Chá da Casca do Abacaxi Emagrece? Para Que Serve, Benefícios e Como Fazer

Especialista:
atualizado em 27/12/2019

Você provavelmente já deve ter comido a polpa do abacaxi ou pelo menos tomado um suco feito com ela, certo? Mas e quanto à casca da fruta? Veja a seguir se é verdade que o chá da casca do abacaxi emagrece, para que serve e como fazer essa bebida com uma parte da fruta que geralmente é descartada.

Aproveite para conhecer também mais receitas com casca de abacaxi light e saudáveis para aproveitar em sua dieta e aprenda a fazer o chá de abacaxi com canela.

Será que o chá da casca do abacaxi emagrece?

Especialistas afirmam que o consumo do chá da casca do abacaxi com gengibre pode ser útil para quem deseja e/ou necessita emagrecer porque juntos, os dois ingredientes dão uma força em relação à aceleração do metabolismo e ao aumento da saciedade.

Entretanto, nada disso significa que o chá da casca do abacaxi emagrece magicamente, esteja ele associado a outro ingrediente ou não. É possível ainda que diferentes pessoas tenham diferentes resultados ao utilizarem a bebida.

Isso porque cada um tem um organismo com suas próprias características e necessidades, além de ter diferentes hábitos de dieta e prática de atividades físicas, fatores que influenciam bastante na questão do peso corporal.

Quem quiser testar a receita para ver se ganha uma ajuda em seu processo de perda de peso tem que estar ciente que, para emagrecer, não deixa de ser essencial seguir toda uma alimentação saudável, equilibrada, nutritiva e controlada.

Além disso, praticar exercícios físicos regularmente também pode contribuir neste sentido porque eles maximizam a queima de calorias. No entanto, para garantir que o processo seja eficiente e seguro, é essencial contar com o acompanhamento do nutricionista na dieta e do educador físico na prática dos treinamentos.

Para que serve – Benefícios do chá da casca do abacaxi

Agora que analisamos se é verdade que o chá da casca do abacaxi emagrece, que tal conhecermos alguns benefícios que já foram atribuídos à bebida?

1. Vitamina C

De acordo com suas informações nutricionais, a casca do abacaxi possui 38% a mais de vitamina C do que a própria polpa da fruta.

Isso é uma boa notícia porque além de ser um antioxidante, a vitamina C também é importante para o tecido conjuntivo, atua nos processos de cura/cicatrização do organismo e contribui com a absorção de ferro.

O nutriente ainda trabalha na formação da proteína utilizada na produção da pele, dos tendões, dos ligamentos e dos vasos sanguíneos e na reparação e manutenção da cartilagem, dos ossos e dos dentes.

2. Digestão

O chá da casca do abacaxi com gengibre pode promover uma melhora no processo digestivo.

Entretanto, não há explicações de como a bebida pode auxiliar neste sentido e nem falas de especialistas ou informações a respeito de pesquisas científicas para embasar essa afirmação.

Além disso, pessoas que sofrem com problemas como a gastrite não devem tomar o chá (outras contraindicações da bebida você confere mais abaixo). Vale a pena consultar o médico antes de consumir o chá para evitar problemas de saúde.

Como fazer – Receitas de chá com a casca do abacaxi

Antes de aprendermos as receitas de chá da casca do abacaxi, precisamos alertar para alguns cuidados que você precisa tomar em relação à higienização da casca da fruta para diminuir os riscos de sofrer uma intoxicação ou contaminação.

É crucial optar por cascas de abacaxis orgânicos e livres de agrotóxicos. O ideal é higienizar a casca da fruta com o hipoclorito hortifrutti, embora a limpeza também possa ser feita com a água sanitária.

1. Chá da casca do abacaxi

Ingredientes:

  • 1,5 l de água;
  • 1 abacaxi grande.

Modo de preparo:

Lavar bem, secar e retirar toda a casca do abacaxi. Colocá-la dentro de um recipiente com a água e deixar de molho dentro da geladeira ao longo de 24 horas; Com o auxílio de um garfo, retirar toda a polpa da casca; Levar a água e a casca do abacaxi para ferver em uma panela por 10 minutos; Coar e servir-se imediatamente.

Atenção: o modo de remoção da casca do abacaxi pode ser utilizado para as próximas receitas.

2. Chá da casca do abacaxi com gengibre

Ingredientes:

  • 1/3 da casca de um abacaxi grande;
  • 1 rodela de gengibre de aproximadamente 4 cm;
  • 3 xícaras de chá de água.

Modo de preparo:

Lavar bem a casca do abacaxi com o auxílio de uma escovinha; Após, juntar todos os ingredientes dentro de uma panela e levar ao fogo para ferver durante 10 minutos; Coar e servir-se imediatamente ou levar à geladeira em um recipiente bem fechadinho para tomar o chá gelado.

Alertamos que o chá não pode ser consumido por mulheres grávidas e por pessoas que sofrem com problemas de estômago.

Cuidados com o gengibre

A mestra em bioquímica Naomi Parks alertou que o chá de gengibre não pode ser consumido por pessoas que sofrem com a diabetes ou mulheres que se encontrem no período de amamentação.

O gengibre também não deve ser utilizado por quem sofre com hipertireoidismo e cálculo na vesícula biliar e crianças, pessoas com enxaqueca, úlceras e alergias não devem abusar da raiz.

O chá de gengibre também deve ser evitado por pessoas que sofrem com a pressão alta. O consumo exagerado da bebida pode provocar efeitos colaterais como gases e inchaço e também pode provocar azia e perturbação estomacal.

Outro possível efeito colateral do gengibre é a vertigem. E se a pessoa alérgica ao gengibre tomar o chá preparado à base da raiz, ela pode experimentar sintomas como desconforto na boca ou no estômago ou erupção cutânea.

A Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos alerta que pessoas que fazem uso de medicamentos diluidores do sangue (anticoagulantes) devem evitar os suplementos de gengibre, e ainda destacou que pessoas com distúrbios hemorrágicos também devem evitar os suplementos de gengibre.

3. Chá da casca do abacaxi com gengibre e hortelã

Ingredientes:

  • Casca da metade do abacaxi bem lavada e cortada em pedaços de 0,5 cm;
  • 10 cm de gengibre cortado em lâminas;
  • 1 xícara de folhas de hortelã;
  • Água mineral.

Modo de preparo:

Colocar as cascas do abacaxi e o gengibre dentro de uma panela; Acrescentar a água e levar ao fogo para cozinhar por 20 minutos; Desligar o fogo e coar. Adicionar as folhas de hortelã e servir-se imediatamente.

Cuidados com a hortelã

A hortelã pode provocar efeitos colaterais como azia, alterações no ritmo intestinal como diarreia ou prisão de ventre e reações alérgicas que podem incluir dor de cabeça, ruborização, coceira, urticária na pele e feridas na boca. A segurança do uso da folha da planta em longo prazo é desconhecida.

Ela é contraindicada para gestantes, mulheres que estejam amamentando, crianças com menos de cinco anos de idade e pessoas que sofrem com refluxo grave ou hérnia de hiato.

Outras dicas

O ideal é tomar um chá logo após o seu preparo (não tomar todo o conteúdo preparado de uma vez, pois isso pode ser perigoso para a saúde), antes que o oxigênio do ar destrua os seus compostos ativos. Um chá costuma preservar substâncias importantes até 24 horas depois do preparo, porém, depois desse período, as perdas são consideráveis.

Certifique-se ainda de que os ingredientes que você utilizar no preparo do seu chá sejam de boa qualidade, de boa procedência, orgânicos, frescos, estejam bem limpos e higienizados e não tenham a adição de nenhuma substância ou produto que possa prejudicar a sua saúde. Na hora de comprar a matéria-prima para fazer o chá, verifique ainda que se trata realmente da planta desejada, conferindo o seu nome científico.

Vídeo:

Gostou das dicas?

Fontes e Referências Adicionais:

Você já ouviu falar que o chá de casca do abacaxi emagrece? Tem vontade de experimentar essa bebida e seus benefícios? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário