Como parar o soluço rapidamente

Especialista da área:
atualizado em 10/05/2021

O soluço é uma contração rápida e involuntária do diafragma que pode afetar qualquer pessoa. Se o seu soluço demora para passar, veja aqui como parar o soluço rapidamente.

  Continua Depois da Publicidade  

Apesar do soluço não ser um problema de saúde, ele pode gerar irritação e até atrapalhar a fala e a alimentação.

Embora muitas possam parecer um mito, existem várias dicas que realmente podem ajudar a parar o soluço.

De fato, mesmo sem a comprovação através de estudos científicos, muitas das dicas a seguir estimulam os nervos conectados ao diafragma e, por isso, podem eliminar o soluço rapidamente.

Usar algumas técnicas emprestadas da respiração diafragmática, por exemplo, pode ajudar bastante.

É claro que os soluços persistentes precisam de avaliação médica. Mas na maioria dos casos, as evidências anedóticas a seguir são suficientes para você se livrar do soluço.

Como parar o soluço rapidamente

homem com soluço

Antes de mais nada, é importante saber que o diafragma é um músculo que te ajuda a respirar.

E quando ele sofre um espasmo involuntário e “sai do ritmo normal”, você acaba inalando o ar repentinamente e suas cordas vocais se fecham – gerando um som característico que é o soluço.

Por isso, acredita-se então que estimulando os nervos da região abdominal (ao redor do diafragma), é possível parar um soluço mais rapidamente.

Assim, algumas dicas para parar de soluçar são:

  Continua Depois da Publicidade  

Fazer ajustes na respiração e na postura

Em alguns casos, ajustes simples no padrão de respiração e na postura podem relaxar o diafragma. Para isso, tente algum dos exercícios abaixo:

  1. Inspirar e segurar a respiração por 10 segundos. Em seguida, soltar o ar lentamente e repetir ao menos 4 vezes;
  2. Respirar em um saco de papel;
  3. Abraçar os joelhos no peito por pelo menos 2 minutos;
  4. Inclinar-se para a frente para comprimir suavemente o tórax;
  5. Fazer a manobra de Valsalva, que consiste em expirar enquanto pressiona o nariz e mantém a boca fechada.

Ingerir certas comidas ou bebidas

Comer alguns alimentos ou beber água de um jeito específico pode estimular o nervo vago e o nervo frênico envolvidos no soluço. As dicas nesse caso são:

  1. Beber água gelada ou fria lentamente;
  2. Gargarejar com água gelada;
  3. Beber um copo de água morna devagar segurando a respiração;
  4. Colocar uma colher de chá de açúcar granulado na língua e engolir quando tudo derreter;
  5. Chupar um cubo de gelo;
  6. Colocar algumas gotas de vinagre na boca ou então chupar uma rodela de limão.

Estimular alguns pontos de pressão

Os pontos de pressão são algumas regiões do corpo mais sensíveis à pressão. Assim, ao aplicar pressão nesses pontos, é possível relaxar o diafragma ou estimular os nervos envolvidos no soluço. Algumas dicas prática são:

  1. Apertar o nariz ao mesmo tempo em que engole água;
  2. Pressionar a palma da mãos;
  3. Pressionar o diafragma com a mão;
  4. Massagear a artéria carótida do lado direito do pescoço em movimentos circulares por até 10 segundos;
  5. Puxar a ponta da língua para fora uma ou duas vezes.

Remédios para soluço

Em casos em que o soluço dura por mais de dois dias, o médico pode recomendar o tratamento com remédios, como por exemplo:

  • Baclofen, que é um relaxante muscular;
  • Clorpromazina, um remédio antipsicótico;
  • Metoclopramida, um remédio para tratar a náusea;
  • Gabapentina, que é usada no tratamento da epilepsia;
  • Haloperidol, um remédio antipsicótico.

Além disso, é possível que o médico indique uma injeção de anestésico para bloquear o nervo frênico e parar o soluço imediatamente.

Outra opção mais drástica é implantar um dispositivo para fornecer estímulo elétrico moderado ao nervo vago – controlando assim os soluços persistentes que não melhoram com nenhum outro tratamento.

Mas as opções acima geralmente são usadas apenas em situações extremas, pois geralmente os soluços não duram muito tempo.

Se você sofre de soluços com frequência, vale a pena evitar alguns gatilhos como por exemplo:

  Continua Depois da Publicidade  

  • Comer ou beber algo muito rápido;
  • Ingerir muito álcool;
  • Consumir alimentos picantes;
  • Fumar;
  • Estressar-se ou ficar muito nervoso;
  • Engolir ar durante a mastigação.

Seguindo essas dicas, é provável que você tenha menos crises de soluço e saiba lidar melhor com o espasmo se ele reaparecer.

Fontes e Referências Adicionais

Qual é a técnica que funciona para você quando está com soluço? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dr. Marcos Marinho

Dr. Marcos Marinho é especialista em Gastroenterologia, Endoscopia Digestiva e Ultrassonografia - CRM 52.104130-4. Formou-se em Medicina pela Universidade do Grande Rio (Unigranrio) e é pós-graduado em Gastroenterologia pelo IPEMED. Realizou cursos de ultrassonografia geral e intervencionista pela Unisom, ultrassonografia musculoesquelética e Doppler pelo CETRUS. Atualmente, é pós-graduando de Endoscopia Digestiva pela Faculdade Suprema de Juiz de Fora-MG. No momento, atua em vários municípios do estado do Rio de Janeiro como na capital, Niterói, Magé e Araruama. Dr. Marcos Marinho tem experiência em setores variados de sua especialização e continua em constante aprendizado e evolução para ser uma referência da área. Para mais informações, entre em contato através de seu Instagram oficial @drmarcosmarinho

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário