Calorias da Pipoca – Tipos, Porções e Dicas

É difícil pensar em pipoca e não se lembrar automaticamente do seu sabor amanteigado e de uma boa sessão de cinema. Ou então da pipoca sabor queijo quentinha feita no micro-ondas e devorada na frente da televisão ou do computador vendo sua série favorita.

A boa notícia é que a pipoca não precisa necessariamente ser calórica, nem preparada com manteiga ou óleo, e seu consumo pode fazer parte de uma dieta saudável. Sim, é isso mesmo: é possível fazer dieta e ainda comer pipoca sem engordar. Mas a pipoca não é cheia de gorduras e carboidratos? Quais são as calorias da pipoca?

É o que vamos descobrir logo mais, além de conhecer os diferentes tipos de pipoca e as calorias por porção do alimento.

Pipoca não engorda

Com as dietas atuais que vilanizam os carboidratos, o consumo de pipoca pode parecer quase uma heresia para quem está seguindo uma dieta para emagrecer. No entanto, se consumida com moderação e sem adição de manteiga, açúcar ou óleo de soja, a pipoca é um ótimo alimento para quem está acima do peso, pois oferece saciedade com poucas calorias e é também uma excelente alternativa a opções de lanche mais calóricos, como biscoitos, chocolates e barras de cereal.

Pipoca não faz mal

A pipoca ganhou a fama de ser um alimento calórico e que faz mal à saúde devido ao fato de ser tradicionalmente preparada com óleo ou manteiga. Além, é claro, das grandes quantidades de sal e outros acompanhamentos calóricos que costumam estar presentes no balde de pipoca (maionese, molho, açúcar). Apesar disso, pesquisas recentes indicam que a pipoca pode não ser a vilã que todos imaginavam – aliás, pode ser exatamente o contrário.

Um estudo realizado por cientistas da Universidade de Scranton, nos Estados Unidos, concluiu que a pipoca tem mais polifenois que frutas e legumes. Isso significa que ela tem poder antioxidante e ajuda no combate aos radicais livres, substâncias que aceleram o envelhecimento e contribuem para o aparecimento de alguns tipos de doenças, como o câncer.

É claro que você não deve trocar as frutas, verduras e legumes por pipoca, mas é bom saber que você pode de vez em quando comer um pouco dela sem prejudicar a saúde. E vale lembrar que a pipoca fornece uma boa quantidade de fibras (5 gramas a cada 4 xícaras de pipoca estourada), o que contribui não somente para afastar a fome como também para um bom funcionamento do intestino.

É bom ressaltar, no entanto, que para obter os benefícios da pipoca sem atrapalhar a dieta, o preparo deve ser feito com água ou um fio de azeite – e conter pouco sal. Ou seja, exatamente o oposto das industriais de micro-ondas ou daquelas vendidas nos cinemas, que aumentam muito as calorias da pipoca.

Tipos de Pipoca

Além da tradicional versão amanteigada do cinema, também há outras maneiras de preparo, o que leva a uma alteração significativa nas calorias da pipoca em relação ao preparo com água. Veja alguns dos tipos de preparo mais comuns e as calorias de cada um:

– Pipoca com manteiga

pipoca com manteiga

Saborosa, a pipoca feita com manteiga é um dos aqueles alimentos que todo mundo sabe que não é dos mais saudáveis, mas mesmo assim não dá para ficar sem – sobretudo no cinema. No entanto, se levarmos em consideração que um saco grande de pipoca com manteiga e sal tem quase 60 gramas de gordura saturada (e mais de 1200 calorias), talvez seja interessante consumir pipoca durante o filme somente esporadicamente – e ainda sim em pequenas quantidades.

Calorias da pipoca com manteiga (estourada):

  • 1 xícara de pipoca (25 g): 170 kcal
  • 100 g de pipoca: 680 kcal
  • 1 saco de pipoca pequeno (50g): 340 kcal
  • 1 saco de pipoca com manteiga tamanho médio: 680 kcal

– Pipoca com óleo

pipoca com azeite

Antes da popularização do micro-ondas, a pipoca feita na panela com um pouco de óleo de soja era a maneira mais comum de se fazer pipoca para comer em casa. Além de calórico, esse modo de preparo traz o inconveniente do óleo de soja, que pode causar inflamações e levar ao sobrepeso.

Calorias da pipoca com óleo (estourada):

  • 1 xícara de pipoca: 156 kcal
  • 100 g de pipoca: 625 kcal
  • 1 saco de pipoca pequeno (50g): 312 kcal
  • 1 saco de pipoca com óleo médio: 625 kcal

– Pipoca sem óleo

pipoca com †gua

Assim como acontece com a batata frita, parece ser impossível preparar a pipoca sem nenhum tipo de gordura. A boa notícia é que você pode fazer pipoca no micro-ondas utilizando somente água. Basta colocar em um recipiente 5 colheres de milho de pipoca, cinco colheres de água e sal a gosto. Cubra o recipiente com filme plástico e faça 5 furinhos para a saída de ar quente. Leve ao micro-ondas por 5 ou 6 minutos, de acordo com a potência do seu aparelho (se não tiver estourado tudo, vá aumentando o tempo de 30 em 30 segundos).

Calorias da pipoca sem óleo (estourada):

  • 1 xícara de pipoca: 31 kcal
  • 100 g de pipoca: 124 kcal

– Pipoca Doce

pipoca de chocolate

Com sabor de infância, a tradicional pipoca doce renovou-se e atualmente aparece com os mais diversos sabores, variando do chocolate até a banana com canela. Em geral, quanto mais adocicada e elaborada a pipoca, maior tende a ser seu valor energético. E é claro que adicionar leite condensado, chocolate derretido e afins só aumenta ainda mais as calorias da pipoca.

Calorias da pipoca de chocolate Yoki para micro-ondas:

  • 1 xícara: 109 kcal
  • 100 g: 436 kcal

– Pipoca de Micro-ondas

Prática, a pipoca de micro-ondas tem a vantagem de ficar pronta em pouco tempo e não sujar a panela e o fogão, mas traz consigo o inconveniente do excesso de gordura e de sódio. Em alguns casos, é possível inclusive encontrar gordura trans em algumas marcas de pipoca pronta. Portanto, fique atento aos rótulos.

As calorias da pipoca de micro-ondas variam de acordo com o fabricante e com o sabor, embora no geral os valores não sejam muito diferentes entre as diferentes marcas.

Calorias da pipoca para micro-ondas sabor queijo:

  • 1 xícara: 126 kcal
  • 100 g de pipoca estourada: 504 kcal

– Pipoca Light

Em tese, a pipoca light tem menos calorias e deveria portanto ser mais saudável, mas na prática não é bem assim. Ela continua a apresentar grandes quantidades de sódio como as demais pipocas e seu teor calórico chega a ser reduzido, mas não é tão baixo assim. A melhor dica continua sendo fazer sua própria pipoca com ingredientes naturais e de sua preferência.

Calorias da pipoca para micro-ondas light sabor manteiga:

  • 1 xícara: 80 kcal
  • 100 g de pipoca estourada: 320 kcal

Receitas de pipoca light

  • Coloque ½ xícara de milho para pipoca e uma pitada de sal dentro de um saco de pão e leve ao micro-ondas. Deixe por 2 minutos ou mais se todo o milho não tiver estourado. O resultado será uma pipoca sequinha e super saudável.
  • Faça uma deliciosa pipoca doce sem açúcar utilizando somente ¼ de xícara de milho e 2 copos de suco de maçã. Estoure a pipoca no micro-ondas sem utilizar óleo e reserve. Leve uma panela ao fogo alto com o suco de maçã e deixe fervendo por 10 minutos. Abaixe o fogo e deixe até adquirir a consistência desejada. Desligue o fogo e despeje a calda quente sobre a pipoca já estourada.
  • Utilizando um pilão, moa ½ xícara de folhas de manjericão com uma colher de azeite e reserve. Leve ao fogo ½ xícara de milho para pipoca com uma colher de azeite e, assim que começar a estourar, acrescente o manjericão e tampe até que todo o milho tenha estourado. Polvilhe sal a gosto e sirva quente.

Dicas

Já vimos que a pipoca pode fazer parte de uma dieta equilibrada e saudável para emagrecer ou manter a boa forma. Veja algumas dicas para consumir mais pipoca sem exagerar nas calorias:

  • A melhor maneira de fazer pipoca em casa é comprar o milho em pacote e utilizar água ou um pouco de azeite para prepará-lo. Além de engordar, o excesso de gordura e sódio das pipocas para micro-ondas contribui para a retenção de líquido e causa inflamações.
  • Se você não conseguir evitar a pipoca no cinema, a dica é optar pelo tamanho menor e tomar cuidado para não exagerar no sal e nos molhos adicionais.
  • A pipoca sem gordura pode ser uma ótima alternativa para o lanche da tarde em substituição a opções mais calóricas, como lanches e salgados.
  • Para não sair do cinema com a consciência pesada, se optar pela pipoca evite o refrigerante e outras guloseimas tentadoras e calóricas, como o chocolate e as balas açucaradas.

Vídeo:

E ai, gostou das dicas?

Você tem o costume de comer pipoca no seu dia a dia, ou ao menos esporadicamente? Que tipo é o seu preferido? Quando vai ao cinema, é difícil resistir? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (26 votos, média: 4,31 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite


ARTIGOS RELACIONADOS

10 comentários

  1. Adotei a pipoca como substituto para os terríveis e viciantes salgadinhos. Para que fiquem saudáveis, co Peri uma pipoqueira elétrica. Ficam perfeitas, sem uma gota de óleo ou sal. Depois de prontas acrescento um fio de azeite extra virgem e orégano. E nada de refrigerantes mais. No máximo, suco concentrado ou poupa adoçado com sucralose, poucas gotas, pois sou diabética. O resultado dessa si pela mudança de hábito foi 3 kg a menos na balança em 2 meses.

  2. Eu faço a meia xícara de pipoca na panela de pressão.

    Esquento a panela por 3 minuto em fogo alto, acrescento os temperos (sal de ervas que é mais saudável, pimenta que é termogênica, tanto vermelha quanto preta, além de orégano e manjericão secos) e o milho. Mexo com a colher de pau sem parar pra que a pipoca não queime, com 3/4 da panela tampada. Estoura tudo e fica ótimo!
    Pretendo fazer a doce com calda fit de maracujá, ou seja, a polpa e sucralose.

  3. Amo pipoca, estou me adaptando com a de microondas sem óleo fica muito boa.

  4. Uso uma pipoqueira elétruca qye faz pipoca sem óleo. Subistituo o sal por pimenta. Bom e saudável.

  5. Marcia elisabete Pinheiro

    Gostaria de saber sobre aquela pipoca doce industrializada que a gente compra no supermercado por exemplo. Pode na dieta?

  6. Maria Cristina Vasco freitas

    Eu e meu marido comemos pipoca já alguns anos. É nossa companheira nos filmes. Estouro com azeite e sem sal. Nao compro de jeito nenhum as de micro. Amamos pipoca. E nao engordamos nadica…..
    Bjs

  7. A pipoca na manteiga pode variar muito o valor calórico, pra cima ou pra baixo, dependendo da quantidade de manteiga usada. Se voce usa uma colher de manteiga (aprox. 102kcal) pra fazer 100g de pipica (que feita sem óteo contém 124kcal), por exemplo, temos 226kcal, e não 625kcal.
    Ou será que as calorias se multiplicam quando estoura o milho?

  8. O plástico filme exposto ao calor libera dioxina tóxica e a pipoca absorve isso ao estourar (quando bate no plástico). Não recomendo fazer deste jeito sugerido na matéria, ao invés do óleo vc vai comer carcinógenos!

  9. Precisava saber certinho quantos Carboidratos tem em um saco grande médio ou pequeno de pipoca dessas de cinema… E também a quantidade de fibras pra poder subtrair dos Carbos e saber quanto tem de Carboidratos Líquidos. Não se pode comer todo dia mas quando eu quiser fazer um dia livre e escolher a pipoca, tem valer cada gotinha de Insulina derramada no meu organismo. Então tem que ter sabor. Se não prefiro nem comer kkkk

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*