Abdução de pernas deitado no solo e elevando a perna: como fazer e erros comuns

Especialista da área:
atualizado em 17/11/2021

O exercício de abdução de pernas deitado no solo é simples, mas muito útil para fortalecer os músculos dos glúteos, quadris e da parte externa das coxas.

  Continua Depois da Publicidade  

Quando feito lateralmente no solo, o movimento de abdução trabalha também a musculatura lateral do abdômen.

Durante a elevação da perna direita, o glúteo médio do lado direito trabalha para promover a abdução da coxa. Enquanto isso, o glúteo médio do lado esquerdo estabiliza a pelve. Ao trocar o lado do exercício, as funções também mudam e tem-se um exercício completo.

Além do glúteo médio, a abdução de pernas deitado lateralmente no solo também ativa o músculo tensor da fascia lata localizado na parte externa das coxas. Tais músculos são os responsáveis pelo afastamento da perna do centro do corpo e são usados no dia a dia para movimentos como sair da cama e entrar e sair do carro.

De acordo com um estudo realizado em 2012 e publicado na revista científica Gait & Posture, fortalecer o abdutor do quadril melhora a estabilidade do corpo quando em pé. Além disso, uma outra pesquisa de 2011 publicada na revista Journal of Athletic Training mostrou que a prática de exercícios de abdução de quadril durante 3 semanas ajudou a diminuir a dor no joelho em corredores.

Como fazer

abdução de quadril pernas deitado no solo com elevação da perna reta

Deite-se de lado no chão mantendo o corpo reto e opcionalmente apoie a cabeça com um dos braços. Use o outro braço como apoio na frente do corpo para ter mais equilíbrio.

Em seguida, deixe as pernas alinhadas e esticadas com os joelhos semiflexionados. Você pode fazer o movimento com ambas pernas estendidas ou dobrando um pouco a perna de apoio para ter mais conforto e equilíbrio. 

  Continua Depois da Publicidade  

Então, eleve a perna lateralmente para cima enquanto expira o ar. Inspire ao chegar no topo. Em seguida, desça a perna lentamente até que as pernas quase se toquem novamente. 

Continue repetindo o movimento de 12 até 20 vezes. Depois, mude de lado e repita o exercício com a outra perna. O ideal é fazer pelo menos 2 séries de cada lado com pausas de 40 segundos a 1 minuto entre elas.

Para deixar o exercício mais desafiador, ele pode ser feito com uma faixa elástica de resistência entre as pernas ou então com uma caneleira na perna que está sendo elevada.

Erros comuns

Como em qualquer outro exercício, é fundamental realizá-lo da forma correta para evitar lesões e garantir a sua eficácia. Assim, conheça os erros mais comuns na abdução de pernas deitado no solo.

Fazer o exercício de abdução todos os dias

Uma boa dica é realizar esse exercício em dias alternados para que os músculos tenham tempo de se recuperar.

Levantar a perna o máximo possível

Ao levantar a perna muito acima do quadril, os músculos mais exigidos no movimento são os flexores e os quadríceps anteriores do quadril. Mas o foco da abdução são os abdutores de quadril e para trabalhar bem esses músculos é importante não exagerar na amplitude do movimento.

  Continua Depois da Publicidade  

O ideal é levantar a perna até sentir uma leve tensão no quadril e voltar à posição inicial, pois assim garante-se que os glúteos e o tensor da fáscia lata estão isolados e ativados durante a execução da abdução.

abdução lateral elevação pernas

Fazer o exercício muito rápido

Quanto mais rápido você terminar o exercício, menor será a qualidade e a eficácia do movimento. Assim, é preciso fazer um movimento lento e controlado para aumentar a resistência muscular e prevenir lesões.

Ficar com o corpo desalinhado

Ao deitar no chão, é importante manter o corpo alinhado para prevenir dores e garantir a execução correta do exercício. Dessa forma, mantenha os quadris estabilizados e deixe a coluna alinhada.

Forçar o pescoço

Apoiar a cabeça no braço é importante para evitar tensões desnecessárias no pescoço. Além disso, isso ajuda a manter a coluna em uma posição neutra que não vai resultar em dores.

Mais dicas

Quem tem alguma lesão nas costas ou no quadril deve consultar um médico antes de praticar o exercício de abdução de pernas, mas salvo essa exceção, qualquer pessoa pode realizar o movimento com segurança e tranquilidade.

Aliás, mulheres grávidas acreditam que esse exercício é bastante útil para aliviar a dor no quadril que surge durante a gestação.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixar de trabalhar o abdutor nos seus treinos é um erro muito grande, já que a inativação do abdutor pode sobrecarregar outros músculos, causando postura inadequada e dores pelo corpo. Sendo assim, faça questão de incluir esse exercício na sua rotina de treinos.

Fontes e referências adicionais

A abdução de pernas no solo faz parte do seu treino de glúteos? Gosta de fazer este exercício? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Francisco Santana

Francisco José Santana é Personal Trainer - CREF 1859 G/SE. Formado pela Univer Cidade RJ 2007, com certificação CORE360º treinamento funcional, Certificação Internacional FNS I e II em avaliação funcional, especializações em suplementação nutricional esportiva, Crosstraining - Scientific Sport, Cineantropometria aplicada, Primeiras ações em emergência, Prevenção de Doenças Laborais, Musculação, Ginástica Corretiva, Spinning (Johnny G), Técnica de Tecidos Moles - Miofacial, e Inteligência Emocional - ASICC

Deixe um comentário