Chá para Mau Hálito – 5 Mais Usados, Como Fazer e Dicas

Especialista:
atualizado em 27/12/2019

Se perceber que a pessoa ao lado está com mau hálito já incomoda, imagine quando alguém descobre que ele próprio é o dono odor desagradável. Felizmente, existem algumas formas de disfarçar o cheiro, como escovar os dentes novamente e chupar uma bala de menta. Será que tomar um chá para mau hálito também funciona?

O mau hálito ou halitose pode ser provocado por diversos fatores como o consumo de determinados alimentos (cebola e alho, por exemplo), a utilização de tabaco, a má higiene bucal, a boca seca, o uso de medicamentos e a doença periodontal.

O problema também pode surgir por conta de infecções ou inflamações crônicas no nariz, nos seios nasais e na garganta, da formação de pequenas pedras nas amígdalas, de cânceres, da doença do refluxo gastroesofágico, de distúrbios metabólicos, da bronquite crônica, da diabetes descontrolada e de doença hepática ou renal, por exemplo.

Quando o mau hálito está associado ao acúmulo de bactérias, o dentista pode recomendar o uso de enxaguante bucal que mata bactérias ou de uma pasta de dente com agente antibacteriano.

Se a halitose for decorrente de uma doença bucal, a solução será o tratamento da condição em questão. Veja aqui algumas opções de remédio para mau hálito.

Já caso o problema persista e o dentista suspeite que uma condição mais séria pode estar por trás do mau hálito, ele encaminhará o seu paciente para um médico com o objetivo de diagnosticar e tratar a real causa da halitose.

5 opções de chá para mau hálito

Uma das estratégias utilizadas por algumas pessoas para lidar com o mau hálito é tomar chazinhos que prometem ajudar a combater o problema. Abaxixo, vamos apresentar algumas opções de chá para mau hálito que muitas pessoas aderem.

Porém, antes de chegarmos a elas, precisamos deixar uns alertas. O primeiro é que você converse com o médico e o dentista antes de tomar qualquer chá para ter certeza de que ele realmente pode ajudar o seu mau hálito, que a bebida não pode te fazer mal e saber qual a forma segura de utilizar o chá em questão.

Como você verá no decorrer deste artigo, mesmo bebidas naturais como os chás podem prejudicar a saúde, principalmente se consumidas indevidamente.

Além disso, é importante que você marque uma consulta com o dentista para saber qual é a possível causa do seu mau hálito e trate corretamente aquilo que originou o problema. Não podemos nos esquecer que a halitose pode ser causada por doenças graves.

Com isso, tomar um chá para mau hálito vai tratar somente o sintoma, podendo mascarar o real problema. E se houver realmente uma doença séria e ela não for diagnosticada e tratada, existe o risco do surgimento de complicações.

Lembramos ainda que não dá para esperar bons resultados com qualquer tipo de chá se você não mantiver uma higiene bucal adequada, com escovação e uso do fio-dental.

Agora que as ressalvas já foram feitas, vamos conhecer algumas opções de chá para mau hálito?

1. Chá verde

A especialista em nutrição Katharina Kaiser, do aplicativo de fitness e nutrição Freeletics, afirmou que o chá verde pode ser utilizado como um enxaguante bucal para combater bactéria e diminuir o mau hálito.

Converse com o seu dentista para saber se o chá verde realmente pode melhor o seu hálito. Aproveite para conhecer todos os benefícios do chá verde comprovados cientificamente.

Como fazer chá verde

Ingredientes:

  • 1 colher de sobremesa de chá verde;
  • 1 xícara de água.

Modo de preparo:

Aquecer a água, porém, sem deixar ferver – para que os benefícios sejam mantidos e o chá não fique amargo é necessário que a temperatura da água não seja mais alta do que 80º C a 85º C. Colocar o chá verde em uma caneca e despejar a água quente por cima;

Tampar e deixar abafar durante três minutos – não deixar em imersão por mais tempo para que o chá verde não perca as suas propriedades; Coar o chá e usá-lo imediatamente.

Cuidados

A bebida pode prejudicar quem faz uso de anticoagulantes/afinadores do sangue. Além disso, vale ressaltar que o chá verde não deve ser ingerido por quem sofre com distúrbios hemorrágicos.

O chá verde pode piorar ou afetar condições como anemia, ansiedade, diabetes, diarreia, glaucoma, síndrome do intestino irritável, doença hepática e osteoporose. Converse com o seu médico a respeito do uso da bebida caso tenha qualquer uma dessas doenças.

