Benefícios do Óleo de Rícino – Como usar e dicas

Especialista da área:
atualizado em 08/12/2020

O óleo de rícino é um produto que praticamente todas as pessoas já conhecem ou ao menos ouviram falar. Mas você sabe para que ele é usado e quais são seus benefícios para a saúde e a estética?

  Continua Depois da Publicidade  

Ele existe há muito tempo e tem sido amplamente utilizado para fins medicinais. Além disso ele é um dos primeiros óleos vegetais a serem utilizados para fins industriais, devido à sua alta viscosidade e propriedades lubrificantes.

Vamos então entender um pouco mais esse óleo tão conhecido, e descobrir suas propriedades benéficas.

O que é o óleo de rícino?

Planta Ricinus communis que dá origem ao óleo de rícino

O óleo de rícino é extraído das sementes da planta Ricinus communis e, quando cru, contém uma enzima tóxica chamada ricina. Porém, após o aquecimento durante seu processo de produção, essa enzima é desativada, tornando o óleo seguro para o uso.

Benefícios do óleo de rícino

Vamos conhecer agora alguns dos benefícios do óleo de rícino quando utilizado tanto para seus fins medicinais, quanto para os fins estéticos.

1. Hidratação para todo o corpo

O óleo de rícino consegue penetrar profundamente na pele, nutrindo-a com ácidos graxos.

Ainda que ele possa ser um pouco pegajoso no início, uma vez que você aplica na pele uma camada fina, ele é absorvido de forma bastante rápida, não deixando nenhuma sensação de oleosidade. Além disso, ele pode ser usado também como hidratante labial.

2. Laxante natural

O óleo de rícino, quando ingerido, é decomposto no intestino delgado onde libera ácido ricinoleico. Esse ácido é o principal responsável pelo seu efeito laxante.

A dosagem pode ser facilmente ajustada, pois seu efeito é diretamente proporcional à quantidade de óleo que você usa.

A dose usual para adultos é de 1 colher de sopa, e é possível misturar o óleo de rícino com suco de laranja para torná-lo mais saboroso. E, ao contrário de outros laxantes que atuam no cólon, a ação do óleo de rícino começa no intestino delgado.

  Continua Depois da Publicidade  

3. Alívio de dores nos músculos e articulações

O óleo de rícino é considerado um óleo quente, que promove a circulação de fluidos no corpo. Por isso é excelente como óleo de massagem e pode aliviar a dor resultante do excesso de trabalho dos músculos e articulações.

Além disso estudos já demonstraram as propriedades analgésicas e anti-inflamatórias do ácido rícinoleico, que constituem quase 90% de óleo de rícino.

4. Hidratação dos cabelos e do couro cabeludo

Massagear o óleo no couro cabeludo ajuda a reduzir o incômodo de irritações locais, além de combater a caspa. Além disso ele pode ajudar a dar brilho aos cabelos, além de aumentar a flexibilidade dos fios e de reduzir o risco de quebra.

Efeito antifúngico

O óleo de rícino tem efeito antifúngico, e pode ajudar a tratar pequenas micoses. Esse efeito, comprovado em estudos, é benéfico para infecções na pele, no couro cabeludo e na boca.

Uso dermatológico do óleo de rícino

Além dos efeitos citados acima, o óleo de rícino pode ser usado para o alívio de outros problemas dermatológicos, como:

  • Coceiras e arranhões: aplicar o óleo diretamente sobre locais da pele que sofreram pequenas lesões ou que estejam irritados pode ajudar a melhorar o incômodo;
  • Rachaduras nos pés: o óleo de rícino é muito útil para promover a hidratação de locais da pele que são difíceis de hidratar, e por isso é um ótimo produto para aplicar em calos e em rachaduras nos pés

Precauções e dicas

Antes de usar o óleo de rícino, realize um teste de pele, aplicando uma quantidade muito pequena de óleo para verificar possíveis reações alérgicas. O melhor local para esse teste é na parte interna do antebraço.

Apenas administre o óleo de rícino de acordo com as instruções fornecidas na embalagem e sempre fique atento a dose utilizada.

Quando ingerido, o óleo produz um efeito laxante muito forte, e o uso excessivo pode facilmente resultar em desidratação severa que, em casos extremos, pode ser fatal. Outros possíveis efeitos colaterais incluem cólicas abdominais, diarreia severa, náuseas e vômitos.

  Continua Depois da Publicidade  

Por isso, é sempre importante consultar um médico antes de iniciar o uso de qualquer medicamento, seja ele natural ou não.

Contraindicações

O uso do óleo de rícino, apesar de seguro, é contraindicado para alguns grupos de pessoas:

  • Crianças pequenas;
  • Pessoas com doenças inflamatórias intestinais;
  • Mulheres grávidas ou que estejam amamentando;
  • Pessoas com suspeita de obstrução intestinal.

Caso note o aparecimento de algum sintoma de alergia, como coceira e vermelhidão na pele ou dificuldade para respirar, suspenda o uso imediatamente e procure ajuda médica.

Fontes e Referências Adicionais

O que você achou desses benefícios do óleo de rícino para a saúde? Pretende utilizá-lo para aproveitar alguma dessas propriedades? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (363 votos, média: 4,24 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

40 comentários em “Benefícios do Óleo de Rícino – Como usar e dicas”

  1. Usei produto para alisar meus cabelos quebrou quase tudo e fiquei com o cabelo muito curto, isso foi há 2 anos pois em menos de 1 ano e meio meus cabelo estavam novamente longo.agradeço ao óleo de ricínio,hoje voltei a usar porque estou na menopausa e meus cabelos estão fracos mas já estou vendo resultado eu recomendo.

    • Achei fantástico todas essas prioridades medicinais. É um aliado e tanto da nossa saúde orgânica e estética! Muito boa esta matéria…

  2. Muito bom estes benefícios do óleo de rícino tudo natural muito bom mesmo vcs estão de parabéns

  3. Descobri algo fantastico ao passar nas dores de herpes neuralgicas percebi um resultado execelente no alivio das dores e usei em feridas causadas por fungos logo no primeiro dia vi a cicatrizaçao e a pele foi normalizando, uso tambem para crescer os pelos ralos da sombrancelha muito bom!

  4. Gostei das dicas! Vou usar o óleo de rícino nos cabelos porque estou com queda de cabelo, vou passar no couro cabeludo. Espero que dê certo não aguento mais os meus cabelos caindo. Depois digo a vcs se funcionou!

  5. Renailda Lima — Farei uma experiência usando o óleo de Rícino com Urucum (semente) para uma lesão superficial no dorso do pé (paciente diabético) Falarei daqui há alguns dias sobre o resultado.