Comida Japonesa Engorda?

A culinária japonesa abrange uma grande variedade de métodos de cozimento e ingredientes, desde sushi feito com peixe cru a tempurá, que é uma massa frita com camarão e vegetais. Eles levam tempo para fazer com que cada prato pareça apresentável e prazeroso ao olho. A comida japonesa engorda somente baseado em determinados ingredientes usados e na forma como eles são preparados.

Uma noite de comida japonesa parece o jantar perfeito quando você está de dieta, certo? Cheio de vegetais, peixes ricos em proteína e alga, sushi dá a ilusão de ser um jantar com poucas calorias, mas delicioso, para quem está fazendo dieta. Mas tome cuidado! Esses rolinhos podem estar cheios de gordura e calorias! Esses molhos temperados que você adora colocar no seu sushi? Cheios de cream cheese. O molho shoyu salgado que é um essencial em qualquer sushi bar? Super cheio de sódio, que causa inchaço. E cuidado com o tempurá! Essa casca crocante frita vai direto para as suas coxas!

Ao invés disso, escolha sushis frescos que não são fritos e use molhos cremosos com moderação. Opte por um rolinho de atum com vegetais e use um pouquinho de molho shoyu, somente para dar sabor. Você ainda ficará satisfeito ao final da refeição!

Manutenção Calórica

O corpo humano precisa de uma certa quantidade de calorias por dia para realizar suas funções. Se você come apenas a quantidade de calorias necessária para essas necessidades, você mantém seu peso. Se você come mais que sua taxa de manutenção, você cria um excesso de calorias e ganha peso. Consumir menos calorias do que o necessário, resulta em um déficit de calorias, o que promove perda de peso. Se você come comida japonesa, mas não come mais calorias do que sua taxa de manutenção, você não ganhará peso. Comer muita comida japonesa engorda, sendo essa quantidade mais que seu nível de manutenção. Isso acontece independente se é comida japonesa ou qualquer outro tipo. 

Sódio

Muitos pratos japoneses são preparados com molho shoyu. Ele também é usado como um molho para sushi e sashimi. Molho shoyu não tem muitas calorias, mas contém muito sódio. Uma colher de sopa tem mais de 900 miligramas, o que é quase 40% do recomendado por dia. Uma ingestão alta de sódio causa retenção de água, o que leva a ganho de peso de líquidos. Por conta disso, principalmente, é que as pessoas acreditam que a comida japonesa engorda muito. Mesmo se você não fizer as piores escolhas, se você abusar so shoyo vai reter muito líquido no corpo e sentir-se inchado. Isso não é gordura, mas pode fazer suas roupas ficarem mais apertadas e te fazer se sentir desconfortável. Ingestão excessiva de sódio também pode fazer seus níveis de pressão arterial subirem. Procure um molho shoyu com pouco sódio para manter sua ingestão baixa. Uma colher de sopa de molho shoyu com pouco sódio contém cerca de 530 miligramas de sódio. 

Alimentos Gordurosos

Tempurá é um preparado que envolve mergulhar alimentos em gordura e fritá-los. Isso geralmente é feito com camarão, lula, ostras, batata doce e vegetais. Alimentos fritos são ricos em gordura e calorias. Quatro pedaços de tempurá de camarão contêm 12 gramas de gordura e 240 calorias. Se você comer isso como uma entrada, você já estará se preparando para uma ingestão alta de calorias.

Alimentos preparados em Hibachi são preparados em uma grelha, mas também tendem a ter muita gordura e calorias. Um alimento base como carne, frango ou frutos do mar é combinado com ovos, vegetais e arroz. O prato é preparado com manteiga, óleo e um molho doce, o que rapidamente aumenta o conteúdo calórico e de gordura. Se você come uma entrada de tempurá e um prato hibachi, você pode facilmente consumir 800 calorias em uma refeição, o que pode levar a ganho de peso. 

Carboidratos Simples

Não apenas o arroz usado em entradas, mas também é usado como acompanhamento e na preparação de sushi. Embora tenha pouca gordura, ele é rico em carboidratos simples. Carboidratos simples fazem os níveis de açúcar no sangue subirem rapidamente, o que leva a uma liberação rápida de insulina – um hormônio que armazena gordura. Ingestão regular de carboidratos simples pode causar ganho de peso e inutilizar esforços para perda de peso.

Carboidratos Processados

Arroz branco é o ingrediente principal da comida japonesa — algumas vezes chegando a ser 75% do prato. Ele é altamente processado, fazendo com que perca as vitaminas, minerais e fibra, sendo que a última é importante para manter a saúde do sistema digestivo — e por nos encher. Arroz de sushi não é apenas cozido em água, ele também contém quantidades consideráveis de açúcar, além de vinagre de arroz adocicado. Além da gordura de determinados ingredientes, a maioria dos especialistas culpa a grande quantidade de arroz quando afirmam que comida japonesa engorda.

Sempre que for comer comida japonesa, tente limitar a quantidade de arroz e comer mais peixe. Quando possível, como em sushis, diminua a quantidade de arroz pela metade.

Fibra

Edamame é um acompanhamento popular que consiste em soja ainda nas vagens e sal por cima. Soja é rica em fibras e proteína. Comer alimentos ricos em fibras faz com que você se sinta cheio. Ao comer edamame antes da refeição, você ficará satisfeito e reduzirá suas chances de comer demais. Isso pode ajudar a prevenir o ganho de peso. Uma porção de 230 gramas de edamame tem 12 gramas de fibras e 24 gramas de proteína.

Escolha Comida Japonesa Saudável

Muitas pessoas sabem que comida japonesa pode ser nutritiva, mas é importante que você saiba os dados nutricionais para entender quão saudável a comida japonesa realmente pode ser. Pode ser uma refeição com poucas calorias cheia de vegetais, proteína magra, incluindo peixe, e carboidratos complexos, mas também há pratos japoneses nada saudáveis.

Qualquer coisa frita como tempurá ou Hot Philadelphia, ou pratos principais que têm muito molho devem ser consumidos com cuidado. Para um jantar consciente, um cardápio japonês é mais fácil de navegar que um cardápio de comida chinesa, devido às muitas opções sem molho e a prevalência de peixes.

Calorias de Comida Japonesa e Informação Nutricional

Tenha cuidado quando comer para monitorar as calorias da sua comida japonesa. Para aperitivo, escolha uma sopa de missô, uma salada com molho de gengibre ou uma salada de algas. Alga está recentemente sob os holofotes como como um poço de nutrição, rica em vitaminas, minerais e fibras solúveis que te ajudam a se manter cheio com poucas calorias.

Para entrada, escolha sushi que não é frito ou cheio de cream cheese, e você evitará muitas calorias. Tenha cuidado com a quantidade de arroz que consume nos sushis, ela pode aumentar rapidamente. Você pode pedir arroz integral para aumentar as fibras ou escolher sashimi ao invés de sushi.

Vídeos:

Gostou das dicas?

O que te leva a pensar que a comida japonesa engorda? Você costuma recorrer a essa culinária quando se encontra de dieta? O que você mais gosta de comer em restaurantes japoneses? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (11 votos, média: 4,64 de 5)
Loading...

1 comentário em “Comida Japonesa Engorda?”

  1. Comida japonesa é uma coisa que nao da pra ficar sem, mesmo de dieta. Eu sou viciado! Pelo menos dá pra ficar só no sashimi, e comer pouco arroz…

Deixe um comentário