Cetoprofeno: para que serve, como usar e efeitos colaterais

Especialista da área:
atualizado em 14/06/2022

O cetoprofeno, também conhecido como Profenid®, é um medicamento com ação anti-inflamatória, analgésica e antitérmica. Ele serve, principalmente, para o alívio das dores nas articulações e nos músculos.  

Ele é bastante usado para tratar dores e inflamações nas articulações de pessoas com doenças reumáticas. Seu uso também é comum no tratamento de fraturas e luxações.

  Continua Depois da Publicidade  

O cetoprofeno é facilmente adquirido em farmácias e drogarias, pois se trata de um anti-inflamatório comum. Apesar da receita médica não ser exigida, o ideal é utilizar o cetoprofeno somente com prescrição médica. 

O medicamento é encontrado na forma de comprimido, cápsula, gotas, xarope, supositório, gel e solução injetável. A forma de apresentação varia com o objetivo do tratamento e com a dose, por isso é fundamental seguir as orientações do profissional da saúde. 

Veja para que serve o cetoprofeno, como usar e quais são os possíveis efeitos colaterais. 

Para que serve o cetoprofeno?

Artrite
A artrite e outros processos reumáticos são condições para as quais o cetoprofeno é indicado

O cetoprofeno em cápsulas, comprimidos, gotas, solução injetável e supositórios serve para diminuir a inflamação em processos reumáticos, lesões ortopédicas e dores diversas:

  • Processos reumáticos: osteoartrite (artrose), artrite reumatoide, lúpus eritematoso sistêmico, esclerodermia, espondilite anquilosante, gota, condrocalcinose, capsulite, bursite, sinovite, tenossinovite e tendinite. 
  • Lesões ortopédicas: luxação, fratura, entorse, contusão e esmagamento. 
  • Dores diversas: lombalgia, dor ciática e dores de pós-operatório. 

Com relação às dores musculares e articulares leves, geralmente causadas pela prática esportiva, o cetoprofeno pode ser utilizado na forma de gel. Veja 10 dicas para prevenir lesões esportivas.   

  Continua Depois da Publicidade  

O cetoprofeno em gotas é aplicado ao tratamento de inflamações no trato respiratório superior, dores associadas ao sistema reprodutivo feminino, masculino e ao trato urinário, e inflamações dentárias: 

  • Inflamações do trato respiratório superior: sinusite, amigdalite, otite, faringite e laringite. 
  • Inflamações no sistema reprodutor feminino, masculino e trato urinário: endometrite, cólicas e dores pélvicas, inflamações no útero, ovário e trompas, cólica nefrética, infecção urinária e prostatite. 
  • Inflamações dentárias: periodontite, abscessos, pulpites e dores após a extração de dente. 

O cetoprofeno em xarope é usado para baixar a febre e aliviar as dores de crianças, a partir dos 6 meses. 

Antes de fazer o uso do medicamento para tratar as condições de saúde listadas, é fundamental marcar uma consulta médica, para a avaliação dos sintomas e um diagnóstico correto. Se o cetoprofeno for indicado para tratar o seu problema de saúde, seu médico ou médica indicará a forma de apresentação, a dose, a duração do tratamento e os horários de uso mais apropriados ao seu caso.  

Como usar o cetoprofeno?

Farmácia
Existem diversas formas de tomar o cetoprofeno, e o médico é quem deve decidir a mais apropriada

A posologia do cetoprofeno, ou seja, a dose e o número de vezes que você deve usar, varia de acordo com a forma de apresentação do medicamento. 

Vale lembrar que esses são os modos de uso recomendados, mas você deve sempre seguir a orientação dada pelo seu médico ou médica.

Xarope 1mg/mL

A dosagem recomendada para crianças a partir de 6 meses é de 0,5 mg, para cada quilograma corporal, não devendo ultrapassar o limite máximo de 2 mg a cada quilo. O xarope pode ser administrado de 3 a 4 vezes ao dia, durante 2 a 5 dias. 

  Continua Depois da Publicidade  

A seringa que vem junto com o medicamento apresenta as marcações referentes ao peso da criança, então é só puxar o êmbolo até que o xarope atinja a marcação correta. 

Gotas 20 mg

O cetoprofeno em gotas tem sua dosagem calculada por faixa etária: 

  • Bebês e crianças de 1 a 6 anos: 1 gota para cada quilograma de peso corporal, a cada 6 ou 8 horas.
  • Crianças de 7 a 11 anos: 25 gotas, a cada 6 ou 8 horas. 
  • Adultos e crianças acima de 12 anos: 50 gotas, a cada 6 ou 8 horas. A dose diária máxima é de 300 mg, o que equivale a 300 gotas. 

Cápsulas 50 mg

As cápsulas não podem ser mastigadas, devem ser engolidas inteiras, de preferência com líquido. É recomendado tomar o medicamento durante ou após uma refeição.  

As doses indicadas são de 1 cápsula, 3 vezes ao dia, ou 2 cápsulas, 2 vezes ao dia. 

Não se deve ultrapassar a dose máxima recomendada de 300 mg/dia. 

Comprimidos revestidos 100 mg

Os comprimidos devem ser ingeridos com líquido suficiente para não mastigá-los, de preferência durante ou após as refeições.  

  Continua Depois da Publicidade  

A dose indicada é de 1 comprimido de 100 mg, 2 vezes ao dia. Não se deve exceder a dose máxima diária, que são 3 comprimidos por dia. 

Comprimidos de liberação retardada 200 mg

Os comprimidos de liberação retardada ou lenta são aqueles que liberam seu princípio ativo mais lentamente, prolongando os efeitos da medicação. 

O cetoprofeno de 200 mg tem como dose recomendada apenas 1 comprimido por dia, que pode ser administrado no período da manhã ou da noite. O ideal é tomar durante ou logo após a refeição. 

Comprimidos de 2 camadas 150 mg

São 2 comprimidos por dia, divididos em duas administrações. A dose recomendada é de 300 mg/dia. A dose pode ser reduzida para apenas um comprimido por dia, segundo orientação médica. 

Não se deve exceder a dose máxima diária de 300 mg. 

Solução injetável 50 mg/mL 

Essa forma de apresentação só pode ser administrada por um profissional da saúde. 

É administrada 1 ampola via intramuscular, de 2 a 3 vezes ao dia. Não se deve ultrapassar o limite máximo de 300 mg de cetoprofeno ao dia. 

Gel 25 mg/g

O gel pode ser aplicado sobre o local inflamado de 2 a 3 vezes ao dia. 

Massageie o local até que a pele absorva completamente o cetoprofeno em gel. A dose diária não deve ultrapassar 15 g por dia e o tratamento pode ser mantido por até 7 dias.

Supositório 100 mg 

O supositório pode ser usado de manhã e à noite, não ultrapassando a dose máxima de 300 mg ao dia. O medicamento deve ser inserido no ânus, após a lavagem das mãos. 

Como o cetoprofeno age no organismo?

Quando administrado por via oral, o cetoprofeno chega ao trato gastrointestinal e é absorvido pelo intestino. Sua metabolização ocorre no fígado e a eliminação é feita pelos rins. 

O cetoprofeno tem uma boa biodisponibilidade, ou seja, é bem absorvido pelo organismo. Por isso, quantidades consideráveis do medicamento chegam onde ele deve agir, permanecendo no local de ação por um período de 6 a 8 horas. 

O mecanismo de ação do cetoprofeno se dá pela inibição das prostaglandinas, que são sinais químicos similares a hormônios. Elas são produzidas e liberadas em locais onde houve alguma lesão ou invasão microbiana. Essa inibição resulta no alívio da dor, após 60 a 90 minutos da administração do medicamento.

Contraindicações do cetoprofeno

Informe ao seu médico ou médica se você já teve reação alérgica, como crise asmática e falta de ar, a algum anti-inflamatório não esteroide (AINE), como o ibuprofeno, ácido acetilsalicílico e o diclofenaco, pois o cetoprofeno é contraindicado nessas situações.

Pessoas que já tiveram ou têm úlceras no estômago e/ou no intestino, ou algum sangramento ativo no organismo, como consequência do uso de AINEs também não devem usar o cetoprofeno.    

O cetoprofeno não é indicado para lactantes e gestantes, especialmente no último trimestre da gravidez, por aumentar o risco de sangramento da mãe e do bebê, além de ser prejudicial para os pulmões e rins da criança.  

O medicamento também é contraindicado para pessoas que apresentam insuficiência grave do coração, dos rins e/ou do fígado. 

Ainda não existem estudos de segurança sobre o uso do cetoprofeno em crianças e bebês. Porém, existem formulações que podem ser administradas a partir dos 6 meses de idade, com prescrição e acompanhamento de um pediatra. 

A administração do medicamento para idosos também deve ser feita com cautela, já que é comum o uso de medicamentos de uso contínuo nessa faixa etária, aumentando os riscos de interações medicamentosas. 

Possíveis efeitos colaterais do cetoprofeno

Náusea
A indigestão e a náusea podem ser efeitos colaterais relacionados ao remédio

Como todo medicamento, o cetoprofeno pode causar alguns efeitos colaterais, mesmo sendo uma medicação considerada segura, quando administrada nas doses corretas e pelo tempo indicado. 

Os efeitos colaterais mais comuns do cetoprofeno em cápsula, comprimido, gota, injetável e xarope são: 

  • Indigestão
  • Náusea
  • Dor abdominal 
  • Vômito 

O cetoprofeno em gel raramente causa algum efeito colateral, mas algumas pessoas podem apresentar vermelhidão, coceira e inflamação no local de aplicação.

Fontes e referências adicionais 

Quais formas de apresentação do cetoprofeno você já usou? O medicamento foi eficiente para aliviar a sua dor e diminuir a inflamação? Comente abaixo! 

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dr. João Hollanda

Dr. João Hollanda é Médico Ortopedista - CRM-SP 113136. Formou-se pela Santa Casa de São Paulo, com especialização em cirurgia do joelho. É também médico da Seleção Brasileira de Futebol Feminino desde 2016 e médico voluntário do Grupo de Traumatologia do Esporte da Santa Casa de São Paulo desde 2010. Você pode entrar em contato com o Dr. João através de seu site.

Deixe um comentário