Mulheres que estejam grávidas ou amamentando não devem consumir uma quantidade excessiva de chá verde, não devendo ultrapassar a dose de mais de duas xícaras do chá diariamente. Especialistas recomendam ainda que pessoas com idade inferior aos 18 anos não tomem o extrato de chá verde.

2. Chá preto

Um estudo apresentado no encontro da Sociedade Americana de Microbiologia apontou possíveis vantagens do chá preto para o mau hálito.

Os autores da pesquisa juntaram extratos de chá preto com três espécies de bactérias associados à halitose em placas de Petri (aqueles recipientes redondinhos usados em laboratório) ao longo de 48 horas e compararam os resultados com o que aconteceu quando a bactéria ficou sozinha.

O resultado? Em todos os casos, os polifenóis do chá inibiram o crescimento da bactéria em 30% e diminuíram a produção de compostos que provocam o mau hálito, completou o site.

A pesquisadora e professora do Departamento de Odontologia Pediátrica da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, Christine Wu afirmou que o chá preto e os seus polifenóis podem beneficiar a saúde bucal humana por meio da supressão de compostos com cheiro ruim produzidos por patógenos (micro-organismos causadores de doenças). Confira também todos os benefícios do chá preto.

Como fazer chá preto

Ingredientes:

  • 1 xícara de água fervente
  • 1 saqueta de chá preto ou 1 colher de chá de chá preto.

Modo de preparo:

Colocar o chá preto na xícara de água fervente; Tampar e deixar repousar por, no mínimo, cinco minutos – para quem sofre com insônia, o descanso do chá preto na xícara água tampada deve durar aproximadamente 10 minutos para não atrapalhar o sono; se o método de preparo for o do repouso de cinco minutos, o chá não poderá ser consumido depois das 19h; Coar e usar o chá ainda morno.

Cuidados

Não se deve ingerir doses exageradas de chá preto, mas a bebida é provavelmente segura em quantias moderadas, não excessivas.

Quem tem condições sensíveis a hormônio como câncer de mama, câncer uterino, câncer ovariano, endometriose e miomas uterinos não pode tomar o chá preto.

Mulheres que estejam grávidas ou amamentando não podem tomar mais do que três xícaras de chá preto por dia, uma vez que beber mais do que isso na gravidez foi associado a um maior risco de aborto, ao aumento de risco da síndrome da morte súbita infantil, ao baixo peso e a sintomas da abstinência de cafeína em recém-nascidos.

3. Chá de cravo-da-índia

O cravo-da-índia é dotado de propriedades antissépticas que podem ter utilidade na luta contra os micro-organismos que provocam o mau hálito.

Especialistas recomendam preparar um chá com o cravo e fazer bochechos com ele depois de escovar os dentes. Entretanto, você deve consultar o seu dentista antes de fazer isso para confirmar que a receita realmente pode funcionar como um chá para mau hálito. Aproveite e conheça todos os benefícios do cravo-da-índia.

Como fazer chá de cravo-da-índia

Ingredientes:

  • 1/2 copo de água
  • 5 cravos-da-índia.

Modo de preparo:

Colocar todos os ingredientes dentro de uma panela e deixar ferver ao longo de alguns minutos; Desligar e, depois que amornar, coar e utilizar o chá como enxaguante bucal.

Cuidados

O cravo-da-índia não pode ser usado por gestantes, por mulheres que estejam amamentando, por crianças com menos de seis e por pessoas que sofrem com gastrite ou úlcera.

O chá de cravo-da-índia e o seu extrato seco não podem ser utilizados a partir de duas semanas antes da data programada para uma cirurgia porque o cravo-da-índia contém uma substância que retarda a coagulação sanguínea.

4. Chá de gengibre

O gengibre é aromático e possui propriedades antissépticas que podem auxiliar a combater micro-organismos que podem estar presentes no interior da boca.

Mascar pedacinhos de gengibre para combater o mau hálito é um recurso bastante utilizado, porém, também podemos dar uma chance ao chá de gengibre para conferir se ele pode amenizar o odor ruim na boca, não é mesmo?

Até porque, o gengibre é um remédio caseiro que pode ajudar a lidar com problemas de digestão, que podem ser uma das causas do mau hálito. Confira também 13 benefícios do chá de gengibre para a saúde e boa forma.

Mas atenção: antes de tomar a bebida para lidar com seus problemas digestivos, você deve consultar o médico e seguir todo o restante do tratamento que for indicado por ele.

Além disso, o dentista também deve ser consultado antes de usar o chá de gengibre para lidar com a halitose. Isso serve para confirmar que a bebida realmente pode ajudar neste sentido.

Como fazer chá de gengibre

Ingredientes:

  • 1 colher de chá de gengibre;
  • 1 xícara de água.

Modo de preparo:

Colocar o gengibre e a água dentro de uma panela e levar ao fogo durante 10 minutos; Desligar o fogo, tampar e deixar abafar durante 10 minutos; Coar e usar o chá.

Cuidados

O chá de gengibre não pode ser consumido por pessoas que sofrem com a diabetes, por mulheres que estejam grávidas ou mulheres que se encontrem no processo de amamentação de seus filhos.

Pessoas que fazem uso de medicamentos diluidores do sangue (anticoagulantes) devem evitar os suplementos de gengibre. O gengibre também não deve ser utilizado por quem sofre com hipertireoidismo e cálculo na vesícula biliar e que crianças, pessoas com enxaqueca, úlceras e alergias não devem abusar da raiz.

O chá de gengibre também deve ser evitado por pessoas que sofrem com a pressão alta.

5. Chá de hortelã

Se recorremos às balinhas de hortelã na hora em que o mau hálito invade nossas bocas e não temos como escovar os dentes, por que não dar uma chance ao chá de hortelã para ver se ele não ajuda a aliviar a halitose?

A planta é conhecida por ter um aroma agradável. Isso pode ajudar a dar uma disfarçada no cheiro ruim da boca.

A hortelã é dona de um aroma agradável, o que influencia positivamente o hálito. Além disso, a hortelã ajuda a aliviar problemas estomacais, que podem causar o mau hálito.

Converse com o seu dentista a respeito do uso do chá de hortelã para aliviar o seu mau hálito, em particular.

Como fazer chá de hortelã

Ingredientes:

  • 300 ml de água;
  • 2 colheres de sopa de hortelã picadas.

Modo de preparo:

Ferver a água dentro de uma panelinha apropriada; Desligar o fogo, adicionar a hortelã, tampar e deixar abafar durante 10 minutos; Coar, esperar o chá esfriar um pouco e servir-se.

Cuidados

A hortelã é contraindicada para gestantes, mulheres que estejam amamentando, crianças com menos de cinco anos de idade e pessoas que sofrem com refluxo grave ou hérnia de hiato.

Cuidados gerais com o uso de chá para mau hálito

Antes de começar a tomar ou usar qualquer chá para mau hálito, você precisa consultar o médico para saber se a bebida é indicada para você, checar se ela não pode te fazer mal e verificar em que dosagem e frequência ela pode ser consumida.

Não utilize nenhum tipo de chá no lugar de qualquer tratamento recomendado pelo médico porque isso pode prejudicar a sua saúde.

Mesmo os chás de substâncias naturais podem fazer mal, ter contraindicações e provocar efeitos colaterais, principalmente se forem utilizados de maneira inadequada ou exagerada. Portanto, não exagere no consumo do chá para mau hálito, mesmo que a ingestão da bebida tenha sido autorizada pelo médico.

Essa recomendação de consultar o médico serve para todas as pessoas, principalmente para quem tem a saúde fragilizada como adolescentes, idosos, mulheres que estejam grávidas, mulheres que estejam amamentando e pessoas que sofrem com alguma doença ou condição específica de saúde.

Na conversa com o médico, também é necessário informar caso faça uso de qualquer medicamento, suplemento ou planta para que ele verifique se não faz mal utilizar a substância ao mesmo tempo em que o chá em questão.

E, se você passar mal depois de tomar a versão escolhida da bebida, procure imediatamente um hospital para checar a gravidade dos sintomas e receber o tratamento apropriado.

Dicas

O ideal é tomar um chá logo após o seu preparo (não necessariamente tomar todo o conteúdo preparado de uma vez, pois isso pode ser perigoso para a saúde), antes que o oxigênio do ar destrua os seus compostos ativos. Um chá costuma preservar substâncias importantes até 24 horas depois do preparo, porém, depois desse período, as perdas são consideráveis.

Certifique-se ainda que os ingredientes que você utilizar no preparo do seu chá para mau hálito sejam de boa qualidade, de boa procedência, orgânicos, frescos, estejam bem limpos e higienizados e não tenham a adição de nenhuma substância ou produto que possa prejudicar a sua saúde.

Na hora de comprar a matéria-prima para fazer o chá, verifique ainda que se trata realmente da planta desejada, conferindo o seu nome científico.

Refrências Adicionais:

Você já tentou tomar algum chá para mau hálito? Deu certo essa tentativa ou precisou recorrer a outras? Comente Abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 4,50 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário