Carbonato de Magnésio – Para Que Serve e Como Tomar

Trata-se de uma substância muito versátil, usada desde a construção de tijolos até a composição de cosméticos, alimentos e suplementos. Encontrado em alimentos, suplementos dietéticos e até medicamentos, o carbonato de magnésio é um composto importante para a saúde.

Vamos analisar o uso do carbonato de magnésio para a saúde e dar dicas de como tomar o produto e quais os benefícios envolvidos com seu uso.

Carbonato de magnésio

O carbonato de magnésio é um composto químico que se apresenta na forma de um pó branco. Ele é encontrado naturalmente em minerais como dolomita e magnesita e é amplamente comercializado como um suplemento para a saúde.

O princípio ativo do carbonato de magnésio é o magnésio, um mineral muito importante para o organismo. De acordo com o Instituto Linus Pauling, o corpo humano apresenta cerca de 25 gramas de magnésio e mais de 60% dessa quantidade está presente no nosso esqueleto, enquanto que 27% é encontrado nos músculos e cerca de 7% dentro das células.

Para que serve

O suplemento de carbonato de magnésio é capaz de atuar na prevenção e tratamento da deficiência do mineral. A falta de magnésio no organismo pode prejudicar a nossa saúde em muitos aspectos.

De acordo com o Centro Médico da Universidade de Maryland, nos EUA, cada órgão no nosso organismo precisa de quantidades específicas de magnésio para funcionar de forma adequada. O magnésio é indispensável para um bom funcionamento das células, nervos, músculos, ossos, dentes, rins e coração.

Dentre as funções mais importantes do magnésio estão a ativação de enzimas metabólicas envolvidas na síntese proteica e no metabolismo de carboidratos, a regulação dos níveis de outros minerais e a contribuição para a produção de energia.

As deficiências de magnésio não são tão comuns, mas podem sim ser observadas em casos de dietas sem alimentos com alto teor de magnésio e em casos de condições médicas como doenças gastrointestinais que prejudicam a absorção de nutrientes.

Benefícios

Os usos e benefícios do carbonato de magnésio para a saúde e o bem estar são descritos com mais detalhes a seguir.

1. Prevenção de enxaquecas

Alguns estudos indicam que a suplementação com carbonato de magnésio pode ajudar na prevenção de crises de enxaqueca. Um estudo realizado por pesquisadores do New York Headache Center, nos Estados Unidos, analisou diversos alimentos que podem desencadear enxaquecas e também alguns suplementos que são eficazes para evitar as dores.

Com base nesse estudo, um artigo científico foi publicado em 2009 no The Clinical Journal of Pain relatou que o magnésio está no topo dos suplementos que podem ser úteis na prevenção de enxaquecas, ficando à frente de suplementos como coenzima Q10 e riboflavina.

2. Combate a problemas nas articulações

A doença do dihidrato de pirofosfato de cálcio, por exemplo, é uma condição reumatológica muito dolorosa na qual cristais de pirofosfato de cálcio dihidratado se acumulam no tecido conjuntivo, especialmente nas articulações.

Pesquisadores ingleses da England’s Bristol Royal realizaram um estudo clínico com 38 pacientes diagnosticados com a condição em que metade do grupo recebeu 10 mililitros de carbonato de magnésio por dia, enquanto que a outra metade recebeu um placebo. Os cientistas descobriram que pacientes que receberam a dose de carbonato de magnésio relataram um alívio significativo dos sintomas.

Também é um ótimo aliado para aliviar os sintomas de doenças como dispepsia, artrite reumatóide e gota.

3. Controle de níveis de fosfato em pacientes em diálise

Um dos efeitos colaterais observados em pacientes que passam por hemodiálise é um acúmulo de níveis de fosfato que não é saudável.

Um grupo de pesquisadores com cientistas gregos, canadenses e chineses estudou a eficácia do carbonato de magnésio como uma substância aglutinante para remover o fosfato em excesso em pacientes em diálise. Metade do grupo de 46 pacientes recebeu o suplemento de carbonato de magnésio, enquanto que o restante recebeu carbonato de cálcio durante 6 meses.

4. No artigo publicado em 2008 na revista International Urology and Nephrology, esses pesquisadores mostraram que os níveis de fosfato foram reduzidos de modo significativo em pacientes que ingeriram carbonato de magnésio, sendo uma maneira simples e segura de controlar os níveis de fosfato elevados.

4. Tratamento de problemas gastrointestinais

O carbonato de magnésio pode ser usado como um antiácido para tratamento de azia, além de atuar no alívio de problemas intestinais. Devido ao seu efeito antiácido, ele ajuda a proteger a parede do estômago. Também atua na eliminação de gases, no alívio de problemas estomacais e intestinais como indigestão e constipação, respectivamente.

5. Saúde do coração

A presença do magnésio é importante para melhorar a circulação sanguínea, suavizando problemas como taquicardia ou arritmia cardíaca. Assim, ele participa de processos metabólicos para regular o batimento do coração e prevenir o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

6. Desenvolvimento muscular

O carbonato de magnésio ajuda a desenvolver os músculos. Além disso, ele também ajuda a relaxar o corpo e a auxiliar na recuperação muscular após um treino intenso. O magnésio também é conhecido por melhorar o desempenho físico de atletas.

7. Saúde dos ossos

O magnésio, logo depois do cálcio, é o mineral mais importante para manter os ossos fortes e saudáveis. Como mencionado anteriormente, mais da metade da quantidade de magnésio presente no nosso organismo está concentrado no esqueleto, sendo um mineral indispensável para os ossos. Isso vale também para os dentes que contêm uma densidade óssea muito alta.

8. Sistema nervoso saudável

O mineral é capaz de promover o bom funcionamento do sistema nervoso central. Aumenta a divisão celular e funcionamento normal das células cerebrais, além de ajudar a tranquilizar pessoas com hiperatividade. Além disso, ele é capaz de melhorar funções cognitivas como a memória e o foco.

Esse benefício tem a ver com a ativação de receptores no cérebro que ajudam a produzir serotonina, que é um neurotransmissor responsável por promover sensações de bem estar e felicidade, diminuindo distúrbios do humor e reduzindo o estresse.

9. Energia

Por participar de inúmeras reações químicas no corpo e atuar na geração de energia para as células, níveis adequados de magnésio fornecem muita disposição e energia no dia a dia.

Isso se deve ao papel do magnésio na ativação da adenosina trifosfato, que é a principal molécula do nosso corpo responsável por armazenar e transportar energia entre as células.

10. Produtos de beleza

Os carbonatos em geral são muito usados em produtos de beleza como shampoos, maquiagens, cremes de barbear, produtos de higiene bucal, dentre outros. O carbonato de magnésio é um dos carbonatos que é muito utilizado na composição desses produtos devido a suas propriedades absorventes, por ser um agente de volume e por atuar no ajuste de pH dessas soluções usadas para cuidados com a pele e cabelos.

11. Sono saudável

O magnésio também está envolvido com a produção de substâncias como renina e melatonina no corpo, que são hormônios essenciais para regular o sono. Além disso, o magnésio apresenta efeitos calmantes que ajudam o corpo a relaxar.

Sintomas de deficiência de magnésio 

Muitas pessoas não sabem se tem deficiência em magnésio. Alguns sinais que seu corpo apresenta de deficiência nesse mineral incluem:

  • Cãibras e espasmos musculares;
  • Problemas para dormir;
  • Dor de cabeça;
  • Perda de apetite;
  • Dormência ou formigamento no corpo; 

Curiosidades

O magnésio participa de mais de 300 reações bioquímicas no organismo, sendo um mineral essencial para o nosso corpo.

O carbonato de magnésio também é aproveitado como um aditivo alimentar. Esse composto ajuda a regular a acidez e a manter as cores de alguns alimentos, além de conservá-los.

Os alimentos que geralmente contêm esse aditivo são o sal, açúcar, leite em pó, frutas e vegetais processados, produtos lácteos, carne e marisco processados, molhos, sopas, condimentos, pães, doces, bebidas alcoólicas, bebidas energéticas, bebidas esportivas e cereais. O carbonato de magnésio também é usado como fonte de ácido carbônico na fabricação de bebidas gaseificadas como refrigerantes.

O carbonato de magnésio também pode ser utilizado como uma espécie de cal que é passado nas mãos de quem pratica atividades físicas como escaladas ou ginástica para melhorar a aderência e evitar que as mãos escorreguem durante a atividade, por exemplo.

Como tomar

A recomendação diária de consumo de magnésio é de 310 a 350 miligramas. A dose exata pode variar dependendo de fatores como idade e sexo.

Como suplemento, o carbonato de magnésio está disponível em cápsulas de uso oral que devem ser tomadas de acordo com informações do rótulo do produto ou segundo instruções médicas. A maioria dos fabricantes indica a ingestão de suplementos de magnésio junto com uma refeição para evitar desconfortos estomacais e diarreia.

Fontes alimentares de magnésio incluem grãos integrais, cacaus, sal marinho, caldo e sopas feitas com ossos de origem animal, nozes como amêndoas e castanhas, legumes e verduras com folhas verdes escuras.

Outras fontes de magnésio são suplementos como cloreto de magnésio, óxido de magnésio e citrato de magnésio.

Efeitos colaterais e eosagem

O uso de carbonato de magnésio normalmente não causa efeitos colaterais. Porém, algumas pessoas mais sensíveis podem sofrer com náusea, diarreia e flatulência devido ao leve efeito laxante do composto.

Também podem ocorrer interações medicamentosas incluindo inibidores de bomba de prótons, diuréticos, remédios para osteoporose e antibióticos. Dessa forma, não use carbonato de magnésio se estiver usando algum tipo de medicamento sem antes consultar o seu médico.

A dose máxima diária de magnésio isolado não deve ultrapassar 350 miligramas por dia. Isso porque o magnésio é um elemento tóxico se tomado puro. Como o carbonato de magnésio não apresenta apenas magnésio em sua composição, essa dose diária pode ser um pouco mais alta. Observe as informações descritas no rótulo ou na bula do composto.

Em alguns casos, a ingestão em excesso do carbonato de magnésio pode intoxicar o organismo, causando sintomas graves como dificuldade para respirar, batimentos cardíacos irregulares, pressão arterial baixa, rubor no rosto, vômito e ataque cardíaco.

Porém, são efeitos difíceis de serem observados e a ingestão de carbonato de magnésio é considerada segura por especialistas. Se possível, inclua também mais alimentos ricos em magnésio na dieta para obter ainda mais benefícios para a saúde.

Vídeo:

Gostou das dicas?

Referências Adicionais:

Você já precisou tomar um suplemento de carbonato de magnésio por conta da deficiência no mineral ou algum outro propósito? Como foram os resultados? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe um comentário