Anticoncepcional Micropil 20 Engorda ou Emagrece?

Especialista:
atualizado em 03/06/2016

O Micropil 20 é um anticoncepcional utilizado por muitas mulheres para evitar a gravidez. Trata-se de uma pílula oral que deve ser ingerida diariamente, com uma pausa de sete dias ou de forma contínua. A prevenção da gravidez é garantida caso a pílula seja ingerida corretamente. Além de ser um método contraceptivo, a pílula também ajuda a regularizar o ciclo menstrual, diminuir a quantidade de sangramento em mulheres com tendência à hemorragia e diminui também os efeitos da TPM como cólicas, dores de cabeça e enxaqueca, mal estar e enjoos, inchaços nas mamas, etc.

A preocupação recorrente das mulheres que o utilizam é se o anticoncepcional Micropil 20 engorda ou emagrece. Isso porque nenhuma delas quer que a dieta para perda de peso seja interferida pelo uso da pílula oral carregada de hormônios. Abaixo estão informações mais precisas sobre este anticoncepcional para o seu conhecimento.

Anticoncepcional Micropil 20 engorda ou emagrece?

Os ginecologistas e outros profissionais da saúde esclarecem que o ganho ou perda de peso relacionado ao contraceptivo é relativo. Afirmam que pode ocorrer, mas que não se trata de algo garantido. Na verdade, pode até ser que o anticoncepcional não interfira em nada no peso de uma pessoa.

Alguns fatores estão correlacionados a isso, como por exemplo, alguma predisposição genética para engordar ou problemas com metabolismo. Certas usuárias, quando em contato com hormônios, podem ficar mais inchadas e reter líquido e isso contribui para elas pensem que o anticoncepcional Micropil 20 engorda. Por isso, os médicos recomendam uma dieta equilibrada com base em frutas, legumes e verduras que auxiliem na eliminação desses líquidos. A prática de atividades físicas, espantando o sedentarismo, também é recomendada, pois ajuda a aumentar a circulação do corpo.

Caso mesmo com essas recomendações a mulher perceba que o anticoncepcional Micropil 20 emagrece ou engorda, a mulher pode e deve procurar um ginecologista para entender os motivos disso e trocar de pílula, ou ainda buscar outros métodos.

Efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais que o anticoncepcional pode gerar são: dores nos seios, inchaço na mama, náuseas, enjoos, vômitos, dores de cabeça, enxaqueca, alteração do humor, retenção de líquido, alteração do peso, redução da tolerância à glicose, irritação na pele, acena, cloasma, intolerância a lentes de contato em casos mais raros, neurite ótica, amenorreia, aumento da secreção vaginal, icterícia colestática, sangramento de escape, tromboses, aumento da pressão arterial, agravamento de endometriose, infecções vaginais, sensibilidade, dor, aumento e secreção das mamas.

Contraindicações

Existem contraindicações importantes para algumas mulheres que devem evitar o uso deste e outros anticoncepcionais, como: gravidez, distúrbios cardiovasculares ou cerebrovasculares, por exemplo, tromboflebites, processos tromboembólicos ou antecedentes dessas condições; distúrbios hepáticos importantes ou antecedentes dessas condições, caso os resultados dos testes de função hepática não tenham retornado ao normal; icterícia colestática, antecedentes de icterícia na gravidez ou durante o uso de esteróides; hipertensão grave; síndrome de Rotor e de Dubi-Johnson; hiperplasia endometrial; presença ou suspeita de tumores estrogênio-dependentes; porfiria, sangramento vaginal sem diagnóstico ou hiperlipoproteinemia.

Como tomar?

Se você estiver iniciando o uso da pílula, espere até o primeiro dia de sangramento da menstruação e comece a tomar nesse dia, repetindo diariamente até terminar a cartela. Ao final da cartela, realize uma pausa de sete dias para que ocorra a menstruação e no oitavo dia inicie uma nova cartela. Se preferir, tome a pílula contínua, emendando uma nova cartela sem realizar a pausa. Neste caso, é recomendado uma consulta ao ginecologista para uma melhor orientação. Procure tomar a pílula sempre num mesmo horário, e se esquecer tome no período de 12 horas do mesmo dia. Se passar desse período, tome duas no horário certo no dia seguinte.

Você conhece alguém que utilize e afirme que o anticoncepcional Micropil 20 engorda? Tem receio de tomá-lo por conta deste possível efeito? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (88 votos, média: 4,03 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário

4 comentários em “Anticoncepcional Micropil 20 Engorda ou Emagrece?”

  1. Uso à seis anos e o único efeito colateral mis forte comigo é a enxaqueca e náuseas, de resto ela é ótima!

  2. Olá! Fui ao ginecologista e ele indicou o uso continuo de Micropil 20, para tratar minha TPM fortíssima. Meu único receio consiste no ganho de peso, mas prefiro arriscar a ter que lidar com os sintomas infernais da TPM.