Como a gordura nos rins pode afetar a sua saúde

Especialista da área:
atualizado em 08/03/2021

Um dos sistemas mais afetados pelo excesso de gordura é o sistema renal. Os rins atuam como protetores do seu corpo, limpando e eliminando aquilo que não serve ou pode fazer mal. Desta forma, quando há excesso de gordura nos rins, ele pode ficar sobrecarregado.

  Continua Depois da Publicidade  

Sendo assim, entenda como a gordura nos rins afeta a sua saúde. Descubra os sintomas do excesso de gordura neste sistema e como evitar esta condição!

Rins: cuidar do filtro do corpo é essencial para sua saúde

Antes de mais nada, cuidar dos rins é fundamental. Isso porque eles possuem diversas funções essenciais no seu corpo.

Estes órgãos são responsáveis, primeiramente, por eliminar as toxinas ou dejetos resultantes do metabolismo corporal. Ou seja, seus rins atuam como um filtro mantendo todo o seu corpo funcionando adequadamente.

Da mesma forma, eles mantêm o equilíbrio hídrico do organismo, o que significa, portanto, que são os rins que eliminam o excesso de água, sais e eletrólitos entre outros.

Desta maneira, os rins evitam que você crie edemas, retenha líquido e aumente a sua pressão arterial.

Além disso, os rins também atuam como produtores de hormônios, entre eles a eritropoetina, um hormônio que atua na formação de glóbulos vermelhos, e a renina, um hormônio que ajuda a regular a pressão arterial.

Entenda por que a gordura nos rins pode prejudicar sua saúde

excesso de peso

O excesso de gordura nos rins pode afetar bastante sua saúde. Devido a esta condição, estes órgãos podem não funcionar direito e acarretar uma série de complicações como pressão alta, maiores chances de diabetes, entre outros diversos problemas.

Quando uma pessoa apresenta excesso de gordura, diversos mecanismos do seu corpo passam a funcionar com dificuldade.

Portanto, quando há excesso de gordura, os rins precisam trabalhar mais do que o normal para filtrar todo o sangue. Desta forma, estes órgãos acabam sobrecarregados.

  Continua Depois da Publicidade  

Da mesma forma, pacientes com excesso de gordura nos rins apresentam um risco maior para Doença Renal Crônica (DRC). Esta condição faz com que o sistema renal perca sua função principal que é filtrar o sangue.

Pode ser causado por diversos fatores

O excesso de gordura nos rins pode ocorrer devido a algum outro problema de saúde, principalmente envolvendo hormônios. Da mesma maneira, fatores genéticos podem agravar a situação.

No entanto, sua qualidade de vida e o cuidado com sua saúde influenciam bastante no acúmulo de gordura nestes órgãos.

Alguns fatores como má alimentação, consumo de álcool e cigarros, além da falta de exercícios, contribuem para aumentar a gordura nos rins.

Os especialistas ainda alertam que o consumo de medicamentos como analgésicos e anti-inflamatórios sem receita médica prejudica seus rins e pode agravar o quadro de acúmulo de gordura.

Sintomas do excesso da gordura nos rins

O acúmulo de gordura nos rins pode ser uma condição invisível. Por isso, você precisa fazer check ups regulares para verificar sua saúde.

Embora não seja a regra, geralmente este acúmulo está relacionado ao excesso de peso. 

Você pode perceber que há algo errado com seus rins quando surgem alguns sintomas. Alterações na urina, por exemplo, são um dos primeiros sinais de que é preciso consultar um médico.

  Continua Depois da Publicidade  

A urina espumosa ou acompanhada de sangue são sintomas de problemas no rins. Inchaços e edemas também são um sintoma de doença renal.

Da mesma forma, a hipertensão sinaliza que seus rins não estão funcionando adequadamente.

Além disso, você pode apresentar anemia, cansaço, perda do apetite, bem como náusea e vômito. Do mesmo modo, dor nas costas ou nos rins são sintomas claros de doenças renais.

Tratamento depende de cada caso

Assim que estes sintomas aparecerem, consulte um especialista. Apenas o médico pode verificar se há excesso de gordura nos rins ou outro problema e traçar o curso de tratamento adequado.

Sendo assim, o tratamento depende da gravidade do seu caso. Para eliminar a gordura nos rins, o médico indica desde um acompanhamento com nutricionista para a mudança de hábitos alimentares até a diálise em casos mais graves.

Atitudes que mantêm seu rim saudável

Como vimos, os rins são uma parte extremamente importante do seu corpo. Por isso, é fundamental você saber como cuidar deles. Algumas atitudes podem manter seus rins saudáveis e funcionando adequadamente.

Antes de mais nada, você deve se manter hidratado. Beber bastante água irá ajudar a limpar os rins e, principalmente, facilitar o trabalho deste órgão.

Outra atitude que mantém seus rins saudáveis é maneirar no consumo de sal. Sendo assim, uma alimentação saudável e balanceada é a chave para proteger seus rins.

Exercícios físicos também fazem maravilhas não só para seus rins, mas para o seu corpo como um todo. Cuidar do seu peso é outra atitude que pode manter seus rins funcionando adequadamente.

E, é claro, não se automedique. Tomar medicamentos sem consultar seu médico pode prejudicar os seus rins.

Você já teve algum problema renal? O que faz para manter seus rins saudáveis? Conte para a gente nos comentários!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dr. Lucio Pacheco

Dr. Lucio Pacheco é Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral - CRM 597798 RJ/ CBCD. Formou-se em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1994. Em 1996 fez um curso de aperfeiçoamento no Hospital Paul Brousse, da Universidade de Paris-Sud, um dos mais especializados na área de transplantes na Europa. Concluiu o mestrado em Medicina (Cirurgia Geral) em 2000 e o Doutorado em Medicina (Clinica Médica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 2010. Dr. Lucio Pacheco é um profundo estudioso na área de doença hepática e escreveu dezenas de livros e artigos sobre transplante de fígado. Atualmente é médico-cirurgião, chefe da equipe de transplante hepático do Hospital Copa Star, Hospital Quinta D´Or e do Hospital Copa D´Or. Além disso é diretor médico do Instituto de Transplantes. Suas áreas de atuação principais são: cirurgia geral, oncologia cirúrgica, hepatologia, e transplante de fígado. Dr. Lucio é uma referência profissional em sua área e autor de artigos científicos e diversos. Para mais informações, entre em contato com ele.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário