A Eletrolipoforese Funciona Mesmo?

Especialista:
atualizado em 11/07/2020

A eletrolipoforese é um procedimento estético que foi desenvolvido para diminuir a celulite e os depósitos de gordura sob a pele. Você verá a seguir sobre como é esse procedimento, sobre como funciona uma sessão, quais as contraindicações e se a eletrolipoforese funciona mesmo.

Segundo profissionais que trabalham com o procedimento, a eletrolipoforese é uma maneira prática de queimar gordura localizada utilizando somente correntes elétricas de baixa voltagem, que em tese não deveriam causar desconforto.

Como no entanto a prática envolve a utilização de agulhas, a palavra conforto talvez não seja a mais indicada para estar associada ao tratamento – embora muitas pessoas digam que as picadas são superficiais e praticamente indolores.

Para quem está tentando fazer o tratamento, veja primeiramente do que se trata, como é e se a eletrolipoforese funciona mesmo.

Quase 90% das mulheres são afetadas com a celulite. Seja por motivos hormonais, genéticos ou pela influência da alimentação, é possível acabar com elas de vez. Se você quer realmente se livrar dessas amigas indesejadas, você precisa conferir como tirar a celulite com tratamentos estéticos.

Massagens modeladoras, endermologia e a própria eletrolipoforese são apenas alguns exemplos desses procedimentos para acabar com a celulite. Você pode conferir um pouco mais sobre os tratamentos para celulite mais procurados em clínicas e descobrir se eles realmente funcionam.

O que é?

Também conhecida como eletrolipólise, a eletrolipoforese é uma técnica que atua na pele e na musculatura, sendo destinada ao tratamento de gorduras localizadas e à diminuição da celulite. A eletrolipoforese funciona através do uso de micro-corrente específica de baixa frequência (25 Hz) que age diretamente nas células de gordura (adipócitos) atacando os triglicérides e favorecendo sua rápida eliminação pelo sistema linfático na forma de ácidos graxos livres.

Se você é do tipo de pessoa que prefere tratamentos menos invasivos ou está procurando soluções mais baratas, saiba que o chá branco, o chá de calêndula e até o chá de urtiga são ótimos para isso. Você vai gostar de conhecer os 12 melhores chás para celulite.

Mas se você é do tipo de pessoa que prefere acreditar em métodos mais tradicionais, pode optar por soluções como o colágeno bioativo ou creme de retinol, por exemplo. Não deixe de conhecer os 17 remédios mais usados para celulite.

Como a Eletrolipoforese Funciona?

A eletrolipólise atua através de três mecanismos principais:

  • Quebra das moléculas de gordura: a frequência enviada pelos eletrodos tem a capacidade de quebrar os triglicérides em ácidos graxos livres. Enquanto as triglicérides não conseguem passar pela membrana celular e ficam retidos dentro da célula, os ácidos graxos livres podem passar facilmente pela parede celular, o que abre caminho para que sejam transportados para fora pelo sistema linfático.
  • Aumenta a circulação sanguínea: com um melhor funcionamento do sistema circulatório, há um aumento na função do sistema linfático, que pode eliminar o excesso de líquidos e diminuir o inchaço.
  • Estimula o metabolismo celular local: ao trabalhar ondas específicas, a eletrolipólise facilita a queima de gorduras localizadas.

Veja uma explicação no vídeo abaixo de como a eletrolipoforese funciona:

Como é a sessão de eletrolipoforese

Um aparelho de TENS ligado a agulhas de acupuntura é utilizado para passar a corrente elétrica pela área do corpo a ser tratada, que em geral fica na região abdominal. As agulhas são colocadas em pares, devendo ficar de 4 a 5 cm distantes umas da outras. O aparelho é então ligado e regulado de acordo com o limite de cada paciente: o objetivo é sentir uma espécie de formigamento, que não deve chegar ao desconforto da dor.

Durante 30 ou 40 minutos, a área com as agulhas ficará submetida à micro corrente de baixa frequência, que atuará diretamente nas células de gordura, quebrando os triglicérides e também destruindo tramas de tecido conjuntivo responsáveis pela formação da celulite.

Indicações

O tratamento com eletrolipoforese é indicado no combate à celulite e como tratamento auxiliar para a queima de gordura localizada. Eventualmente, a eletrolipoforese também pode ser indicada como um complemento para a lipoaspiração, sendo utilizada após a cirurgia, com o objetivo de reduzir o inchaço.

Contraindicações

Como se trata de um procedimento invasivo, gestantes e lactantes devem evitar o tratamento com eletrolipoforese. Outras condições em que o procedimento é contraindicado:

  • Hipertensão;
  • Hipoglicemia;
  • Diabetes;
  • Marcapasso;
  • Hipotireoidismo;
  • Lesões na pele (na área a ser tratada);
  • Epilepsia;
  • Insuficiência renal;
  • Osteoporose;
  • Uso de medicamentos corticóides, progesterona ou betabloqueadores;
  • Câncer;
  • Mioma uterino.

Número de sessões

Cada sessão de eletrolipoforese dura, em média, de 30 a 40 minutos. Não existe um número exato de sessões que seja igual para todos, pois a eletrolipoforese funciona de forma individualizada para cada paciente, e deverá levar em consideração suas necessidades e objetivos específicos. Como regra geral, os profissionais costumam sugerir um tratamento mínimo de 6 sessões, sendo pelo menos uma por semana.

Resultado

Como o efeito do tratamento pode levar algumas semanas para ser notado, recomenda-se que o trabalho final seja avaliado somente 45 dias após a última aplicação. É esperado que após esse período o paciente possa notar uma diminuição nas medidas localizadas e também uma melhora na tonicidade da pele na região tratada.

Embora não seja possível precisar a quantidade, é também plausível esperar uma diminuição no peso corporal – que pode, no entanto, ser resultante não somente da queima de gordura mas também da eliminação do excesso de líquidos no corpo.

Afinal de contas, a eletrolipoforese funciona mesmo?

Assim como ocorre com os demais tratamentos estéticos, a eletrolipólise pode ser utilizada como parte de um conjunto de medidas para eliminar a celulite e queimar gordura localizada, mas não deve ser encarada como um tratamento milagroso. Associar o tratamento à drenagem linfática também pode ser uma boa ideia, uma vez que a massagem irá auxiliar na eliminação do excesso de líquidos e levará a uma maior redução das medidas.

É importante levar em consideração ainda a resposta individual ao tratamento: enquanto a técnica pode trazer ótimos resultados para algumas pessoas, para outras ela pode não ter o mesmo efeito. Vale a pena, portanto, fazer uma consulta com um dermatologista e conversar sobre seus objetivos para saber se a eletrolipoforese é o tratamento mais indicado para as suas necessidades.

A maneira mais eficiente para queimar gordura ainda é através da atividade física, que tem a vantagem de eliminar a gordura do corpo todo, e não somente de uma área específica. Correr, caminhar com agilidade, andar de bicicleta, fazer treino intervalado de alta intensidade, são algumas das opções para você encaixar na sua rotina e que poderão ajudá-la a perder peso sem gastar muito e sem precisar passar pelo desconforto das agulhas.

Dicas

Ainda que funcione, a eletrolipoforese é somente um tratamento externo que não ataca a causa do problema e não substitui uma alimentação adequada e a prática regular de atividades físicas. Lembre-se de que a pele é o nosso filtro, e tudo o que aparece no exterior é uma consequência daquilo que consumimos na forma de alimentos e suplementos. Ou seja, se você consome muita fritura, refrigerante, açúcar, pão e farinha branca, esse excesso irá aparecer não somente na forma de ganho de peso, mas também como flacidez e celulite na pele.

Caso seu objetivo seja queimar gordura e diminuir as medidas, é fundamental que você mantenha uma dieta hipocalórica: consuma menos calorias do que gasta todos os dias. Para quem pensa em utilizar a eletrolipoforese para diminuir a celulite, a dica é aliar a técnica a uma dieta que inclua muita água, frutas e verduras frescas. E, é claro, o mínimo possível de alimentos altamente processados.

Outro vilão da boa forma é o sal, que retém líquido e causa grande inchaço no organismo. Portanto, se você quer reduzir suas medidas, o primeiro passo é reduzir drasticamente seu consumo de sódio, lembrando que o mineral não está presente somente no saleiro: molhos, bolachas, alimentos enlatados e congelados são ricos em sal, e seu consumo diário deve ser evitado.

Você conhece alguém que já tenha feito e ateste que a eletrolipoforese funciona mesmo? Tem vontade de realizar essa intervenção? E a necessidade real? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (57 votos, média: 3,72 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário

1 comentário em “A Eletrolipoforese Funciona Mesmo?”

  1. Fui gorda….fiz eletrolipo e amei…estava com o corpo dos meus sonhos…mas me apaixonei e engravidei, que foi de risco e engordei acredito q 35 kilos!! Mas consegui voltar ao meu corpo dos meus sonhos novamente…eu super recomendo eletrolipo…agora não posso fazer mais creio eu…beirando os 60 anos…hipertensa…