Corretor de Postura Funciona? Tipos e Dicas

Especialista:
atualizado em 02/12/2019

Ter problemas de postura não representa uma desvantagem apenas no quesito da estética ou aparência. A postura ruim pode provocar problemas como dores de cabeça, dores na mandíbula, prejuízos ao funcionamento dos pulmões e do sistema gastrointestinal e dores nas costas e nos ombros.

Ou seja, para quem sofre com problemas de postura é melhor procurar um tratamento rapidamente. E entre os tratamentos que podem ser indicados para melhorar a postura estão: exercícios de alongamento ou de pilates, educação e treinamento postural, terapia manual e massagem em tecidos moles, agulhamento seco, eletroterapia, mobilização articular e exercícios corretivos para melhorar a postura, a flexibilidade e a força.

Mas será que além de todas essas estratégias, o corretor postural funciona também e pode ser um método eficiente para auxiliar os problemas de postura?

O que é um corretor postural?

Vamos procurar entender se o corretor de postura funciona mais abaixo. Entretanto, antes de chegarmos a isso, precisamos conhecer o que é esse produto, não é mesmo?

Um corretor de postura é um equipamento indicado para quem sofre com muitas dores na região lombar e que tem o objetivo de reeducar a postura do usuário, podendo evitar o agravamento ou o desenvolvimento de lesões na coluna.

Os corretores de posturas são feitos à base de materiais como nylon, poliéster e borracha crua e podem ter um formato completo, que cobre todas as costas, ou surgir em modelos para problemas mais simples, com alças finas e entrelaçadas nas costas.

Existem diversos tipos de corretores posturais e algo que merece destaque é a diferença entre o corretor de postura feminino e corretor de postura masculino. Isso porque a versão feminina pode aparecer no formato de um colete, com a frente aberta para não apertar os seios, ou ser como uma regata comum, bastante apertada.

Há ainda o modelo magnético, que vem com 12 imãs na parte traseira do suporte do equipamento e se propõe a melhorar a circulação e a diminuir as dores musculares, além dos corretores que definem a postura dos ombros e da clavícula, apertando a omoplata e obrigando o peito a ir para a frente, que são destinados para as pessoas que utilizam bastante o computador.

Existem também os corretores de postura que são cintos elásticos regulados com fivelas para ajustar a posição dos ombros e da barriga e dos espartilhos corretos.

Existe ainda o espartilho elástico – que possui alças de ombros com uma inserção elástica para dar a posição correta da coluna; o espartilho profissional reclinador, que é considerado uma terapia de reabilitação, é prescrito por um fisioterapeuta e permite o endireitamento da coluna; e o espartilho lombossacral, que trata-se de uma bandagem de borracha que fica sob o abdômen e as costas, indicada para lesões e dores e usada principalmente na prática de esportes.

E então, o corretor de postura funciona?

Acabamos de conhecer diversos tipos de corretores de postura e aprendemos que cada modelo é destinado a determinado tipo de problema. Portanto, a melhor forma de saber se e qual corretor de postura funciona para o seu caso, em particular, é consultar o seu médico ortopedista e/ou o fisioterapeuta que já trata o seu quadro.

Até porque, ao escolher um corretor de postura é necessário avaliar o material do produto, assim como o seu sistema de ajuste, já que somente um encaixe perfeito pode ser eficiente para corrigir a postura.

Como pode ser difícil saber por conta própria qual material e qual encaixe são os ideais para o nosso caso, o melhor mesmo é ter a orientação dos profissionais citado acima, não é verdade?

Escolher um corretor por conta própria ou optar por um modelo que alguém que você conhece usou e teve bons resultados é bastante arriscado. Vale lembrar que diferentes pessoas têm diferentes problemas de postura, que exigem diferentes abordagens de tratamento. Não é somente porque o corretor de postura funciona para um conhecido seu que ele necessariamente será bom para você também.

Outro ponto importante para ter bons resultados com o corretor de postura é ser disciplinado em seu uso, utilizando-o sempre conforme as indicações dos profissionais.

O corretor de postura e a escoliose

Para um problema mais sério como a escoliose – que é uma curvatura lateral da coluna vertebral -, é necessário um tratamento bem mais amplo do que o simples uso de um corretor de postura.

O corretor postural não interfere em um quadro de escoliose e a cirurgia e os coletes são os únicos tratamentos que reconhecidamente atuam na evolução do caso.

A fisioterapia (RPG ou qualquer outro tipo) são coadjuvantes importantes no tratamento, mas sozinhos, não têm influência na curva. Nesses casos, o tratamento em conjunto é o ideal e o melhor é procurar sempre o auxílio de um profissional capacitado.

Ou seja, quer você sofra com um problema mais simples de postura, quer você tenha uma condição mais grave em sua coluna como a escoliose, é fundamental consultar o médico antes de aderir ao uso dos corretores posturais ou a qualquer outro tipo de tratamento.

Fontes e Referências Adicionais:

Você conhece alguém que tenha usado e afirme que o corretor de postura funciona? Precisa usar um desses produtos? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (7 votos, média: 4,29 de 5)
Loading...
Sobre Dr. João Hollanda

Dr. João Hollanda é médico ortopedista formado pela Santa Casa de São Paulo, com especialização em cirurgia do joelho. É também médico da Seleção Brasileira de Futebol Feminino desde 2016 e médico voluntário do Grupo de Traumatologia do Esporte da Santa Casa de São Paulo desde 2010. Tem experiência de trabalho prévio com a Confederação Brasileira de Vela, Cisne Negro Companhia de Dança, Escola de Dança do Teatro Municipal de São Paulo, Equipe de Ginástica Artística de Guarulhos. Já trabalhou como Médico nos Jogos Panamericanos Rio 2007, e foi Médico do Time Brasil para os Jogos Olímpicos Rio 2016. Trabalhou junto a organização Médicos Sem Fronteiras no Afeganistão e no Haiti, e junto a organização Expedicionários da Saúde no Haiti. Dr. João Hollanda é uma referência profissional em sua área e autor de artigos científicos. Você pode entrar em contato com o Dr. João através de seu site.

Deixe um comentário