Chá Earl Grey – Benefícios, Como Preparar e Receitas

Especialista:
atualizado em 25/12/2019

O chá Earl Grey se destaca como uma boa bebida para melhorar a função do sistema imunológico, tratar problemas digestivos e melhorar os sintomas de transtornos relacionados ao humor e à ansiedade. Esse chá não é feito a partir de uma erva e sim de uma mistura de vários chás chineses com propriedades medicinais.

Curioso para saber que mistura de ervas é essa? Além dos benefícios do chá Earl Grey para a saúde, você vai encontrar aqui algumas variações de receitas de como preparar o chá.

Chá Earl Grey – O Que é?

O chá Earl Grey é um chá muito saboroso e popular criado por Earl Grey, o primeiro-ministro inglês do século XIX. A bebida é muito benéfica para a saúde devido a propriedades que ajudam a perder peso, aliviar sintomas de ansiedade, combater o estresse oxidativo, dar energia para o corpo, regular o processo digestivo, promover a saúde bucal, manter o coração saudável e fortalecer o sistema imunológico.

Composição

O chá Earl Grey tem como componente principal o chá preto extraído da planta Camellia sinensis, planta rica em antioxidantes responsável por proteger o corpo de várias doenças. Além do chá preto, o chá Earl Grey pode ser preparado com base de chá verde ou chá branco.

Ele também contém cafeína devido à presença de chá preto. Uma xícara do chá pode conter entre 55 e 90 miligramas de cafeína, mas também é possível encontrar a versão descafeinada, que pode conter de 2 a 10 miligramas de cafeína.

Outra característica única desse chá é que ele é aromatizado com extratos de bergamota, uma fruta cítrica parecido com a mexerica. Assim, a bebida adquire um sabor único que mescla o amargo do chá preto com um sabor cítrico e aroma floral que traz muitos benefícios para a saúde.

Benefícios do chá Earl Grey

1. Alívio do estresse e da ansiedade

O chá Earl Grey é muito usado para aliviar o estresse. A cafeína presente ajuda a melhorar o foco e a clareza dos pensamentos. Além disso, estudos indicam que a bergamota é muito usada em aromaterapia para aliviar o estresse, os sintomas da ansiedade e até ajudar no tratamento da depressão.

Também há relatos de que o chá pode atuar como um estabilizador de humor, atuando também no tratamento de transtornos relacionados ao humor. No entanto, pessoas que sofrem de algum desses transtornos não devem usar o chá no lugar dos medicamentos prescritos sem aval médico.

2. Aumento da energia

De acordo com estudo publicado em 2008 no periódico científico Journal of Analytical Toxicology, a bebida também é conhecida por fornecer energia e estimular o metabolismo. Isso tem relação com seu teor de cafeína que, embora seja bem menor do que de uma dose de café, pode dar energia extra para o seu dia ou para a sua rotina de atividades físicas.

3. Perda de peso

Segundo estudo de 2007 publicado no African Journal of Plant Science, a bergamota presente no chá Earl Grey não é útil apenas para dar o aroma cítrico à bebida, mas seus extratos cítricos também contribuem para a perda de peso e para acelerar o metabolismo.

Somado a isso, a cafeína presente no chá também ajuda a queimar gordura acumulada no organismo devido ao seu efeito termogênico.

4. Prevenção do câncer

De acordo com estudo publicado em 2009 no Nutrition and Cancer, a presença de compostos antioxidantes no chá Earl Grey atua reduzindo o estresse oxidativo no corpo, o que ajuda a combater os radicais livres responsáveis por causar danos a células saudáveis. Isso pode gerar alguns tipos de câncer, além de aumentar o risco de desenvolver doenças crônicas.

Outro estudo mais recente publicado em 2012 publicado no American Journal of Clinical Nutrition, que envolveu 69 mil mulheres, mostrou que aquelas que beberam ao menos 3 xícaras de chá Earl Grey por semana apresentaram um risco significativamente menor de câncer no sistema digestivo do que aquelas que não tomaram a bebida.

