Como São as Dietas Líquidas Para Emagrecer

Especialista:
atualizado em 12/12/2019

As dietas líquidas são um método para emagrecer em que algumas, a maioria ou todas as refeições são substituídas por algum tipo de bebida. Elas podem funcionar basicamente de duas maneiras: ou a pessoa realiza três ou quatro refeições por dia e só consome alimentos líquidos como sucos de frutas ou vegetais e/ou shakes durante o período; ou troca as comidas sólidas pelas bebidas somente em duas refeições, enquanto nas outras passa a manter uma dieta saudável e balanceada.

A grande vantagem das dietas líquidas para perder peso é que elas oferecem uma quantidade bem pequena de calorias a serem consumidas diariamente: aproximadamente de 600 a 700 nos casos em que o indivíduo somente ingere líquidos e 1000 calorias, para quando ele também ingere alimentos sólidos dentro de uma refeição balanceada.

Tendo em vista que para emagrecer é necessário gastar mais calorias do que consome, fica mais fácil perder peso consumindo um número mais baixo de calorias. Mas há alguns riscos nas dietas líquidas, e problemas também, como veremos ao longo do texto.

Como fazer uma dieta líquida

Com a promessa de eliminar até três quilos em cinco dias, as dietas líquidas são mais adequadas para quem precisa perder peso em um espaço curto de tempo. Entretanto, como não é indicado continuar seguindo o cardápio durante várias semanas, para manter o peso é necessário realizar refeições saudáveis com uma alimentação balanceada e incorporar a prática de exercícios à rotina.

Antes de por em prática a sua dieta líquida, é preciso pensar na preparação do cardápio, especialmente se você for substituir todas as refeições por bebidas. O ideal é dar preferência aos vegetais, que são fontes de vitaminas, minerais e antioxidantes.

Também é de fundamental importância prestar atenção nas frutas escolhidas e não abusar tanto delas, devido ao fato de que elas naturalmente já possuem açúcar em sua composição, o que pode aumentar o nível dessa substância no sangue e deixar a pessoa faminta.

Você ainda pode incrementar as receitas de suas bebidas com ingredientes como aveia ou semente de linhaça, que são ricos em fibras, para aumentar a sensação de saciedade no organismo.

O ideal em uma dieta líquida é que você inclua muitos vegetais. Isso irá garantir uma alimentação muito nutritiva e irá minimizar o risco de você sentir muita fome.

Shakes

Caso você opte por aderir aos famosos shakes pré-prontos e industrializados e adicioná-los à sua dieta líquida, preste atenção na marca escolhida. O motivo é que a bebida deveria conter fibras, carboidratos, proteínas, vitaminas e gorduras necessárias ao funcionamento do organismo, mas nem todos as fabricantes conseguem respeitar a determinação.

Prova disso é que uma avaliação realizada em fevereiro do ano de 2013 pela Proteste – Associação de Defesa do Consumidor identificou irregularidades nas quantidades de nutrientes, vitaminas e sais minerais presentes no produto.

O teste feito pela Proteste analisou cinco marcas e percebeu que três delas possuíam muitas proteínas e carboidratos e uma quantia de gordura menor do que a indicada, o que pode ter como consequência a perda de músculos e água, ao invés da eliminação de gordura, como é prometido pelos fabricantes e desejado pelos consumidores.

Para não arriscar e ter sua dieta líquida prejudicada, uma das saídas pode ser preparar suas bebidas em casa, fazendo o shake caseiro.

Confira essas e outras sugestões de receitas que podem ser utilizadas em dietas líquidas no nosso próximo item:

Receitas

Uma opção de bebida para o café da manhã é uma vitamina de soja preparada com leite de soja e mamão:

Ingredientes:

  • 200 ml de leite de soja sem açúcar;
  • 1 fatia de mamão formosa;
  • 1 colher de sopa de linhaça.

Modo de preparo:

  • Adicionar todos os ingredientes no liquidificador e bater até que fiquem bem misturados. Em seguida, servir.

A nossa próxima receita é o shake caseiro de banana com ameixa seca:

Ingredientes:

  • 100 ml de leite desnatado;
  • 1 banana pequena.
  • 1 ameixa preta;
  • 1 colher de sobremesa rasa de mel;
  • Gelo a gosto.

Modo de preparo:

  • Juntar os ingredientes, colocar no liquidificador, bater ate que a mistura fique homogênea e servir.

Outra receita que não pode faltar na sua dieta líquida são as bebidas feitas com legumes. Como é o caso do suco de pepino:

Ingredientes:

  • 1 pepino;
  • 200 ml de água de coco.

Modo de preparo:

  • Bater o pepino e a água de coco no liquidificador, coar e na sequência servir.

Segurança, precauções, contraindicações e efeitos colaterais

Por se tratar de dietas extremamente restritivas e que diminuem bastante o número de calorias consumidas, a recomendação é que as dietas líquidas não sejam realizadas durante muito tempo. O indicado é realizá-las durante uma semana, no máximo.

Outro problema é que dietas que determinam essa ingestão tão pequena de calorias podem afetar os sinais elétricos que controlam os batimentos cardíacos, fazendo com que eles fiquem irregulares.

É por isso que indivíduos diagnosticados com arritmia cardíaca, uma doença que justamente torna os batimentos do coração irregulares, deixando-os lentos ou rápidos demais, não são aconselhados a seguir esse tipo de dieta.

Um regime alimentar baseado exclusivamente em bebidas também não é aconselhado a pessoas que sejam portadoras de diabetes, que realizem a aplicação de insulina ou mulheres grávidas ou que ainda estejam amamentando os seus bebês.

Além disso, seguir uma dieta líquida ainda pode causar alguns efeitos colaterais ao corpo quando não oferece a quantidade correta de calorias e nutrientes. São eles: constipação, indisposição gastrointestinal, náusea, vertigem e até cálculo biliar.

Também é bastante comum que uma pessoa que esteja se alimentando somente de líquidos se sinta mais cansada, por não estar consumindo as calorias necessárias para exercer suas atividades rotineiras.

É por isso que é importante realizar uma dieta líquida com a orientação de um médico, para saber quais riscos ela pode causar, qual a gravidade dela e determinar um tempo ideal para executá-la, sem prolongar muito para não prejudicar a saúde.

A ajuda de um nutricionista também é importante para montar um cardápio que ajude a perder peso ao mesmo tempo que compreenda os nutrientes necessários ao organismo.

Dieta líquida para procedimentos médicos

Pode ser que o próprio médico oriente algum paciente a realizar uma dieta líquida não somente como método para emagrecer instantaneamente, mas até mesmo por conta de procedimentos como colonoscopia, período pós-cirúrgico e inclusive antes da realização da cirurgia bariátrica, conhecida também como cirurgia de redução de estômago.

Vídeo:

Gostou das dicas?

Você já experimentou fazer dietas líquidas em sua vida? Acha que teria capacidade de seguir uma sem maiores problemas? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 4,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário