Mulher Apertando Celulite da Coxa

Tudo Sobre Celulite: Tipos, Causas, Tratamento e Dicas

A celulite é uma alteração de pele, frequentemente descrita como aparência de “casca de laranja”, de “colchão” ou de “covinhas” nas coxas, nádegas e, algumas vezes, no baixo abdômen de mulheres saudáveis. Embora alguns homens possam tê-la, de 90-98% dos casos de celulite ocorrem em mulheres. O nome originou-se da literatura médica francesa, há 150 anos atrás. O nome original, celulite, implica que é uma doença. Mas anos de estudo, atualmente, desaprovam esta teoria.

Na verdade, algumas das literaturas científicas referem-se a essa condição de alteração de pele como as “chamadas celulites”. Este artigo apresenta uma revisão abrangente sobre a celulite, respondendo muitas questões, discutindo causas e tratamento e provendo algumas dicas realistas de minimizar sua aparência.

O que é a Celulite?

Para melhor compreender o que é celulite, vamos começar a explicação com uma revisão da anatomia da pele. A camada mais externa da pele é chamada de epiderme. Imediatamente abaixo, encontra-se a derme, que é ricamente preenchida com folículos capilares, glândulas sudoríparas, vasos sanguíneos, receptores nervosos e tecidos conjuntivos.

A próxima camada de tecido é a primeira de três camadas de gordura subcutânea. É aqui onde, precisamente, nossa discussão irá focar, para descrever a celulite. A camada mais externa das gorduras subcutâneas tem sido descrita como “células reservatório de gordura” (adipócitos), separadas por tecido conjuntivo. Dessas células reservatório de gordura, pequenas porções se projetam para dentro da derme. Estas ondulações e irregularidades da gordura subcutânea dão à pele esta aparência “ondulada” que chamamos de celulite.

A razão de porque a celulite é raramente vista em homens (obesos e não obesos), é a de que, tanto a epiderme, a derme e a parte mais externa do tecido subcutâneo, são diferentes nos homens. Os homem possuem uma epiderme mais grossa e camadas de tecido dermal nas coxas e nádegas. Mais distinta ainda, a primeira camada de gordura, que é levemente mais fina nos homens, é montada em unidades poligonais, separadas por um tecido conjuntivo em cruz.

As diferenças na estrutura celular gordurosa subcutânea em homens e mulheres ocorrem durante o terceiro trimestre do desenvolvimento fetal e são manifestadas no nascimento. Variações hormonais entre os gêneros explicam largamente esta divergência na estrutura da pele. Foi demonstrado que homens nascidos com deficiências hormonais, frequentemente, apresentam aparência subcutânea gordurosa, similar a mulheres.

Quais são os Tipos de Celulite?

Pesquisas indicaram dois tipos de celulite. O primeiro tipo advém de qualquer “depressão” ou “compressão” do tecido, nas coxas ou nádegas. Um exemplo disso é quando você vê aquela aparência de “colchão”, nas suas coxas, quando cruza as pernas ao sentar. Isto é muito típico do gênero feminino, em várias idades e sugere-se que é devido à compressão das células adiposas abaixo da pele. O segundo tipo de celulite é a de aparência de “colchão” ou de “casca de laranja”, que a mulher apresenta em posição normal ou quando deitada, a qual se refere como celulite.

O Que É o Tecido Conjuntivo na Derme?

O tecido conjuntivo na derme provê a moldura, o isolamento e a estabilidade da camada da derme, abaixo da epiderme. Ele oferece os necessários isolamento e estabilidade entre as várias organelas, permitindo sua adequada função, sem inibir as estruturas adjacentes. Ele é primariamente composto de colágeno, um tecido não elástico, com grande força tênsil, substância de base, e de tecido elástico, o que dá à pele a habilidade de se estender e retornar à sua constituição normal.

Você Tem que Ser Obeso para Ter Celulite?

Como a celulite ocorre largamente devido à conformação estrutural abaixo da pele, é frequentemente comum em mulheres muito magras. Entretanto, indivíduos que têm sobrepeso frequentemente vão desenvolver celulites mais pronunciadas, ao passo que aqueles com menos gordura e mais definição muscular, tendem a ter celulites menos visíveis.

Por Que a Celulite Tende a Piorar com a Idade?

Nas mulheres, a derme alcança sua máxima espessura aos 30 anos de idade. Em segundo lugar, a área dermal, que é unida pelo tecido conjuntivo, começa a afrouxar, em função do envelhecimento das fibras elásticas e de colágeno. Isto permite que mais células adiposas projetem-se na área da derme, acentuando a visão da celulite. Além disso, um aumento no depósito de gordura corporal subcutânea pode, frequentemente, refletir o estilo de vida de menos exercícios e alterações no consumo de dietas.

Por Que a Celulite é Mais Prevalente nas Coxas e nas Nádegas?

Já foi bem estabelecido que as mulheres de, modo geral, possuem porcentagem de gordura mais alta do que os homens. Por exemplo, uma faixa saudável de gordura corporal, para mulheres, é de 20-25% e uma faixa saudável de gordura corporal, em homens, é de 10-15%. As coxas e as nádegas femininas tendem a acumular mais dessa gordura corporal. Este tipo de depósito de gordura é caracteristicamente chamado de ginóide ou forma de pêra.

A gordura corporal é largamente acumulada devido às ações de uma enzima chamada de lipoproteína lípase (LPL). A LPL localiza-se nas paredes dos vasos sanguíneos, por todo o corpo. Ela funciona como uma enzima “regulatória”, que controla a distribuição de gordura, em vários depósitos no corpo. Foi demonstrado que mulheres possuem maior concentração e atividade de LPL na região dos quadris e coxas.

Por Que Não Vemos Celulite em Moças (Saudáveis ou Obesas)?

Mocinhas claramente apresentarão as celulites de “covinhas” e compressão, pois isso deve-se a um mecanismo estrutural. Entretanto, a celulite vista em pé ou deitada, não é, frequentemente, aparente em mulheres jovens. Embora haja pouca pesquisa a respeito nesta área, uma hipótese é que alterações hormonais, durante a puberdade, sejam causas para este fenômeno.

Quais os Mitos e Enganos mais Comuns Sobre da Celulite?

Numerosos mitos sobre a celulite tornaram-se populares na sociedade. Um dos mais conhecidos será agora esclarecido. Antes de mais nada, a celulite não é uma doença. Como explicado acima, celulite é formada pela estrutura de reservatórios celulares de gordura, localizados abaixo da derme. Em segundo lugar, embora a pele seja ricamente vascularizada com vasos sanguíneos, a celulite não é causada por vasos sanguíneos com problemas.

Além disso,  capilares enfraquecidos ou de circulação diminuída na área subcutânea não são causas da celulite. Algumas fontes sugeriram que seria uma afecção linfática ou uma condição hormonal anormal, porém não há suporte científico para essas afirmações. Entretanto, limitações em transporte e drenagem de fluidos podem contribuir para o surgimento da celulite. Hipóteses de que a celulite seja resultante de falta de resposta lipolítica do organismo, o que significa habilidade em quebrar gorduras para serem usadas como energia, também não foram confirmadas cientificamente.

A Celulite é Hereditária?

Como a estrutura de tecido de gordura subcutânea possui características típicas no gênero feminino, a questão correta deveria ser, na verdade, “o acúmulo de gordura é hereditário?”. Embora a porcentagem exata não seja totalmente clara em pesquisas, há um componente hereditário significativo no acúmulo de gordura.

Por Que a Celulite Afeta Algumas Pessoas Mais do Que Outras?

Há muita variação na anatomia geral e na anatomia da pele, de pessoa para pessoa. Mulheres apresentam quantidades de gordura subcutânea desiguais, bem como variáveis espessuras e densidades das camadas da pele chamadas derme e epiderme.

Por Que Mulheres que Perdem muito Peso Ainda Têm Celulite?

As células reservatórios de gordura não se alteram com a perda de peso. Para uma adaptação perfeita da pele à perda de peso, é recomendável que esta seja progressiva e não extrema. Também, a elasticidade da pele é melhor até as idades de 35 a 40 anos. Fibras elásticas e de colágeno retraem melhor em volumes menores (de perda de gordura), antes dessa idade cronológica.

A Cirurgia de Lipoaspiração Ajuda a Reduzir Celulite?

Muito pelo contrário! A lipoaspiração não é nada eficaz no tratamento de celulite e pode, inclusive, piorar a aparência ondulatória da pele.

Cremes Tópicos com Aminofilina Ajudam a Reduzir Celulite?

Aminofilina, cafeína e teofilina são membros de um grupo de bioquímicos chamados de metilxantinas, presentes em muito cremes para celulite. Esses agentes biológicos podem melhorar a habilidade do corpo em quebrar gordura armazenada, um processo chamado de lipólise. Entretanto, quando aplicados topicamente, um desafio inicial de qualquer creme é que ele seja capaz de penetrar na pele e na derme, e alcançar os tecidos gordurosos alvo, antes de ser absorvido pelo tecido.

Para serem efetivos, esses cremes para as coxas deveriam possuir suficiente concentração (na camada de gordura subcutânea) por um amplo período de tempo, o que, parcialmente, explica sua consequente ineficiência no tratamento da celulite. Por outro lado, estudos têm mostrado uma pequena redução na circunferência da coxa, com a utilização desses cremes, porém, alterações substanciais em celulite ainda não.

E os Cremes com Retinóides?

Os cremes com base retinóide têm mostrado aumento na densidade da epiderme da face, quando aplicado por anos. No momento, nenhum estudo de larga escala foi publicado sobre o tópico de retinóides para a remoção de celulite.

Algum tratamento Herbal funciona?

A base da maioria dos tratamentos herbais é melhorar a microcirculação na área da derme. É interessante notar que algumas pesquisas têm mostrado um leve declínio na circunferência da coxa, com tratamentos herbais mas com retorno ao normal quando cessada a aplicação.

Massagem ajuda a minimizar Celulite?

Técnicas de massagem e manipulação corporal são empregadas para aumentar a remoção dos fluidos na região da derme. Estas técnicas não removem a celulite, mas podem, temporariamente, apresentar algum efeito na redução da quantidade da aparência ‘ondulatória’.

E Métodos de Massagem Profunda de Pele, tipo Endermologia?

A endermologia (LPG, Fort Lauderdale, Fl) é uma técnica de massagem profunda, desenvolvida há 10 anos atrás, na França. O tipo de aparelho utilizado possui dois rolos ligados a um aparelho elétrico. Os usuários utilizam meias de nylon, para diminuir a quantidade de fricção. As sessões deste tratamento vão de 35 a 45 minutos de deslizamentos sobre a pele dos quadris, coxas, pernas, nádegas e estômago. O pequeno número de pesquisas publicadas sobre esse aparelho não mostra nenhuma eficácia legítima no tratamento de celulite.

Então, Quais são as Melhores Dicas Contra a Celulite?

Muitos estudos descrevem que atletas femininas, que geralmente possuem baixa taxa de gordura corporal, de modo geral, possuem menos celulite. Portanto, um plano de dieta de calorias restrita, que pode ajudar a reduzir um pouco da gordura corporal subjacente, deve ser implementado. Exercícios aeróbicos, de 3 a 5 vezes por semana, por pelo menos de 20 a 60 minutos, ajudam a criar um déficit calórico satisfatório.

Escolha uma modalidade de exercícios que goste, como caminhada, ginástica, danças aeróbicas, treinamento elíptico, musculação, bicicleta, natação ou step. Se possível, alterne alguns destes de exercícios aeróbicos para, regularmente, permitir alguma variação ao seu corpo. Talvez o mais essencial para sua agenda de exercícios seja um programa de exercícios de resistência. A gordura subcutânea apoia-se em cima dos músculos e, se a musculatura é fraca e flácida, pode contribuir para o efeito “ondulado” da celulite.

Embora não haja um melhor sistema de seqüências e repetições para firmar todos os músculos da perna, inclua, regularmente, em seu programa de treinamento de resistência, as seguintes dicas de exercícios:

  • Leg press para as nádegas e músculos das coxas.
  • Todos os tipos de agachamento para coxas e nádegas.
  • Exercícios de adução de quadris para parte interna da coxa.
  • Exercícios de adução de quadris para parte externa da coxa.
  • Extensão de pernas para a parte de trás das coxas.

A partir desta revisão, fica claro que as causas da celulite são muito mais sofisticadas do que simplesmente dizer que é gordura em excesso abaixo da pele. É importante atentar ao fato de que a celulite é uma camada distinta e única de gordura subcutânea, comum em mulheres. Embora numerosos tratamentos tópicos e técnicas manipulatórias involuntárias possam parecer tentadoras, nenhuma pesquisa suporta sua eficácia a longo prazo.

Entretanto, muitos estudos registraram como atletas femininas, que tipicamente possuem menos gordura corporal, parecem ter muito menos celulite. Portanto, incorporar as dicas de uma dieta restritiva de calorias, aliada a exercícios aeróbicos e a treinamento de resistência, apresentam os resultados mais promissores.

Você já tentou algum tratamento para celulite? Como foram seus resultados? Comente abaixo as suas experiências!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (11 votos, média: 4,91 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite


ARTIGOS RELACIONADOS

Um comentário

  1. adorei saber os principais exercícios para eliminar a celulite!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*