Benefícios da cerveja com moderação!

Especialista:
atualizado em 01/11/2020

A cerveja é uma das bebidas alcóolicas mais consumidas no mundo, e existem vários tipos e sabores diferentes.

Muitos conhecem os malefícios que o excesso de cerveja pode trazer, como o aumento do risco de desenvolver um câncer, formação de gordura abdominal, obesidade, dentre outros. Mas você sabia que há um bom número de benefícios para a saúde no consumo moderado da cerveja?

Então você não deve se sentir culpado em degustar sua cervejinha gelada, pois, contrariando a concepção de muitos, diversas pesquisas comprovaram que o consumo de cerveja pode contribuir para o bom funcionamento do organismo.

cerveja

Consumo moderado

Todos os benefícios da cerveja que serão discutidos aqui dependem de como ela vai ser consumida. Em geral, os estudos que mostram os benefícios da cerveja levam em conta um consumo baixo a moderado.

Considera-se um consumo diário baixo a moderado de cerveja:

  • 1 dose, para mulheres
  • 2 doses, para homens

E, uma dose de cerveja corresponde a aproximadamente 350 ml, que contém aproximadamente 12 g de álcool.

Lembrando sempre que todo exagero faz mal, principalmente quando falamos de bebidas alcóolicas. Os danos à saúde podem envolver tanto a própria pessoa (como nas doenças do fígado e do coração) e mesmo outros (com envolvimentos em acidentes e brigas).

Veja agora os benefícios da cerveja:

Reduz as mortes por doenças cardíacas

O consumo de bebidas fermentadas, como a cerveja, está associado a redução da mortalidade por doenças cardíacas. Isso acontece por causa da diminuição dos danos causados pelos radicais livres no coração. Foi o que constatou um estudo publicado em 2012.

É importante ressaltar que as pessoas que consomem cerveja em excesso podem ter efeitos contrários, e aumentar a probabilidade de ocorrência dessas doenças.

Ajuda a prevenir o diabetes

Alguns estudos mostram que o consumo de cerveja está ligado a um menor risco de desenvolver diabetes, embora o motivo exato para essa redução ainda precise ser estudado mais profundamente.

Uma das hipóteses é que o consumo leve a moderado de cerveja pode aumentar a sensibilidade à insulina, e assim auxiliar na prevenção do diabetes.

É rica em antioxidantes

Segundo um estudo publicado em 2018, a cerveja é rica em um antioxidante chamado Xanthohumol, que traz vários benefícios para a saúde, como:

  • Prevenção de alguns tipos de câncer;
  • Ação anti-inflamatória;
  • Prevenção do aparecimento de doenças neurodegenerativas, como o Alzheimer.

Faz bem para a saúde mental

O consumo moderado da cerveja traz alguns benefícios para a saúde mental, como:

  • Deixa mais sociável: Por deixar a pessoa menos inibida, a cerveja melhora a sociabilidade e o convívio social;
  • Reduz o estresse: Seja pelo ambiente descontraído, pela sociabilidade ou pelo relaxamento, a cerveja ajuda a reduzir o estresse do dia a dia;
  • Melhora o sono: Por deixar a pessoa mais relaxada, a cerveja pode melhorar o sono, embora não deva ser usada para este fim.

Fortalece os ossos

A cerveja possui grande quantidade de silício, que é um mineral que melhora a saúde óssea.

Um estudo mostrou que o consumo moderado de álcool, como cerveja e vinho, pode trazer benefícios  para a saúde óssea, tanto de homens quanto mulheres.

Mas o consumo exagerado leva a redução da densidade dos ossos, o que significa que os ossos ficariam mais frágeis.

Melhora a imunidade

O consumo moderado de cerveja mostrou um efeito positivo na regulação do sistema imunológico, em um estudo realizado na Espanha. Isso significa que o sistema imune passou a trabalhar melhor, podendo ajudar na prevenção de algumas doenças.

Os resultados foram mais relevantes em mulheres, embora o motivo ainda precise ser estudado.

Outros benefícios da cerveja

Além de todos os benefícios já citados, a cerveja tem outros, que foram menos estudados.

  • Ela é mais nutritiva que outras bebidas alcoólicas, pois, além de ser rica em antioxidantes, tem vitaminas do complexo B, ferro, fosfato e fibras solúveis
  • Tem efeito diurético, como toda bebida alcóolica, e pode ajudar a prevenir cálculos renais
  • Não é diretamente responsável pela famosa “barriga de chopp”: Na verdade, o aumento da gordura abdominal está relacionado ao consumo de tira gostos gordurosos, tão comum em bares e restaurantes.

Contraindicações

Apesar dos benefícios mostrados aqui, existem algumas contraindicações do consumo da cerveja. Então, alguns grupos de pessoas não podem tomá-la, ou devem fazer de maneira reduzida:

  • Pessoas que estão em tratamento de alcoolismo;
  • Pessoas com risco de desenvolver alcoolismo, como histórico familiar ou uso abusivo de outras substâncias;
  • Quem está utilizando medicamentos controlados, como ansiolíticos;
  • Quem tem alguns problemas cardíacos, como cardiomiopatias e arritmias;
  • Pessoas com problemas no fígado ou pâncreas;
  • Crianças e adolescentes;
  • Grávidas.

Além dos malefícios da cerveja que já comunicamos anteriormente, veja também as quantas calorias tem uma lata de cerveja e entenda por que nunca deve extrapolar o consumo moderado.

Tabela nutricional

Veja abaixo os valores nutricionais por dose (350 ml) de cerveja pilsen:

ComponenteQuantidade por 350 ml
Calorias142 kcal
Umidade323 g
Carboidrato total11,7 g
Carboidrato disponível11,7 g
Proteína1,97 g
Gorduratr
Fibra alimentar0 g
Álcool12,6 g
Cinzas0,42 g
Colesterol0
Gorduras saturadas0 g
Gorduras monoinsaturadas0 g
Gorduras poliinsaturadas0 g
Gorduras trans0 g
Cálcio17,4 mg
Ferrotr
Sódio14,8 mg
Magnésio23,6 mg
Fósforo66,5 mg
Potássio103 mg
Zincotr
Cobretr
Selênio1,99 mcg
Tiaminatr
Riboflavinatr
Niacina10,2 mg
Vitamina B60,5 mg
Vitamina Ctr
Equivalente de folato21 mcg
Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TBCA) / tr = traços

Você imaginou que poderiam existir benefícios da cerveja para a sua saúde? Tem o costume de tomá-la com moderação diariamente? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (34 votos, média: 4,09 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

11 comentários em “Benefícios da cerveja com moderação!”

  1. Após pesquisar sobre benefícios de cerveja passei a tomar uma lata dia , melhorei da artrite artrose e dores musculares . Todavia como a recomendação

  2. eu não sei se foi publicado , mas tomo 1 litro e meio um dia sim ou outro não de cerveja e faço uso constante do ryvotril (20 gts p/ dia) , tenho 42 anos de idade, será que estou no caminho certo?

  3. TOMA MAIS… EU TOMO 2 LITROS POR DIA E TO MUITO BEM! EU TOMO CERVEJA PARA ESTUDAR, PASSEI EM CENTESIMO PRIMEIRO LUGAR NO CONCURSO DA POLICIA MILITAR

  4. Gostei das informações. Tomo 120ml de cerveja antes do almoço e outras 120ml antes da janta. Está de bom tamanho ou devo tomar a metade?

  5. Todas as informações que li nesse blog achei muito interessante. Gostaria de saber mais sobre benefícios do cloreto de magnésio e do vinho.