5. Saúde da pele

Segundo estudo publicado na revista científica Frontiers in Pharmacology em 2015, o teor antioxidante da bebida não protege o corpo apenas do desenvolvimento de câncer e doenças crônicas, mas também pode atuar no tratamento de problemas que afetam a pele como o eczema, a acne e a psoríase.

Além de acelerar a cicatrização nessas inflamações, o chá Earl Grey protege a pele de danos causados por radicais livres que podem gerar manchas e rugas relacionadas ao envelhecimento precoce.

6. Coração saudável e redução do colesterol

O chá Earl Grey tem relação com a redução dos níveis de triglicerídeos no organismo, que quando altos podem aumentar o risco de ataques cardíacos, derrames e aterosclerose. Isso se deve ao efeito antioxidante do chá, que além de reduzir o estresse oxidativo, evita o acúmulo de placas gordurosas no coração.

Pesquisa publicada em 2010 no Journal of Agricultural and Food Chemistry mostra que a bergamota presente no chá tem uma enzima chamada de hidroximetilglutaril, que é um flavonoide capazes de destruir proteínas associadas ao desenvolvimento de doenças cardíacas.

Outros estudos científicos mostraram que o chá Earl Grey é capaz de reduzir os níveis de colesterol do tipo LDL (colesterol ruim) e de aumentar os níveis de colesterol do tipo HDL (colesterol bom) após o consumo regular por algumas semanas.

7. Fortalecimento do sistema imunológico e prevenção de doenças como a gripe

O mesmo estudo que indica os benefícios do chá Earl Grey para a pele publicado em 2015 na Frontier in Pharmacology mostra também a eficiência da bebida na prevenção de resfriados e de gripes e na redução de sintomas febris.

Isso porque as substâncias antioxidantes presentes no chá ajudam a fortalecer o sistema imunológico, evitando infecções e combatendo doenças parasitárias e crônicas como as doenças cardiovasculares.

8. Redução de processos inflamatórios

As substâncias e os nutrientes encontrados no chá preto presente no Earl Grey ajudam a reduzir a inflamação no organismo, incluindo inflamações na garganta e no trato gastrointestinal, além de dores no corpo.

A redução da inflamação no corpo também ajuda a evitar o desenvolvimento de doenças como as doenças cardíacas.

9. Saúde bucal

O chá Earl Grey é uma bebida rica em catequinas. As catequinas são uma classe de antioxidantes que ajuda a proteger o corpo de infecções orais como a gengivite. O flúor, também presente no chá, ajuda a manter os dentes saudáveis e prevenir doenças bucais como a cárie.

10. Digestão adequada

O chá Earl Grey pode ajudar a aliviar problemas digestivos e a reduzir inflamações no intestino. Alguns exemplos desses problemas incluem a constipação, o inchaço, hemorroidas, cólica e outros desconfortos estomacais. Além disso, a bebida apresenta efeitos calmantes e anti-inflamatórios que ajudam a aliviar cólicas e náuseas, por exemplo.

Por fim, os compostos antioxidantes e bactericidas ajudam também a prevenir infecções e a evitar a proliferação de parasitas no intestino.

11. Hidratação

Por ser rico em potássio e também conter água em sua composição, o chá Earl Grey ajuda a manter o equilíbrio eletrolítico no organismo e a manter o corpo hidratado.

Como preparar 

Como o chá Earl Grey pode ser baseado no chá preto, no chá verde ou no chá branco, existem várias receitas para o preparo da bebida. Aqui, vamos mostrar algumas maneiras de fazer esse delicioso chá. Mas, antes disso, é preciso entender que folhas de Earl Grey só são encontradas na forma seca, já que o aroma da bergamota é adicionado após as folhas do chá preto secarem.

Receita 1

Para essa receita, você vai precisar de um sachê ou folhas secas de Earl Grey e um pouco de água. Tais folhas podem ser encontradas em lojas de produtos naturais e é importante prestar atenção no que diz o rótulo do produto.

Modo de preparo:

O preparo é bem simples. Basta adicionar o sachê ou 2 colheres de folhas secas de Earl Grey em cerca de 250 mililitros de água previamente fervida. Depois, deixe a mistura em infusão por alguns minutos e, se necessário, coe a bebida antes de tomar.

Receita 2

Também é possível preparar o seu chá Earl Grey a partir dos ingredientes brutos. Ou seja, basta ter uma fruta de bergamota fresca e algumas folhas de chá preto para que você mesmo impregne o aroma cítrico nas folhas do chá.

Modo de preparo:

Em primeiro lugar, limpe bem a bergamota e cortar as cascas em pequenos pedaços. Deixe a casca secar usando um secador ou deixando exposto ao ar livre durante até 24 horas. Depois disso, coloque essas cascas secas em um recipiente fechado contendo folhas de chá preto para que essas folhas absorvam o aroma e sabor da bergamota.

Nota: Algumas pessoas costumam preparar o chá com leite no lugar de água, mas saiba que essa prática pode reduzir o teor de antioxidantes do chá e prejudicar os seus benefícios. Se quiser alterar o sabor da bebida, prefira adicionar algumas gotas de limão ou mel. Também existem outras receitas que usam folhas de chá verde ou chá branco para preparar o chá mantendo os mesmos benefícios.

Efeitos colaterais e cuidados 

Embora o chá Earl Grey seja seguro para grande parte das pessoas, quando usado de forma exagerada pode causar alguns efeitos colaterais. Uma ingestão moderada de chá Earl Grey corresponde a uma ingestão de no máximo 5 xícaras de chá por dia. Acima disso, os seguintes efeitos adversos podem ser observados:

  • Ansiedade;
  • Tremores;
  • Insônia;
  • Palpitações cardíacas;
  • Irritabilidade;
  • Dor de cabeça.

Além desses efeitos colaterais indesejados, o consumo exagerado do chá pode prejudicar a absorção do mineral ferro devido à presença de ácido tânico e gálico, que são ácidos que interferem na absorção do ferro presente em alimentos como o feijão e algumas verduras. Para evitar esses problemas, além de diminuir a dose é importante nunca tomar o chá junto com as refeições.

Os taninos encontrados no chá também podem manchar os dentes. Para evitar danos no esmalte dentário, é essencial ingerir o chá moderadamente e escovar ou enxaguar a boca logo após o consumo da bebida.

A bergamota, em altas concentrações, pode ser tóxica ao organismo devido à presença da toxina bergapteno. De acordo com a Universidade de Washington nos EUA, esse composto pode interferir na absorção de potássio em alguns neurônios, causando efeitos indesejados como contrações musculares, cãibras nas mãos e nas pernas, pressão nos olhos, visão embaçada e sensações de ardência ou queimação no corpo.

Alguns compostos encontrados no chá Earl Grey também podem aumentar a sensibilidade na pele de algumas pessoas, aumentando o risco de queimaduras solares. Assim, é importante usar protetor solar diariamente durante a ingestão do chá.

Também é importante atentar ao risco de interações medicamentosas. Se estiver tomando algum medicamento prescrito, converse com seu médico antes de começar a usar chá Earl Grey regularmente.

Por fim, mulheres grávidas ou amamentando também são aconselhadas a evitar o uso do chá, já que não se sabe se a bebida pode fazer mal ao bebê.

Se usado com moderação, o chá Earl Grey provavelmente não causará nenhum dos efeitos colaterais aqui mencionados e todos seus benefícios podem ser aproveitados para fortalecer nosso sistema imunológico, ajudar a manter a saúde em dia e proteger o corpo contra doenças. 

Fontes e Referências Adicionais:

Você já tinha ouvido falar do chá Earl Grey? O que achou dos benefícios dessa bebida? Pretende aprender como fazer as receitas para experimentar em casa? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 4,33 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário