrações de lado (celular, computador, etc). Foque no seu treino, e respeite os intervalos entre um exercício e outro.

2. Não ir até o limite

É claro que é muito mais fácil ter disposição para ir até o final da série quando tem uma porção de gente olhando, mas se você não se forçar, vai acabar trapaceando com mais frequência e quando se der conta suas repetições terão diminuído e você não estará obtendo mais nenhum benefício do treino em casa.

Como evitar:

  • Infelizmente nós seres humanos somos egocêntricos, e ser admirado faz bem para a musculatura, já que acaricia o ego. Mas você tem que pensar que está malhando para você, e que se você falhar em ir até o final, não vai obter nenhum ganho a partir do seu esforço;
  • Mantenha a concentração e imagine-se com o corpo que você está procurando construir e que estará cada vez próximo se você se esforçar e não desistir.

3. Dispensar o Personal Trainer

Squat-Exercise

Ainda que você não frequente a academia devido ao alto preço das mensalidades, o serviço de um personal trainer no início do treino em casa pode ser fundamental para você aprender a fazer corretamente os exercícios base e conseguir obter ganhos visíveis sem correr o risco de se lesionar.

Apenas um ou dois meses já podem ser mais do que suficientes para você começar a construir aquilo que será o alicerce do seu treino e a partir daí começar a fazer mudanças por conta própria. Outro grande benefício de se contratar um personal logo no início do treino em casa é que ele poderá orientá-lo quanto aos equipamentos que você pensa em comprar – sejam eles mais simples, como anilhas e cordas, até mais complexos, como esteiras e máquinas.

Como evitar:

  • Pense que um ou dois meses de personal vai acabar saindo infinitamente mais barato que um ano de treino na academia, e que afinal de contas você está fazendo um investimento, e não um gasto. Além de aprender a melhor técnica para cada exercício, você pode ainda economizar muito tempo, pois de que adianta você treinar todos os dias em casa e depois de vários meses não apresentar nenhum resultado?
  • Lembre-se, portanto. que ao investir em um profissional da área de educação física você estará fazendo bom uso não só do seu dinheiro como do seu tempo.

4. Falta de Motivação

home

Quem está acostumado com a grande variedade de equipamentos da academia pode se sentir um pouco frustrado ao treinar em casa com menos recursos à disposição. Mas você já ouviu falar que mais nem sempre é igual a melhor? Pois então, vamos ver o seguinte.

Quantos aparelhos da academia você realmente utilizava com regularidade? Ou então quantas vezes você alternou a esteira com o elíptico e depois com o spinning? Poucas, não é mesmo?

A grande maioria das pessoas que frequenta a academia se limita a alguns poucos aparelhos, e a boa notícia é que com criatividade é possível reproduzir em casa boa parte dos exercícios oferecidos na academia. E sem contar que anilhas e o peso do próprio corpo podem ser melhores para o desenvolvimento muscular que boa parte das grandes máquinas sofisticadas.

Como evitar:

  • A rotina e a repetição dos exercícios é uma das grandes culpadas pela falta de motivação no treino em casa. A melhor maneira de evitar que isso ocorra com você é procurar variar o treino a cada semana, sempre encaixando exercícios novos;
  • Se você vai treinar glúteos, por exemplo, existem inúmeras maneiras de fazer agachamento em casa – não precisa ficar sempre repetindo o mesmo exercício clássico. Ou então para o treino de abdominal, que tal um dia utilizar a bola suíça, e no outro o colchão no chão, e depois outro exercício funcional?
  • Outra dica para evitar o desânimo é se preparar para o treino como se estivesse indo à academia: vestir as roupas adequadas, colocar suas músicas preferidas para tocar e deixar as distrações da porta para fora;
  • E de vez em quando, por que não convidar um amigo ou amiga para treinar em casa com você? Além de sair da rotina, você se sentirá mais motivado e com mais energia para manter a rotina.

5. Não ter um local adequado para treinar

images

É claro que o sonho de todo mundo é ter uma academia em casa igual à das celebridades, com as últimas novidades em aparelhos, dezenas de anilhas e uma sala de fazer inveja a muitas academias. Infelizmente, no entanto, essa não é a realidade de grande parte de nós mortais, que não dispomos de um cômodo livre só para deixar os equipamentos de malhação.

Isso não significa, no entanto, que você deva treinar no sofá enquanto alguém assiste TV ou as crianças brincam no chão. Além das distrações, você não estará no “clima” de se exercitar, e muito provavelmente o treino em casa não irá render como deveria.

  • Mesmo que você não disponha de um lugar amplo para fazer uma mini academia em casa tente pelo menos organizar um pequeno espaço onde você poderá se exercitar sem ter que se preocupar com móveis ou pessoas interrompendo seu treino. Pode ser no quintal, no chão do quarto, ou mesmo na sala, desde que aquele seja o seu espaço durante o treino em casa;
  • Para quem tem um pouco mais de espaço, o ideal é criar o “cantinho do treino”, um local onde ficam todos os seus equipamentos e onde você sabe que será possível treinar de verdade como se estivesse na academia. Isso não significa somente ter mais equipamentos, mas sim ter um espaço que permanentemente te lembre de treinar e que esteja associado à atividade física.

Você tem condições de manter um treino em casa com frequência? Tem vontade de fazer isso em vez de se matricular numa academia? Por quê? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Francisco Santana

Francisco José Santana é personal trainer, formado pela Univer Cidade RJ 2007, com certificação CORE360º treinamento funcional, Certificação Internacional FNS I e II em avaliação funcional, especializações em suplementação nutricional esportiva, Crosstraining - Scientific Sport, Cineantropometria aplicada, Primeiras ações em emergência, Prevenção de Doenças Laborais, Musculação, Ginástica Corretiva, Spinning (Johnny G), Técnica de Tecidos Moles - Miofacial, e Inteligência Emocional - ASICC

Deixe um comentário

1 comentário em “5 Maiores Erros no Treino em Casa e Como Evitá-los”

  1. Eu treino em casa para falar a verdade. Sou professora em 3 escolas e por conta das ocupações da minha vida o tempo de ir até a academia se tornou muito complicado. O treino, associado a uma reeducação alimentar e muito apoio da minha família – respeitando o meu momento de treino- estão surgindo um efeito muito bom, não apenas estético, mas o sono melhorou muito e a disposição para concluir as minhas atividades diárias aumentaram.