Óleo de Camelina para Beleza e Saúde – Benefícios e Propriedades

É possível encontrar uma variedade de óleos à venda no mercado de produtos para a saúde e a beleza que podemos ficar até um tanto confusos na hora de decidir qual deles realmente pode ser útil e benéfico antes de levar para casa.

Como não dá para confiar somente nas promessas dos fabricantes e empresas que comercializam esses produtos – afinal, o objetivo deles é a venda e algumas acabam floreando demais as virtudes de seus itens -, precisamos conhecê-los melhor, embasados em informações confiáveis, para resolver se eles são realmente adequados para as nossas necessidades.

Abaixo, conheceremos melhor sobre o que é e a quais vantagens já foram atribuídas a um desses produtos: o óleo de camelina. Vamos nessa?

O que é o óleo de camelina?

O óleo de camelina é um produto obtido através de uma planta conhecida pelo nome científico de Camelina sativa. O processo de extração do óleo de camelina pode acontecer por meio da prensagem a frio e da filtração da planta.

O produto é extraído especificamente das sementes da Camelina sativa, que é nativa da Europa e se desenvolve bem em climas frios e áridos.

Benefícios associados ao óleo de camelina

Vamos conhecer alguns dos benefícios que já foram atribuídos ao óleo de camelina. Confira: 

1. Auxílio à diminuição do colesterol 

O produto pode ser utilizado como um remédio caseiro para reduzir o colesterol. Isso porque uma de suas propriedades é o ômega-3, substância que colabora com a diminuição dos níveis do colesterol ruim no sangue.

Outra propriedade do óleo de camelina é a vitamina E, que é um antioxidante que auxilia a eliminar as toxinas e o excesso de gorduras no sangue, reduzindo o excesso de colesterol e diminuindo o risco de que ocorra o acúmulo de gordura no interior das artérias.

Entretanto, e isso é de extrema importância, vale alertar que o óleo de camelina não deve substituir o tratamento contra o colesterol elevado que foi prescrito pelo médico. Aliás, para quem tem a condição, o ideal é consultar o médico antes de começar a usar o produto.

O paciente que foi diagnosticado com o problema deve continuar a cuidar para ter uma alimentação saudável e a praticar exercícios físicos regularmente. E se o médico tiver receitado algum medicamento para tratar o colesterol alto, o remédio só deve deixar de ser utilizado quando o profissional liberar.

2. Fonte de ácido alfa-linolênico

De acordo com a bacharela em horticultura Zoe Blarowski, o óleo de camelina é rico no ácido alfa-linolênico (um ácido do grupo dos ácidos graxos ômega-3), que já foi apontado como capaz de auxiliar a proteger a saúde do coração, a regular a inflamação e a melhorar a função do sistema nervoso central.

3. Fonte de vitamina E

Já vimos aqui que a vitamina E é uma das propriedades do óleo de camelina. De acordo com Blarowski, o produto é rico em duas forma da vitamina: o alfa-tocoferol e o gama-tocoferol.

Segundo a bacharela em horticultura, a vitamina E já foi associada a benefícios como o aumento da imunidade, a prevenção de problemas nos olhos e o alívio de sintomas menstruais.

Como vimos, a vitamina E é um antioxidante, e segundo o Centro Médico da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, os antioxidantes bloqueiam parte dos danos provocados pelos radicais livres, substâncias que danificam o DNA.

O acúmulo desses radicais livres ao longo do tempo pode contribuir com o processo de envelhecimento e com o aparecimento de problemas de saúde como doença no coração, câncer e artrite, completou a instituição.

4. Saúde da pele 

Em seu artigo, Blarowski também afirmou que o óleo de camelina funciona como um bom hidratante para a pele. “Sua textura e seu perfume suave resultam em um bom óleo para massagem. A vitamina E e os óleos ômega (encontrados na composição do produto) ajudam a melhorar o tom da pele e a prevenir danos causados pelos radicais livres”.

5. Saúde dos cabelos

Ainda de acordo com Blarowski, o óleo de camelina pode ser utilizado em uma massagem para o couro cabeludo porque hidrata o couro cabeludo e contribui com a retirada do excesso de caspa da região.

Além disso, ela afirmou que passar o óleo de camelina nos fios dos cabelos pode colaborar com a manutenção de cabelos saudáveis e macios.

Entretanto, converse com o seu dermatologista para saber se deve e como aplicar o óleo de camelina na sua pele e nos seus cabelos de maneira segura.

Considerações importantes

Vale a pena destacar o alerta que o Ministério da Saúde faz de que não existem evidências científicas de que o produto previna, trate ou cure doenças.

O consumo ou a aplicação de insumos animais ou vegetais como o óleo de camelina não deve ocorrer sem a orientação e acompanhamento de um profissional qualificado e de confiança.

Portanto, converse com o médico antes de usar o produto para qualquer fim, como forma de ter certeza de que ele realmente pode te ajudar e saber se ele não te fará mal e em que dosagem pode ser utilizado.

Alertamos ainda que manusear o óleo de camelina com materiais metálicos pode acelerar o seu processo de oxidação (estragar).

Você já tinha ouvido falar no óleo de camelina e seus benefícios para a saúde e beleza? Conhece alguém que tenha tido bons resultados com tais propriedades? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (6 votos, média: 4,33 de 5)
Loading...

1 comentário em “Óleo de Camelina para Beleza e Saúde – Benefícios e Propriedades”

Deixe um comentário