Calorias da pipoca – Tipos, porções e dicas

Especialista da área:
atualizado em 08/10/2021

A pipoca é um alimento super prático e pode ser extremamente saudável dependendo da forma como é preparada, podendo, inclusive, ser facilmente utilizada como um substituto de refeições para perda de peso.

  Continua Depois da Publicidade  

Uma xícara de pipoca simples contém apenas 31 calorias, mas no entanto, esse valor poderá ser elevado de forma considerável se acrescido de óleo, manteiga, chocolate em pó ou leite condensado. As pipocas de micro-ondas também são consideradas bastante calóricas, pois possuem vários aditivos em seu preparo, incluindo uma grande quantidade de sódio.

Portanto, se o seu objetivo é emagrecer com saúde, a melhor opção é preparar a pipoca em uma panela com um filete de azeite ou óleo de coco, ou então comprar uma pipoqueira caseira, que é uma máquina pequena onde o milho é estourado com o calor do ar, e não há a necessidade de adicionar gordura nenhuma.

Além disso, o milho é rico em fibras, o que garante uma maior sensação de saciedade e polifenóis, uma substância antioxidante que age inibindo a ação dos radicais livres no organismo, combatendo o envelhecimento precoce e garantindo uma boa saúde. O milho é ainda fonte de vitaminas do complexo B, manganês e magnésio.  

Tipos de pipoca

Confira abaixo diferentes tipos de pipoca e suas calorias e descubra receitas incríveis, saborosas e pouco calóricas que você pode usar no dia a dia.

Pipoca com manteiga

pipoca com manteiga

A pipoca feita com manteiga é um daqueles alimentos que todo mundo sabe que não é dos mais saudáveis, mas mesmo assim não dá para ficar sem, sobretudo no cinema. No entanto, se levarmos em consideração que um saco grande de pipoca com manteiga e sal tem quase 60 gramas de gordura saturada (e mais de 1200 calorias), talvez seja interessante consumir pipoca durante o filme somente esporadicamente, e ainda sim em pequenas quantidades.

Calorias da pipoca com manteiga (estourada):

  Continua Depois da Publicidade  

  • 1 xícara de pipoca (25 g): 78 kcal
  • 100 g de pipoca: 558 kcal
  • 1 saco de pipoca pequeno (50 g): 279 kcal
  • 1 saco de pipoca com manteiga tamanho médio: 491 kcal

Pipoca com óleo

Antes da popularização do micro-ondas, a maneira mais comum de se fazer pipoca em casa era na panela com óleo de soja. No entanto, este óleo além de poder desencadear um processo inflamatório no organismo, é muito mais calórico.

Calorias da pipoca com óleo (estourada):

  • 1 xícara de pipoca: 55 kcal
  • 100 g de pipoca: 500 kcal
  • 1 saco de pipoca pequeno (50 g): 250 kcal
  • 1 saco de pipoca com óleo médio: 375 kcal

Pipoca sem óleo

A pipoca pode ser preparada na pipoqueira sem utilizar nenhuma gordura, ou no micro-ondas utilizando somente água. Para preparar a pipoca no micro-ondas, basta apenas colocar em um recipiente 5 colheres de milho de pipoca, cinco colheres de água e sal a gosto.

Em seguida, cubra o recipiente com filme plástico e faça 5 furinhos para a saída de ar quente. Leve ao micro-ondas por 5 ou 6 minutos, de acordo com a potência do seu aparelho (se não tiver estourado tudo, vá aumentando o tempo de 30 em 30 segundos).

Calorias da pipoca sem óleo (estourada):

  • 1 xícara de pipoca: 31 kcal
  • 100 g de pipoca: 387 kcal

Pipoca doce

pipoca doce

Com sabor de infância, a tradicional pipoca doce renovou-se e atualmente aparece com os mais diversos sabores, variando do chocolate até a banana com canela. Em geral, quanto mais adocicada e elaborada a pipoca, maior será o seu valor energético. E é claro que adicionar leite condensado, chocolate derretido e afins só aumenta ainda mais as calorias da pipoca.

  Continua Depois da Publicidade  

Calorias da pipoca de chocolate Yoki para micro-ondas:

  • 1 xícara: 108 kcal
  • 100 g: 432 kcal

Pipoca de micro-ondas

Prática, a pipoca de micro-ondas tem a vantagem de ficar pronta em pouco tempo e não sujar a panela e o fogão, mas traz consigo o inconveniente do excesso de gordura e de sódio. Em alguns casos, é possível inclusive encontrar gordura trans em algumas marcas de pipoca pronta. Portanto, é bom ficar atento aos rótulos.

As calorias da pipoca de micro-ondas variam de acordo com o fabricante e com o sabor, embora no geral os valores não sejam muito diferentes entre as diversas marcas encontradas no mercado.

Calorias da pipoca para micro-ondas sabor queijo:

  • 1 xícara: 101 kcal
  • 100 g de pipoca estourada: 404 kcal

Pipoca de micro-ondas light

Em tese, a pipoca light tem menos calorias e deveria portanto ser mais saudável, mas na prática não é bem assim. Ela continua a apresentar grandes quantidades de sódio como as demais pipocas de micro-ondas, e seu teor calórico chega a ser reduzido, mas não é tão baixo assim. A melhor dica continua sendo fazer sua própria pipoca com ingredientes naturais e de sua preferência.

Calorias da pipoca para micro-ondas light sabor manteiga:

  • 1 xícara: 88 kcal
  • 100 g de pipoca estourada: 352 kcal

Receitas de pipoca light

pipoca
  • Coloque ½ xícara de milho para pipoca e uma pitada de sal dentro de um saco de pão e leve ao micro-ondas. Deixe por 2 minutos ou mais se todo o milho não tiver estourado. O resultado será uma pipoca sequinha e super saudável.
  • Faça uma deliciosa pipoca doce sem açúcar utilizando somente ¼ de xícara de milho e 2 copos de suco de maçã. Estoure a pipoca no micro-ondas sem utilizar óleo e reserve. Leve uma panela ao fogo alto com o suco de maçã e deixe fervendo por 10 minutos. Abaixe o fogo e vá mexendo até adquirir a consistência desejada. Desligue o fogo e despeje a calda quente sobre a pipoca já estourada.
  • Utilizando um pilão, moa ½ xícara de folhas de manjericão com uma colher de azeite e reserve. Leve ao fogo ½ xícara de milho para pipoca com uma colher de azeite e, assim que começar a estourar, acrescente o manjericão e tampe a panela até que todo o milho tenha estourado. Polvilhe sal a gosto e sirva quente.

Veja também: 10 receitas de pipoca saudável e 4 receitas de pipoca doce light.

Dicas

Já vimos que a pipoca pode fazer parte de uma dieta equilibrada e saudável para emagrecer ou manter a boa forma. Veja algumas dicas para consumir mais pipoca sem exagerar nas calorias:

  • A melhor maneira de fazer pipoca em casa é comprar o milho em pacote e utilizar água ou um pouco de azeite para prepará-lo. Além de engordar, o excesso de gordura e sódio das pipocas para micro-ondas contribui para a retenção de líquido e causa inflamações.
  • Se você não conseguir evitar a pipoca no cinema, a dica é optar pelo tamanho menor e tomar cuidado para não exagerar no sal e nos molhos adicionais.
  • A pipoca sem gordura pode ser uma ótima alternativa para o lanche da tarde em substituição a opções mais calóricas, como biscoitos, chocolates e barras de cereal.
  • Para não sair do cinema com a consciência pesada, se optar pela pipoca, evite o refrigerante e outras guloseimas tentadoras e calóricas, como o chocolate e as balas açucaradas.

Vídeo

Você tem o costume de comer pipoca no seu dia a dia, ou ao menos esporadicamente? Que tipo é o seu preferido? Quando vai ao cinema, é difícil resistir? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (30 votos, média 4,27)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

Deixe um comentário

12 comentários em “Calorias da pipoca – Tipos, porções e dicas”

  1. Precisava saber certinho quantos Carboidratos tem em um saco grande médio ou pequeno de pipoca dessas de cinema… E também a quantidade de fibras pra poder subtrair dos Carbos e saber quanto tem de Carboidratos Líquidos. Não se pode comer todo dia mas quando eu quiser fazer um dia livre e escolher a pipoca, tem valer cada gotinha de Insulina derramada no meu organismo. Então tem que ter sabor. Se não prefiro nem comer kkkk

    Responder
  2. O plástico filme exposto ao calor libera dioxina tóxica e a pipoca absorve isso ao estourar (quando bate no plástico). Não recomendo fazer deste jeito sugerido na matéria, ao invés do óleo vc vai comer carcinógenos!

    Responder
  3. A pipoca na manteiga pode variar muito o valor calórico, pra cima ou pra baixo, dependendo da quantidade de manteiga usada. Se voce usa uma colher de manteiga (aprox. 102kcal) pra fazer 100g de pipica (que feita sem óteo contém 124kcal), por exemplo, temos 226kcal, e não 625kcal.
    Ou será que as calorias se multiplicam quando estoura o milho?

    Responder
  4. Eu e meu marido comemos pipoca já alguns anos. É nossa companheira nos filmes. Estouro com azeite e sem sal. Nao compro de jeito nenhum as de micro. Amamos pipoca. E nao engordamos nadica…..
    Bjs

    Responder
  5. Gostaria de saber sobre aquela pipoca doce industrializada que a gente compra no supermercado por exemplo. Pode na dieta?

    Responder
  6. Eu faço a meia xícara de pipoca na panela de pressão.

    Esquento a panela por 3 minuto em fogo alto, acrescento os temperos (sal de ervas que é mais saudável, pimenta que é termogênica, tanto vermelha quanto preta, além de orégano e manjericão secos) e o milho. Mexo com a colher de pau sem parar pra que a pipoca não queime, com 3/4 da panela tampada. Estoura tudo e fica ótimo!
    Pretendo fazer a doce com calda fit de maracujá, ou seja, a polpa e sucralose.

    Responder
  7. Adotei a pipoca como substituto para os terríveis e viciantes salgadinhos. Para que fiquem saudáveis, co Peri uma pipoqueira elétrica. Ficam perfeitas, sem uma gota de óleo ou sal. Depois de prontas acrescento um fio de azeite extra virgem e orégano. E nada de refrigerantes mais. No máximo, suco concentrado ou poupa adoçado com sucralose, poucas gotas, pois sou diabética. O resultado dessa si pela mudança de hábito foi 3 kg a menos na balança em 2 meses.

    Responder