Depois de Sofrer Ataque Cardíaco aos 36, Ela Largou Maus Hábitos e Perdeu 45 Kg

Depois de ter seu quarto filho há dois anos, Katie Adams notou que seu braço esquerdo doía. Ela imaginava que seus músculos doíam por segurar sua recém-nascida, Abigail, no colo. Mas quando ela e o marido estavam saindo de casa pela primeira vez desde o nascimento de Abigail, algo terrível aconteceu: Katie não conseguia respirar.

“Eu senti sufocada”, diz a mãe de 38 anos de idade. “O lado esquerdo do meu rosto e língua estavam formigando. Foi muito, muito assustador.”

Durante a gravidez, Katie teve que tomar anticoagulantes por conta de uma dissecção de artéria carótída. Embora os anticoagulantes ajudassem a prevenir ataques cardíacos, Adams ainda acreditava que estava tendo um. Então, seu marido, Jeremy, a levou para a emergência.

Ela estava certa: ela teve uma dissecção espontânea da artéria coronária (SCAD), que acontece quando a parede da artéria sofre uma ruptura aleatória, fazendo com que o sangue fique preso, levando a um ataque cardíaco. Embora seja incomum, acontece com mais frequência em mulheres jovens e aparentemente saudáveis.

“Eu estava em choque”, disse ela. “Isso é muito raro, mas é a causa número um de ataque cardíaco em mulheres com menos de 50 anos ou que estão grávidas ou no pós-parto.”

Katie tem uma condição arterial subjacente, displasia fibromuscular, o que torna suas artérias fracas, mas ela também percebeu que seus hábitos estavam piorando suas condições. Com seus 1,70m de altura, ela pesava 131 kg.

“Eu comia sem pensar, comia dos pratos dos meus filhos e limpava meu próprio prato”, explicou ela. “Eu precisava realmente ajustar meus hábitos.”

Ela se concentrou em uma alimentação saudável e perdeu mais de 20 quilos enquanto se recuperava de seu ataque cardíaco.

“Eu não conseguia me exercitar. Eu não conseguia nem cozinhar para mim mesma. Eu me senti muito desamparada”, disse ela.

Quando sua perda de peso diminuiu, ela se juntou ao Vigilantes do Peso para ajuda. No início, ela teve que aprender quais alimentos estocar em sua despensa e geladeira para que pudesse ter opções saudáveis. Após cerca de duas semanas, ela estava seguindo fielmente o programa e percebeu que estava perdendo peso. Ela acredita que o programa a ajuda a comer de maneira intuitiva.

“Metade do meu prato é de legumes e frutas, um quarto é proteína e um quarto é um grão integral.” E ela começou a adicionar exercícios diariamente. No começo, ela se perguntava se conseguiria fazer isso.

“Comecei a me concentrar em todas as coisas que posso fazer. A maioria das pessoas consegue andar”, explicou Katie. “Eu faria caminhadas de 10 minutos. Com o tempo, evoluí para caminhadas de 30 minutos e para levantamento de peso”.

Desde o início do Vigilantes do Peso, Katie perdeu 25 quilos. Ela agora pesa 85,3 kg e espera atingir 72 kg, seu peso objetivo. Ela está focada em ser saudável e ativa para manter seu coração forte.

“Tratando bem o meu corpo e respeitando-o, certificando-me de que estou dando o que ele precisa, posso viver uma vida feliz e saudável, mesmo com uma doença crônica. Minhas artérias podem ser fracas, mas eu sou forte”, concluiu ela.

Você conhece alguém que tenha sofrido um susto como um ataque cardíaco para mudar os hábitos de vida? O que faria no lugar de Katie? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite


ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*