Dieta da Lua: Como Funciona, Cardápio e Dicas

Especialista:
atualizado em 09/12/2019

A lua tem uma ação comprovada nos mares terrestre: a maré sempre muda de acordo com as fases da lua. Há quem diga que a lua também influencia no corte de cabelo, embora a ciência nunca tenha comprovado esta influência.

Como não poderia deixar de ser, há quem acredite que a lua influencia os líquidos do corpo, favorecendo a perda de peso, e algumas pessoas se aproveitam dos efeitos psicológicos para emagrecer, sabendo que quando a pessoa acredita verdadeiramente em algo, o cérebro é capaz de mandar informações incríveis para o corpo. Esta dieta é conhecida como a dieta da lua. Saiba agora o que ela é, como fazer, suas vantagens e desvantagens.

O que é a dieta da lua?

A dieta da lua é uma dieta para a perda de peso rápida e baseia-se nas fases da lua. No primeiro dia de cada fase você tomará apenas líquidos. No restante dos dias você deve evitar frituras e refrigerantes. Na verdade, qualquer alimento açucarado demais está fora do cardápio. Deve-se também beber bastante água durante toda a dieta, uma média de dois litros por dia, mesmo nos dias em que você toma apenas líquido. A promessa da dieta da lua é grande: perder quatro quilos em um mês sem a ajuda de exercícios.

O que você vai precisar?

Para a dieta da lua, você vai precisar de:

  • Grande quantidade de frutas e legumes;
  • Iogurtes desnatados e sem açúcar;
  • Leite desnatado;
  • Chás e café (sem açúcar);
  • Receitas de sucos, vitaminas de frutas e sopas (sem batata);
  • Um calendário com as fases da lua;
  • Alimentos magros de uma maneira geral.

Como Fazer?

1. Estrutura da dieta

Para fazer a dieta da lua, você precisa estar atento ao que cada fase da lua quer dizer para a sua dieta:

  • Lua nova: acredita-se que é a fase ideal para começar a dieta, uma vez que nessa fase a pessoa está mais favorável a criar novos hábitos e tem mais força mental;
  • Lua crescente: nesta fase, a pessoa está mais propensa a ter mais fome e a comer comidas gordurosas, calóricas. É necessário que a pessoa se mantenha firme;
  • Lua cheia: toda aquela fome da fase crescente fica mais forte na lua cheia, além de haver uma tendência para a retenção de líquidos. Esta é a fase que mais exige atenção por parte de quem faz a dieta, pois é a fase em que se está mais propenso a se deixar levar pelas tentações;
  • Lua minguante: depois de ter aguentado firme as duas últimas fases, a lua minguante vem para dar um alívio. Nessa fase, a vontade de comer fica mais fraca e é mais fácil para ela perder peso.

2. Duração da Dieta

Não é indicado fazer esta dieta por mais de um mês.

3. Cardápio

O dia em que você começa a dieta (primeiro dia da lua nova) e no primeiro dia de cada fase, você deve tomar apenas líquidos. Confira a sugestão:

  • Café da manhã: suco ou vitamina de frutas sem açúcar. Se optar por uma vitamina de frutas, tome café sem leite. Se tomar suco, pode colocar um pouco de leite no café;
  • Lanche da manhã: um suco de fruta;
  • Almoço: uma sopa batida de legumes, uma xícara de caldo de carne ou de frango;
  • Lanche: um iogurte desnatado sem açúcar ou um suco de fruta;
  • Jantar: as mesmas sugestões do almoço;
  • Ceia: um suco de fruta.

Nos outros dias não cardápio fixo. A ideia é evitar comer em excesso e evitar o consumo de doces, frituras e qualquer outro alimento rico em gordura (carnes, frios, molhos etc.). Como a dieta da lua não estipula um limite de calorias, você pode tentar comer 1200 calorias nos dias em que você não está tomando apenas líquido.

O consumo de chá e café sem açúcar está liberado em todos os dias da dieta.

Dicas para a dieta da lua

  • Aprenda receitas diferentes de suco como limão ou abacaxi com hortelã, laranja e mamão. Isso ajuda para que sua alimentação seja mais variada, com mais nutrientes, e também para não cair no tédio;
  • Suco reforçado: se as refeições principais estão muito longe uma da outra, considere em fazer um dos lanches um suco mais reforçado com várias frutas e alguns legumes e verduras (cenoura, espinafre, por exemplo);
  • No dia em que tomar apenas líquido, inclua uma colher de sopa de aveia para ajudar no funcionamento do intestino;
  • Escolha frutas com fibras: como a dieta não tem muito carboidrato e fibra é um tipo de carboidrato, dê preferência às frutas ricas em fibras (abacaxi, laranja, mamão, ameixa, para citar algumas) e sempre que possível coma-as com casca;
  • Exercite na medida: é importante a inclusão de uma atividade física em qualquer plano de vida saudável, mas como a dieta da lua é de baixa caloria e envolve um dia só de líquidos, considere fazer exercícios leves como uma caminhada. Assim, você evita coisas desagradáveis como desmaios.

As vantagens da dieta da lua

A dieta da lua pode parecer maluca para muita gente, mas ela tem seus méritos:

  • Ela tem um dia detox. Muitos médicos e nutricionistas acham que reservar um dia na semana para comer apenas alimentos naturais é bastante benéfico porque ajuda o corpo a se livrar das toxinas de forma mais rápida e eficaz;
  • Resultado rápido: se você precisa perder peso para uma festa, a dieta da lua pode ser uma boa opção;
  • Contra o efeito platô: apesar das controvérsias sobre o metabolismo, se você já perdeu muito peso e agora estacionou, a dieta da lua pode mexer com seu metabolismo e obriga-lo a se reorganizar, fazendo com que você perca peso.

As desvantagens da dieta da lua

  • Nutricionistas desaprovam: eles acreditam que a dieta da lua não ensina a pessoa a se alimentar bem e isso traz inúmeras consequências negativas, desde a recuperação do peso perdido até problemas por deficiências de mineiras e vitaminas;
  • Poucos nutrientes: embora a dieta da lua inclua muitas frutas e hortaliças, a pessoa corre o risco de comer apenas os mesmos tipos;
  • Baixa quantidade de carboidratos e gorduras: carboidratos são nossa fonte primeira de energia e as gorduras do bem são necessárias para o bom funcionamento do corpo. A falta deles pode ocasionar problemas;
  • Não é um estilo de vida: a dieta da lua não deve ser feita por mais de 30 dias visto que é uma dieta desbalanceada em relação aos grupos alimentares;
  • Não existe comprovação científica: não há nenhuma pesquisa que indique que a lua tenha impacto na perda/ganho de peso das pessoas. A dieta da lua funciona porque é uma dieta baixa em calorias e a princípio qualquer dieta desta natureza fará você perder peso.

Posso fazer a dieta da lua?

Por não ter nenhuma base científica e nem ser indicada por profissionais, esta dieta só deve ser seguida se você não apresentar nenhum tipo de problema de saúde. Se você possui uma rotina de exercícios muito pesados, você também não deve fazê-la, pois ela é baixa em caloria e você sentirá muita fraqueza, podendo desmaiar.

Você já fez a dieta da lua? Como foi sua experiência? Você recomenda esta dieta? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (52 votos, média: 3,94 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

9 comentários em “Dieta da Lua: Como Funciona, Cardápio e Dicas”

  1. Sim, quando mais jovem, e deu certo agora quero fazer de novo, pois estou com peso acima do normal não muito mas estou.

  2. Eu fiz e perdi 18 kg em dois meses. Na época não sabia que não era aconselhável fazer por mais de
    um mês. Me senti bem e saudável. Minha sopa era feita somente com legumes e hortaliças e os sucos com bagaço para ser maiis sustentável . Não passei fome, foi durante esta dieta que percebi que provavelmente confundia sede com fome. Ingeria muito líquido durante as 24hs não tendo fome alguma. Adorei os caldos de carnes…Dormia maravilhosamente bem nos dias das dietas líquidas. Minha bela ficou limpa e meus cabelos sedosos. Sempre tive um biótipo acima do peso, desde bebê, e esta dieta foi a única que vi resultado é achei simples.
    No outro dia após a dieta líquida naturalmente ficamos mais intolerantes aos alimentos pesados e gordurosos. Cito como exemplo que antes desta dieta comia um Xis Burger inteiro e ainda ficava com fome, hoje não consigo comer um inteiro.
    Devemos comer carnes, fibras, carboidratos , frutas legumes ….Tudo. Mas comer pouco e fazermos um dia por semana uma desintoxicação a base de líquidos.

  3. Na realidade toda dieta tem prós e contras. Mas a alguns anos atrás meu intestino não trabalhava nem com reza brava. Comia fibras etc, sempre gostei muito de saladas e frutas mas nada resolvia. Então fiz a dieta, perdi alguns quilos e de quebra meu intestino se ajeitou( ia ao banheiro fazer cocô uma vez na semana) após a dieta vou + – três vezes ao dia. Como é uma vez na semana pra fazer a dieta não perdemos taaaaanto nutrientes assim e nos outros dias eu comia normalmente. Acho que tem sim muito a ver, as fases lunar em nosso organismo.

  4. Estou começando hoje a dieta da lua,espero que me ajude a perder peso. Já sou sendo acompanhada por uma nutricionista,mas,preciso diminuir mais um pouco ,pois vou a uma festa.

  5. Pra mim, é muito dificil ficar sem mastigar algo!
    Eu acredito que emagreça sim e até mais, se a pessoa se policiar de verdade.
    Quando se reduz o estomago, são 30 dias a base de líquidos e em quantidades minimas.

  6. poxa mandar passar o dia com 1200 calorias e emagrecer 4 kg ao mês e dizer que foi a lua aí é fodaaaaa